Príncipe Valente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura filme de 1954, dirigido por Henry Hathaway, veja Prince Valiant.
Prince Valiant in the Days of King Arthur
Príncipe Valente nos tempos do Rei Arthur
Prince Valiant logo.png
País de origem EUA
Língua de origem Inglês
Género(s) tira de aventura
Autor Hal Foster (criador), John Cullen Murphy, Cullen Murphy, Mairead Murphy, Gray Morrow, Wally Wood, Gary Gianni, Mark Schultz, Thomas Yeates
Época da acção Idade Média
Primeira publicação 13 de fevereiro de 1937
Syndicate (s) King Features Syndicate
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Prince Valiant in the Days of King Arthur (No Brasil: Príncipe Valente nos tempos do Rei Arthur)[1] é uma tira de jornal publicada em pranchas dominicais, criada por Hal Foster em 1937. Trata-se de uma tira de aventura com enredo contínuo, com destaque para o realismo dos panoramas e a narrativa mais sofisticada que o habitual no universo dos quadrinhos, sendo muitas vezes também bem humorada. Atualmente, a tira é publicada semanalmente em mais de 300 jornais americanos, de acordo com sua distribuidora, a King Features Syndicate[2].

Foster, ao não usar os "balões" para os textos, retomou o estilo dos primeiros quadrinhos ao mantê-los na parte de baixo de cada quadro. Os acontecimentos mostrados são historicamente precisos, mas de períodos históricos bem distintos que vão desde o antigo Império Romano à Alta Idade Média, com algumas poucas ambientações em tempos mais recentes[2].

A primeira aparição do Príncipe Valente foi publicada em um tabloide colorido na edição de sábado do The Times-Picayune, de Nova Orleans em 13 de fevereiro de 1937.[3]. A primeira página inteira foi a tira nº 16, que apareceu na edição dominical do New Orleans Times Picayune. A datação interna mudou de sábado para domingo com tira nº 66 (15 de maio de 1938). A tira de página inteira continuou até 1971, quando a tira nº 1788 não foi oferecido em formato de página inteira, essa foi a última tira Foster ilustrou. Foster foi sucedido pelos desenhistas J. Cullen Murphy, Gary Gianni[2] e Mark Schultz[4] e Thomas Yeates. A tira continua sendo publicada até os dias atuais em um formato de meia página.[5]

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Cinema
Televisão
Jogos

Em 1991, a editora de RPG Chaosium lançou Prince Valiant: The Story-Telling Game role-playing game.[9]

Revistas em quadrinhos

A Dell Comics publicou histórias inéditas em edições da revista Four Color (# 567, 650, 699, 719, 788, 848, 900) desenhadas por Bob Fuji e roteiristas por um escritor não identificado.[10]

Entre 1994 e 1995, a Marvel Comics publicou uma minissérie, escrita por Elaine Lee e Charles Vess e ilustrada por John Ridgway.[11]

Em 2015, a Dynamite Entertainment começou uma nova série chamada, ligada ao evento "King", que une os heróis da King Features, em comemoração ao centenário do syndicate: Flash Gordon, O Fantasma, Mandrake e Jim das Selvas. Esta série foi escrita por Nate Cosby e ilustrada por Ron Salas.[12]

Em maio de 2016, os heróis da King Features são reunidos novamente em Kings Quest, escrito por Ben Acker e Heath Corson e ilustrado por Dan McDaid.[13]

Reimpressões (Estados Unidos)[editar | editar código-fonte]

As páginas dominicais de Hal Foster têm sido reimpressas por várias editoras, particularmente Nostalgia Press e Fantagraphics Books (edições encadernadas).

Príncipe Valente foi muitas vezes reimpresso em revistas em quadrinhos (comic book). Feature Book #26 republicou a maior parte do primeiro ano da tira, e é a única revista em quadrinhos com capa original de Hal Foster.[10] Muitas páginas de Foster foram republicadas nas revistas Ace Comics e King Comics. Uma revista de Príncipe Valente publicada em 1973 teve ilustrações de Foster com um texto simplificado destinado a ensinar crianças a ler.

Reimpressões (Brasil)[editar | editar código-fonte]

A série foi lançada no Brasil em 1937, na revista Suplemento Juvenil do jornalista Adolfo Aizen, apenas quatro meses após o seu lançamento nos Estados Unidos,[14] em 1939, passou a ser publicado na revista O Globo Juvenil do jornal O Globo do jornalista Roberto Marinho.[15]

Ao longo dos anos, foi publicada pelas editoras Saber, Rio Gráfica Editora de Roberto Marinho, Grupo de Editores Associados (GEA), Nova Sampa,[16]Tudo em Quadrinhos (minissérie da Marvel)[17] e na revista Stripmania da editora Opera Graphica (história produzida por John Cullen Murphy).[18]

A Editora Brasil-América de Adolfo Aizen publicou 15 álbuns entre 1974[1] e 1995.[19] Em 2001, a Opera Graphica continuou a numeração da EBAL e lançou o volume 16, em 2006, relançou o primeiro volume, o vigésimo e último volume foi lançado pela editora em 2009.[1] Em agosto de 2016, a Pixel Media, selo da Ediouro, editora que desde 2013 publica os álbuns de Fantasma,[20] Mandrake[21] e Flash Gordon,[22] republica o primeiro álbum, pela primeira vez em cores originais no país.[23]

Referências

  1. a b c Andréa Pereira sobre release (05/01/2009). «Último álbum de Príncipe Valente pela Opera Graphica». HQManics. 
  2. a b c René Ferri. . "O Galante e Destemido Príncipe Valente". Crash (5): 96. São Paulo: Editora Escala. ISSN 1980-873007.
  3. Goldberg, Todd and Carl Horak, editao por Don Markstein and Rick Norwood. A Prince Valiant Companion. Manuscript Press. ISBN 0-936414-07-3
  4. Mark Schultz fala sobre seus projetos (10/07/2007). «Mark Schultz fala sobre seus projetos». HQManiacs. 
  5. Goldberg, Todd and Carl Horak, edited by Don Markstein and Rick Norwood. A Prince Valiant Companion. Manuscript Press. ISBN 0-936414-07-3
  6. a b N. Salda, Michael. Arthurian Animation: A Study of Cartoon Camelots on Film and Television McFarland [S.l.] pp. 91, 100–103. ISBN 9780786474684. 
  7. Mais Príncipe Valente em DVD
  8. Heitor Pitombo. (1995). "Valente há mais de meio século". Heróis do Futuro (14). Press Talent.
  9. Stafford, Greg, Krank, Charlie, Willis, Lynn and Dunn, William G., Prince Valiant: The Story-telling Game, Chaosium, Albany, 1989, illustrations by Hal Foster and John Cullen Murphy, 128 pp. soft cov., ISBN 0-933635-50-8
  10. a b Maggie Thompson. Comics Shop. [S.l.]: Adams Media, 2010. ISBN 9781440216503
  11. Phyllis Ann Karr. The Arthurian Companion: The Legendary World of Camelot and the Round Table. Chaosium, 1997. 563 p. ISBN 9781568820965
  12. «KING: Five New Dynamite Launches of Classic Characters - Prince Valiant, Flash Gordon, More». Newsarama. 08/10/2014. 
  13. Comic Strip Heroes Reunite in Dynamite's "Kings Quest
  14. Carlos Costa sobre release (28/06/2006). «Príncipe Valente em nova edição pela Opera». HQManiacs. 
  15. Gonçalo Júnior. In: Editora Companhia das Letras. A Guerra dos Gibis - a formação do mercado editorial brasileiro e a censura aos quadrinhos, 1933-1964. [S.l.: s.n.].ISBN 9788535905823
  16. Franco de Rosa. (Outubro 2006). "Príncipe Valente - Obra-Prima Restaurada!". Crash (1). Editora Escala.
  17. Pedro Cirne. (01 de Abril de 1999). "Príncipe Valente volta às bancas". Folha de S.Paulo.
  18. Marcelo Naranjo (29/05/2002). «Opera Graphica lança Stripmania». Universo HQ. 
  19. Felipe Aquino (06/03/2007). "Novo livro sobre a editora EBAL". HQManiacs.
  20. Fernando Viti (20 de setembro de 2013). «O Fantasma – Piratas do céu – Saga completa». Universo HQ. 
  21. Mandrake – O mágico, da Pixel Media, já está nas bancas
  22. Pixel Media lança coleção histórica de Flash Gordon, da Titan Books
  23. Clássico Príncipe Valente retorna pela Pixel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.