Protetorado Francês do Camboja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
កម្ពុជាសម័យអាណានិគម
Protectorat du Cambodge
Protetorado do Camboja
1863–1941
1945–1953
Flag of Colonial Annam.svg

Bandeira de Camboja

Bandeira

Localização de Camboja
Continente Ásia
Região Sudeste Asiático
Capital Odong
Phnom Penh
Língua oficial francês
Khmer
Religião Teravada 70% (cambojano)
Igreja Católica 30% (francês)
Governo Monarquia, Protetorado da França
Rei
 • 1860-1904 Norodom
Período histórico Neo-Imperialismo
 • 1863 Estabelecimento do Protetorado
 • 1953 Incorporação a União da Indochina
 • {{{ano_evento_posterior}}} Independência


O Protetorado Francês do Camboja foi um regime político no Camboja a partir de 1863, quando a França (na época do Segundo Império Francês), estabeleceu sua “proteção” ao Reino Cambojano, anteriormente um Estado vassalo de Sião (Tailândia). Em 1863, o Camboja sob o rei Norodom tornou-se um protetorado da França. Em outubro de 1887, os franceses anunciaram a formação da Union Indochinoise (União da Indochina), que na época era composta por Camboja, possessão francesa já autónoma, e as três regiões do Vietnã (Tonquim, Annam e Cochinchina). Em 1893, o Laos foi anexado depois que os franceses ameaçaram o Rei Chulalongkorn de Sião com guerra, forçando-o a abandonar o território.

Integrou em 1887 a Indochina francesa durante a criação desta última, o Camboja, em 1946, atingiu o estatuto de Estado associado da União Francesa. Em novembro de 1949, o protetorado foi oficialmente abolido, mas o Camboja continuou em grande parte sob a influência francesa no seio da Federação da Indochina, até a proclamação da independência, em 1953, reafirmada o ano seguinte pelos Acordos de Genebra.