Pesadelo na Cozinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre uma série televisiva em exibição.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 17 de dezembro de 2018)
TV Future Icon.svg
Disambig grey.svg Nota: Para o programa de televisão português, veja Pesadelo na Cozinha (Portugal).
Pesadelo na Cozinha
Logotipo do reality
Informação geral
Formato Série
Gênero Culinária
Duração 90 minutos
Estado Em exibição
Criador(es) Gordon Ramsay
Baseado em Ramsay's Kitchen Nightmares
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Câmera Multicâmera
Apresentador(es) Érick Jacquin
Empresa(s) de produção Endemol Shine Group
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Bandeirantes
Brasil Discovery Home & Health
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 26 de janeiro de 2017 (2017-01-26) — presente
N.º de temporadas 1 (2ª temporada em 2018)
N.º de episódios 13

Pesadelo na Cozinha é um programa de televisão brasileiro exibido pela Rede Bandeirantes baseado no formato original Ramsay's Kitchen Nightmares exibido no Reino Unido.

O programa, comandado por Érick Jacquin, tem o objetivo de levantar restaurantes que estão indo à falência.[1] Em julho de 2017, foi confirmada a 2ª temporada da atração para 2018.que mais tarde foi adiada para 2019 [2]

Temporadas[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Exibição original
Estreia da temporada Final da temporada
1 13 26 de janeiro de 2017 20 de abril de 2017
2 TBA 2019 TBA

Episódios[editar | editar código-fonte]

1ª Temporada (2017)[editar | editar código-fonte]

№ em geral № na

temporada

Restaurante Localização Data de exibição
11 "Escondidinho da Amada" A ser anunciado26 de janeiro de 2017
22 "Najjah" A ser anunciado2 de fevereiro de 2017
33 "Saia do Padre" Pompeia, São Paulo9 de fevereiro de 2017
44 "Nahamalho" Perdizes, São Paulo16 de fevereiro de 2017
55 "Hooker" A ser anunciado23 de fevereiro de 2017
66 "Fina Farina" Vila Mariana, São Paulo2 de março de 2017
77 "Samosa & Company" Jardins, São Paulo9 de março de 2017
88 "Burg One" Jacarepaguá, Rio de Janeiro16 de março de 2017
99 "La Cabaña" Moema, São Paulo23 de março de 2017
1010 "Los Molinos" Ipiranga, São Paulo30 de março de 2017
1111 "Sal e Pimenta" Paraíso, São Paulo6 de abril de 2017
1212 "Dedo de la Chica" Vila Madalena, São Paulo13 de abril de 2017
1313 "Trilha da Costela" Mooca, São Paulo20 de abril de 2017

2ª Temporada (2019)[editar | editar código-fonte]

A Band, ao menos por agora, desistiu de gravar uma segunda temporada do “Pesadelo na Cozinha”, em 2018. De acordo com o jornalista Fernando Oliveira, do “Agora SP”, o planejamento do canal é que, caso realmente haja uma nova temporada, ela fique para apenas janeiro de 2019. A ideia é não sobrecarregar a imagem de Jacquin, que em 2018, estará em duas edições do “MasterChef”, amadores e profissional, além de aparecer em um possível especial do formato com celebridades, no fim de 2018.

Críticas[editar | editar código-fonte]

Antes da estreia, a escolha de Érick Jacquin para apresentar o programa foi criticada por Danielle Dahoui, chef paulista e então apresentadora da quarta temporada de Hell's Kitchen: Cozinha sob Pressão. Para o UOL, ela criticou a postura de Jacquin e o que ele representa: "Mas como uma pessoa que faliu todos os restaurantes em que trabalhou, que tem milhões de processos trabalhistas, vai fazer um programa desses?".[3]

Porém, diferentemente do que o comentário anterior passa, Érick Jacquin dá seu toque pessoal ao projeto, trazendo suas experiências de sucesso e fracasso, tocando no intimo dos participantes e espectadores. A crítica culinária vem junta a comentários ácidos, mas o apresentador brilha mesmo ao ensinar os participantes através dos mais diversificados artifícios, levando-os a tendas de circos, templo indianos, sempre trazendo um sarcasmo saudável.

O formato que poderia ser cansativo e repetitivo, acaba conseguindo se inovar e fazer-se divertido, tanto pelos comentários de Jacquin, quanto pelas características de cada restaurante, tornando o show um ótimo passa tempo para a tevê aberta.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Band define data de estreia de Pesadelo na Cozinha, com Erick Jacquin». Observatório da Televisão. 24 de dezembro de 2016. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  2. «Bandeirantes fará nova temporada de "Pesadelo na Cozinha" Flávio Ricco». UOL Televisão. 12 de julho de 2017. Consultado em 12 de julho de 2017 
  3. «Chef do 'Hell's Kitchen' critica Jacquin: 'Maltrata funcionários'». Veja. Abril. 3 de novembro de 2016. Consultado em 4 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.