Pray (canção de Justin Bieber)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Pray"
Single de Justin Bieber
do álbum My Worlds Acoustic
Lançamento 3 de Dezembro de 2010
Formato(s) CD Single
Gravação 2010
Gênero(s) Pop, R&B, MCC
Duração 3:32
Gravadora(s) Island Def Jam
Composição Justin Bieber, Adam Messinger, Nasri Atweh, Omar Martinez
Produção The Messengers
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 2010
Lançamento 26 de Novembro de 2010
Director(es) Colin Tilley
Duração 3:32
Cronologia de singles de Justin Bieber
"Never Say Never"
(2010)
"Mistletoe"
(2011)
Lista de faixas de My Worlds Acoustic
"Never Say Never"
(9)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"Pray" é um single gravado pelo cantor canadense Justin Bieber. A canção foi escrita por Bieber, Omar Martinez, Adam Messinger, Nasri Atweh e produzida por The Messengers. A música é tida como única no Brasil e em vário países europeus de seu álbum My Worlds: The Collection. Nos Estados Unidos e no Canadá, ela faz parte do álbum My Worlds Acoustic. De acordo com o interprete, ele se inspirou na música "Man in the Mirror" de Michael Jackson ao escrever a canção. É uma faixa cristã contemporânea. É usado principalmente instrumentos, no entanto faz usos pequenos de sons eletrônicos.

"Pray" recebeu análises positivas, muitos críticos apreciaram a mensagem que é retratada na música. Ela atingiu as paradas de singles da Alemanha e da Áustria. O videoclipe da canção estreou em 26 de novembro de 2010 em sua página no Facebook. O videoclipe também tem características religiosas, mostrando lugares afetados por desastres naturais, crianças doentes, pessoas sem casa, e mais, que são mostrados por Bieber. O cantor estreou a música no American Music Awards, acompanhado por um coro completo.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Pray" foi composta por Bieber com Omar Martinez, Adam Messinger e Nasri Atweh que faz parte do The Messengers. Em uma entrevista para o programa de rádio de Ryan Seacrest, Justin afirmou que foi influenciado pela canção "Man In The Mirror" de Michael Jackson ao escrever a música:

A canção foi lançada como CD Single na Alemanha em 3 de dezembro de 2010.[2] "Pray" é uma canção que usa a World Music como suporte.[3] De acordo com a partitura publicada pela Universal Music Group, no site Music Notes, Inc, ela é definida em tempo comum com cerca de oitenta batimentos por minuto. É composta pela chave Si maior com o alcance vocal de Bieber que vai desde a nota mais baixa F#3 até a mais alta B4. A canção segue na progressão harmônica de B/G♯–B/F♯–E–B.[4]

No fundo da canção, está sempre presente o uso de violinos e um coro, bem como a guitarra, instrumentos de corda e congos.[3][5][6] No entanto, faz uso sútil de sintetizadores e sons eletrônicos.[7] Musicalmente, ela é influenciada pela música cristã contemporânea, e pela música gospel, enquanto inclui pop e R&B.[8][9][10] A canção começa com Bieber cantando "E eu rezo" sobre um teclado, enquanto o coro da canção repete um refrão simples, "Eu fecho meus olhos e posso ver uma dia brilhante/Eu fecho meus olhos e rezo."[3] Na letra da música, Justin reconhece a dor e o sofrimento que existe no mundo, e em seguida, oferece uma solução passiva por meio de versos como: Crianças chorando/Os soldados estão morrendo/Algumas pessoas não têm uma casa/Mas eu sei que há luz do sol atrás dessa chuva/Eu sei que há bons tempos atrás dessa dor."[11] Vocalmente, os vocais de Bieber são inferiores comparados a outros singles.[3][12]

Crítica profissional[editar | editar código-fonte]

Melinda Newman do HitFlix chamou a canção de um "testamento encantador para o poder da oração", comentando que não era apenas para "verdadeiros cristãos", e sim para "verdadeiras Beliebers"."[13] Chamando de momento "Man in the Mirror" de Justin, Newman também disse que enquanto ele não tem o "poder de permanência clássica de Michael Jackson", os temas de como formar as mudanças foram as mesmas.[13] Lucy Jones do The Daily Telegraph, observou a canção como um download recomendando o álbum.[14]

Dan Savoie, do Rockstar Weekly, disse que a letra da canção é uma letra "mais avançada e mostra um lado mais político do cantor, mas a sensação da música realmente funciona com a sua voz".[9] Savoie passou a dizer: "A música acabou de mudar Bieber da categoria pop star para um jovem responsável.[9] Monica Herrera da Billboard escreveu que a música foi uma das mais bem-intencionadas que explicam as crenças espirutuais de Justin.[15]

Vídeo musical e apresentações ao vivo[editar | editar código-fonte]

No vídeo da música, Bieber destaca várias injustiças sociais ao redor do mundo.[16] Aparecem imagens do resgate no terremoto no Haiti e o sofrimento após um Furacão Katrina em Nova Orleães.[16] Outras cenas destacam soldados militares com suas famílias reunidas sem um lar.[16] O vídeo é intercalado com cenas de Justin. Com a música em si, ele também inclui tons religiosos, assim terminado com a citação: "Deus fala no silêncio do coração. Ouvir é o início da oração."[16] Bill Lamb do About.com disse sobre o vídeo: "Há momentos, em que as fotos com as palavras, ficam de fato mais poderosas que a trilha."[17] Dizendo ser o vídeo "excelente para épocas natalinas", Lamb comentou que o tema traz "esperança e alegria para a vida dos outros" relacionadas com "as comemorações que traz até a nós, juntos na esperança de ter um mundo melhor no futuro."[17]

"Pray" foi apresentada ao vivo pela primeira vez em 2010, no American Music Awards.[3] A performance se iniciou com Bieber sentado tocando um piano enquanto a cantava.[3] No meio da performance, o interprete se levantou do piano e caminhou até o centro do palco, ele foi acompanhado por um coro cantando como vocal de apoio. O desempenho terminou com Bieber ajoelhado, a interpretação foi saudada com aplausos da platéia.[3] Segundo Jocelyn Vena da MTV News, Justin "provou que tem o carisma que o deixou famoso".[3] Thomas Conner do Chicago Sun-Times observou que a performance de Bieber foi o destaque daquela noite, provando que ele sabe sim cantar, podendo superar até os passos de Taylor Swift e Miley Cyrus.[18]

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

"Pray" foi lançado como um single apenas em alguns países europeus e teve um sucesso moderado. No Belgian Flanders Tip, a canção alcançou o número cinco, enquanto que no gráfico Belgian Tip Wallonia, alcançou o número quinze e passou uma combinação de oito semanas em ambos os gráficos. No Austrian Singles Chart, chegou ao número sessenta e cinco, passando uma semana na tabela. A obra estreou em cinquenta e um no German Singles Chart.[19] Apesar de não ter sido lançado como single, devido às vendas do My Worlds: The Collection e My Worlds Acoustic, a canção estreou em noventa quatro sobre o Australian Singles Chart, em número doze no UK Singles Chart e no número noventa e um no Billboard Hot 100, chegando ao sessenta e um na semana seguinte.

Posições[editar | editar código-fonte]

País/parada (2010) Melhor
posição
 Austrália - ARIA Charts [20] 94
 Áustria - Ö3 Austria Top 75[21] 63
 Bélgica - Ultratip Flanders[22] 5
 Bélgica - Ultratop Wallonia[22] 15
 Alemanha - Media Control AG[19] 51
 Reino Unido - UK Singles Chart [23] 112
 Estados Unidos - Billboard Hot 100[24] 61

Referências

  1. «Justin Bieber's New Song Inspired By 'Man In The Mirror': The MTV News Quote Of The Day». MTV News. MTV Networks (Viacom). 17 de novembro de 2010. Consultado em 24 de novembro de 2010 
  2. «Pray (2-Track):Justin Bieber: Amazon.de: Musik». Amazon.de. Amazon Inc. Consultado em 29 de novembro de 2011 
  3. a b c d e f g h Jocelyn Vena (21 de novembro de 2010). «Justin Bieber Gets Serious With 'Pray' At AMAs Teen star performed his new ballad at Sunday's American Music Awards.». MTV News. MTV Networks (Viacom). Consultado em 24 de maio de 2011 
  4. «Justin Bieber - Pray Sheet Music» (em inglês). Music Notes, Inc. / Universal Music Group. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  5. Hermione Hoby (21 de novembro de 2010). «Justin Bieber: My Worlds – The Collection – review». The Guardian. Guardian News and Media Limited. Consultado em 24 de novembro de 2011 
  6. «Justin Bieber's My Worlds Acoustic Album Set For November 26th Release». PR Newswire. Consultado em 1 de maio de 2010 
  7. «OMB! Check Out Justin Bieber's New Single "Pray"». WXRK. CBS Interactive Music Group. Consultado em 29 de novembro de 2010 
  8. Lipshultz, Jason. «Justin Bieber's New Song, 'Pray,' Debuts Online». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 26 de novembro de 2010 
  9. a b c «CD Review: Justin Bieber - My Worlds Acoustic (4 Stars)». The Rockstar Group (Canada). Consultado em 29 de dezembro de 2010 
  10. «My Worlds Acoustic - Justin Bieber». Allmusic. Rovi Corporation. Consultado em 17 de dezembro de 2010 
  11. Conneron, Thomas (25 de novembro de 2010). «CD review: Justin Bieber, 'My Worlds Acoustic'». Chicago Sun-Times. Consultado em 26 de novembro de 2010 
  12. Jocelyn Vena (12 de novembro de 2010). «Justin Bieber's 'Pray' Hits Internet Singer pleads for 'better day' on inspirational track, which will be on upcoming My Worlds Acoustic.». MTV News. MTV Networks (Viacom). Consultado em 24 de novembro de 2010 
  13. a b Newman, Melinda. «Watch: Justin Bieber wants a better world in 'Pray'». HitFix. Consultado em 29 de novembro de 2011 
  14. Jones, Lucy (24 de novembro de 2010). «Justin Bieber: My Worlds Acoustic, CD review». The Daily Telegraph. Telegraph Media Group Limited. Consultado em 8 de março de 2010 
  15. «Justin Bieber, "My Worlds Acoustic"». Billboard. Prometheus Global Media. 3 de dezembro de 2011. Consultado em 24 de fevereiro de 2011 
  16. a b c d Vick, Megan (29 de novembro de 2010). «Justin Bieber Turns Humanitarian for 'Pray' Video». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 29 de novembro de 2011 
  17. a b Lamb, Bill (27 de novembro de 2011). «Justin Bieber Releases Inspirational "Pray" Video on Facebook». About.com. The New York Times Company. Consultado em 29 de novembro de 2011 
  18. Conner, Thomas (25 de novembro de 2011). «CD review: Justin Bieber, 'My Worlds Acoustic'». Chicago Sun-Times. Sun-Times Media Group. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  19. a b «Media Control - Justin Bieber - Pray» (em alemão). Media Control AG. Consultado em 3 de agosto de 2011 
  20. «Chartifacts - Week Commencing: 6th December 2010». Australian Recording Industry Association. Consultado em 20 de dezembro de 2010. Cópia arquivada em 15 de dezembro de 2010 
  21. «Justin Bieber on Austrian Chart». O3 Austria. Consultado em 3 de setembro de 11  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. a b «Justin bieber - Pray (Nummer)». Ultratop. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  23. «Chart Log UK: Official Entries Update». Zobbel.de. The Official Charts Company. Consultado em 18 de janeiro de 2011 
  24. «Billboard Hot 100». Consultado em 3 de setembro de 2011