Popcorn Time

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Popcorn Time
Popcorn Time logo.png
Captura de tela
Big Buck Bunny no Popcorn Time versão 0.3.8
Autor Pochoclín ("Sebastian", dentre outros[1])
Plataforma Node.js
Versão estável 0.3.10
Idioma(s) Multilinguagem
Linguagem HTML, JavaScript, CSS
Sistema operacional Linux, OS X, Windows, iOS, Android
Gênero(s) Streaming
Licença GPL v3
Página oficial popcorntime.sh

Popcorn Time é um cliente BitTorrent em multiplataforma livre e de código aberto — isso inclui um tocador de mídia. O programa destina-se como uma alternativa gratuita para serviços de vídeo sob demanda em assinatura, como o Netflix. O programa aparenta transmitir cópias não autorizadas de filmes através de links Bittorrent fornecidos pelo site YTS, (yts.re, anteriormente YIFY) — outros rastreadores podem ser adicionados manualmente e, em seguida, utilizados, mas o protocolo não permite a transmissão, seja a nível técnico ou jurídico; em vez disso, o download sequencial é usado.

Após a criação, o Popcorn Time rapidamente recebeu inesperadamente a atenção da mídia positivamente, com alguns comparando-a com ao Netflix, devido à sua facilidade de uso. O programa foi abruptamente descontinuado pelo seus criadores originais em 14 de março de 2014, mas posteriormente foi bifurcado e foi retomado por outros desenvolvedores.

Funcionalidade[editar | editar código-fonte]

A interface do Popcorn Time apresenta miniaturas e os títulos de maneira muito similar ao Netflix. Elas podem ser pesquisados​​, ou visualizados por gêneros e categorias. Quando um usuário seleciona um dos títulos, o filme é transmitido através do protocolo BitTorrent.[2] Como outros clientes BitTorrent, o Popcorn Time envia o torrent do filme ao usuário que deseja acessá-lo, criando assim uma nuvem BitTorrent.[3][4]

A legalidade do Popcorn Time coincide com o de todos os outros clientes Bittorrent mais o fator adicional que se aplica a sites como o Piratebay e o YTS propriamente dito, devido à vinculação explícita dos conteúdos do filmes; este site alegou que o software "poderia" ser ilegal dependendo da legislação local.[5] O cliente bifurcado Time4Popcorn, incluiu um serviço de VPN gratuito chamado Kebrum na sua versão mais recente.[6]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Popcorn Time foi originalmente desenvolvido "em um par de semanas" por um grupo de Buenos Aires, Argentina, que elegeu "Pochoclín" (derivado de pochoclo = pipoca no linguajar de Buenos Aires) como seu mascote. Eles acreditavam que a pirataria era um "problema de serviço" criado por "uma indústria que retrata a inovação como uma ameaça à sua receita antiga para recolher o valor", e também argumentou que os provedores de streaming estavam sendo dando muitas restrições e que estavam os obrigando a prestar um serviço inconsistente entre os países, observando que os provedores de streaming em sua Argentina natal "parecem acreditar que There's Something About Mary é um filme recente. Esse filme teria idade suficiente para votar aqui".[5]

Desenvolvido para Linux, Mac OS X, Windows e Android, o código fonte do Popcorn Time está disponível para download em seu site fazendo com que ele seja um projeto de código aberto; com contribuintes localizados do programa em 44 idiomas.[7][5][8]

De acordo com uma entrevista para o TorrentFreak, os novos desenvolvedores do Popcorn Time planejam adicionar suporte para o Chromecast, e a capacidade de transmitir programas de TV, além de filmes.[9]

Ressurgimento[editar | editar código-fonte]

Em 14 de março de 2014, o site do Popcorn Time e o repositório no GitHub foram abruptamente retirados, com os desenvolvedores, afirmando que, apesar da cobertura da mídia inesperadamente positiva que o software atraiu, eles simplesmente queria seguir em frente, e que "nosso experimento nos colocou às portas de debates intermináveis ​​sobre pirataria e direitos autorais, ameaças legais e as máquinas sombrias nos faz sentir em perigo por fazer o que amamos. E essa não é uma batalha em que queremos fazer parte".[4][8][10]

Os desenvolvedores afirmaram que a maioria de seus usuários estavam fora dos Estados Unidos, e que foi "instalado em todos os países da Terra. Mesmo em dois que não têm acesso à internet," por usuários que "correm o risco de ter multas, ações judiciais, apenas por ser capaz de ver um filme recente que está apenas nos cinemas. Só para ter o tipo de experiência que eles merecem." Eles também elogiaram os meios de comunicação por não antagonizar-los em sua cobertura no Popcorn Time, e concordando com as suas opiniões que a indústria do cinema era anti-consumidora e demasiadamente restritiva no que diz respeito à inovação.[5]

Após o anúncio, o desenvolvimento foi assumido por duas equipes, ambas usando o nome de "Popcorn Time"; no entanto, os grupos utilizaram diferentes sites: um no popcorntime.io, e o outro em popcorn-time.se.[9][11] Em 9 de outubro de 2014, o domínio time4Popcorn.eu foi suspenso "após uma verificação dos dados de contato". Os programas bifurcados de clientes do Popcorn Time pararam de funcionar temporariamente, mas o site rapidamente mudou-se para o novo domínio "popcorn-time.se", onde a página inicial exibia um comunicado, "o Popcorn Time nunca será tirado do ar. Faça o download e desfrute.", em 14 de outubro de 2014.[12][13]

Escrevendo para o TechCrunch, Matt Burns explicou em 14 de outubro de 2014, que os desenvolvedores informou-lhe que "enormes prejuízos" ocorreram após a remoção do domínio original, com motor de busca optimizada (SEO), sendo o principal problema. Ao mesmo tempo que os desenvolvedores acreditaram que a remoção do domínio original foi devido a uma "investigação judicial em curso na Bélgica", o site TorrentFreak informou em outubro 2014 que ele foi removido "na suspeita de que ele foi registrado usando detalhes de contatos imprecisos." Burns concluiu seu artigo, avisando os desenvolvedores que não devem esperar que as diversas bifurcações do Popcorn Time "possam sobreviver para sempre."[14]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O Popcorn Time tornou-se o objeto da atenção da mídia tradicional por sua facilidade de utilização, com a PC Magazine e a CBS News chamando o Popcorn Time de Netflix da pirataria, e observando as suas vantagens óbvias sobre o Netflix, tais como o tamanho da sua biblioteca, e as últimas seleções disponíveis.[1][2] Caitlin Dewy do Washington Post disse que o Popcorn Time pode ter sido uma tentativa de tornar um ecossistema normalmente "esboçado" de torrents mais acessível, dando-lhe um olhar moderno limpo e uma interface fácil de usar.[15]

Suporte[editar | editar código-fonte]

Android[editar | editar código-fonte]

Em 13 de maio de 2014 o bifurcado Time4Popcorn lançou uma versão móvel para o Android 4.2, ou superior. Os usuários do Time4Popcorn agora são capazes de assistir a filmes e programas de TV na sua tela da televisão, lançando o conteúdo apresentado do aplicativo Popcorn Time para um dispositivo Chromecast. O suporte do Popcorn Time para o Chromecast está atualmente em fase Alfa e trabalha para usuários do OS X, Windows e Android.[16][17]

Em 7 de agosto de 2014, o bifurcado Time4Popcorn expandiu de forma significativa a quantidade de dispositivos que suportam o aplicativo do Popcorn Time no Android e agora é suportado pela versão 4.0 ou superior.[18]

Suporte a VPN[editar | editar código-fonte]

Ao descobrir que várias usuários do Popcorn Time (principalmente da Alemanha) receberam ameaças legais de utilização do software,[19] o bifurcado Time4Popcorn criptografou seu tráfego no BitTorrent e também adicionou a opção de ativar o serviço de VPN fornecido pelo Kebrum.[20] Estas características tornam a identificação de usuários do Popcorn Time muito mais difícil.[16]

Apple TV[editar | editar código-fonte]

Em 30 de julho de 2014, o bifurcado Time4Popcorn adicionou suporte a Apple TV, e anunciou que o "Suporte para dispositivos iOS estará pronto em agosto."[21][22]

Aplicativo para iOS[editar | editar código-fonte]

Em 30 de setembro de 2014, o Popcorn Time foi lançado oficialmente para o iOS. O aplicativo foi lançado em seu próprio repositório Cydia e agora é oferecido para os usuários com dispositivos iOS com jailbreak rodando o iOS7 ou superior.[23]

Em 8 de Abril de 2015 o Popcorn Time foi lançado para iOS sem a necessidade de Jailbreak, com opção de VPN.[24]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Misener, Dan. «Popcorn Time is like 'Netflix for pirates'» (em inglês). CBS News. Consultado em 12 de março de 2014 
  2. a b «'Popcorn Time' Is Like Netflix for Pirated Movies». PC Magazine (em inglês). Consultado em 16 de março de 2014 
  3. «Netflix-like torrenting app Popcorn Time disappears». Ars Technica (em inglês). Consultado em 16 de março de 2014 
  4. a b «Popcorn Time reinvents the seedy process of torrenting». Ars Technica (em inglês). Consultado em 16 de março de 2014 
  5. a b c d «Goodbye Popcorn Time» (em inglês). Popcorn Time. Consultado em 16 de março de 2014 
  6. «'Popcorn Time' Gives Users Anonymity With a Free Built-In VPN». TorrentFreak (em inglês). 7 de junho de 2014. Consultado em 27 de outubro de 2014  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  7. «PopcornTime» (em inglês). Get Localization. [http://archive.is/QTTYE Cópia arquivada em 9 de abril de 2014] Verifique valor |arquivourl= (ajuda) 
  8. a b «Popcorn Time Is Over: Potent Piracy App Quickly Calls It Quits». Time (em inglês). Consultado em 16 de março de 2014 
  9. a b «Popcorn Time 'Rivals' Prep TV, Android and ChromeCast Support» (em inglês). TorrentFreak. Consultado em 10 de abril de 2014 
  10. «Torrent Site Popcorn Time, Shut Down Yesterday, Is Alive Again». Gizmodo (em inglês). Consultado em 16 de março de 2014 
  11. LB, Eric (9 de maio de 2014). «Popcorn Time : le " Netflix pirate " débarque sur Android» (em francês). 01net. Consultado em 16 de maio de 2014 
  12. Hamann, Renan (14 de outubro de 2014). «Popcorn Time volta ao ar depois de suspensão de domínio na Europa». Tecmundo. No Zebra Network. Consultado em 26 de outubro de 2014 
  13. Ernesto (9 de outubro de 2014). «Popcorn Time Stops Working After Domain Suspension». TorrentFreak (em inglês). TF Publishing. Consultado em 11 de outubro de 2014 
  14. Burns, Matt (13 de outubro de 2014). «Popcorn Time Finds A New Home After The EURid Pulled Its Domain». TechCrunch (em inglês). AOL Inc. Consultado em 14 de outubro de 2014 
  15. «How to easily watch any movie from your computer for free». Washington Post (em inglês). 11 de abril de 2014. Consultado em 16 de março de 2014 
  16. a b Aguilar, Mario (7 de julho de 2014). «Popcorn Time's "Netflix for Torrents" Is Coming to Chromecast» (em inglês). gizmodo.com. Consultado em 7 de julho de 2014  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "nu.nl" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  17. Burns, Matt (13 de maio de 2014). «Popcorn Time Is Now On Android». TechCrunch (em inglês). AOL Inc. Consultado em 27 de outubro de 2014 
  18. Smith, Chris (7 de agosto de 2014). «The 'Netflix for Pirates' has just gotten insanely better for Android users». BGR (em inglês). BGR Media, LLC. Consultado em 27 de outubro de 2014 
  19. «Popcorn Time Users Get 'Fined' By Copyright Trolls» (em inglês). Torrent Freak. 15 de maio de 2014. Consultado em 15 de maio de 2014  Parâmetro desconhecido |primeio= ignorado (ajuda)
  20. «'Popcorn Time' Gives Users Anonymity With a Free Built-In VPN» (em inglês). Torrent Freak. 8 de junho de 2014. Consultado em 8 de junho de 2014  Parâmetro desconhecido |primeio= ignorado (ajuda)
  21. «Popcorn Time Adds Apple TV Support, iOS App Coming Soon» (em inglês). Torrent Freak. 30 de julho de 2014. Consultado em 27 de outubro de 2014  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  22. Tweedie, Steven (30 de julho de 2014). «The 'Netflix For Pirated Movies' Will Soon Work With Your Apple TV». Business Insider (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2014 
  23. Burns, Matt (30 de setembro de 2014). «Popcorn Time Finally Comes To iOS». TechCrunch (em inglês). AOL Inc. Consultado em 27 de outubro de 2014 
  24. http://info.abril.com.br/noticias/blogs/download-da-hora/iphone/popcorn-time-lanca-versao-para-ios-que-nao-exige-jailbreak/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Popcorn Time