Religião na Lituânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A religião que predomina na Lituânia é o Cristianismo, sendo a Igreja Católica Romana a maior instituição religiosa do país. A Lituânia foi o último país predominantemente pagão da Europa, com o catolicismo se tornando amplamente aceito apenas no final do século XIV. Há ainda uma minoria que é adepta da Igreja Ortodoxa e pequenos grupos de protestantes.

Numa sondagem do Eurobarômetro de 2005, cerca de 49% dos lituanos diziam acreditar em Deus, 36% respondeu que "existe algum tipo de espírito ou força de vida" e 12% afirmaram que não existe um Deus, espírito ou força maior de vida.[1]

Religiões na Lituânia[editar | editar código-fonte]

Distribuição das confissões religiosas de acordo com os censos de 2001 e de 2011[2]

Religião Número de adeptos em 2001 Percentagem 2001 Número de adeptos 2011 Percentagem 2011
Igreja Católica 2.752.447 79% 2.350.000 77,2%
Igreja Ortodoxa 141.821 4% 125.200 4,1%
Velhos crentes 27.073 0,77% 23,300 0,8%
Luteranismo 19.637 0,56% 18.400 0,6%
Igrejas Reformadas 7.082 0,2% 24.900 0,8%
Testemunhas de Jeová 3.512 0,1% Sem dados Sem dados
Muçulmanos 2.860 0,08% Sem dados Sem dados
Igrejas Evangélicas 2.207 0,06% Sem dados Sem dados
Igreja Pentecostal 1.307 0,04% Sem dados Sem dados
Judaísmo 1.272 0,04% Sem dados Sem dados
Crentes Bálticos 1.270 0,04% Sem dados Sem dados
Batistas(e outras igrejas independentes) 1.249 0,04% Sem dados Sem dados
Outras religiões 4.701 0,135% Sem dados Sem dados
Sem religião 331.087 9,5% 186.700 6,1%
Não responderam 186.447 5,4% 304.400 10%

Referências

  1. «Social values, Science and Technology» (PDF). Comissão Europeia. Junho de 2005. Consultado em 27 de setembro de 2018 
  2. «Lithuania home to 128 ethnicities and 59 religious communities». Baltic Times. 20 de março de 2013. Consultado em 27 de setembro de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]