Richard Branson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Richard Branson
Branson em Maio de 2010.
Nome completo Richard Charles Nicholas Branson
Conhecido(a) por fundador do Grupo Virgin[1]
Nascimento 18 de julho de 1950 (71 anos)
Blackheath
Nacionalidade britânico
Fortuna Aumento US$ 4,3 bilhões (abril de 2020) [2]
Progenitores Mãe: Eve Branson
Pai: Edward James Branson
Cônjuge Kristen Tomassi (1972–1979),
Joan Templeman (1989–presente)
Filho(a)(s) Holly Branson (1981),
Sam Branson (1984)
Prémios Prêmio Tony Jannus (2000)
Empregador(a) Grupo Virgin.
Cargo presidente do Grupo Virgin
Carreira espacial
Astronauta comercial
Agência Virgin Galactic
Voo
Duração do voo 15m14s[3]
Assinatura
Richard Branson signature SVG.svg

Richard Charles Nicholas Branson, Kt (Blackheath, 18 de julho de 1950) é um empresário britânico, fundador do Grupo Virgin, e autor de diversos livros. Seus investimentos vão da música à aviação, vestuário, biocombustíveis e até viagens aeroespaciais.

Em 2014, segundo a revista Forbes, Branson é o 245.º homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em 4,9 bilhões de dólares.[2]

No dia 11 de julho de 2021, Branson foi lançado ao espaço num voo experimental da Virgin Galactic.[4] No voo suborbital, Branson foi a 581º pessoa no espaço (acima de 80 km de altitude).[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Branson é o mais velho dos três filhos do Barrister Edward James Branson (1918 - 2011) e da bailarina e aeromoça Eve Branson (nascida em 1924)[5][6] Branson tem duas irmãs mais novas.[7] O seu avô Sir George Arthur Harwin Branson, era um juiz da Suprema Corte de Justiça.[8]

Branson é disléxico e desistiu da escola aos 16 anos. Seus pais educaram-no para ser independente e ter auto-confiança. Aos 16, ele criou a revista Student, juntamente com um seu amigo, Jonny. Ele teve muita dificuldade em lançar a primeira edição, pois não conseguia vender as páginas para publicidade. Em 1970 ele começou uma empresa de venda de discos pelo correio, e em 1972 abriu uma rede de lojas de discos Virgin Records que viraria Virgin Megastores. A marca Virgin cresceu muito durante os anos 1980 enquanto ele fundou a Virgin Atlantic e expandiu a gravadora de música Virgin Records.

Branson fez várias tentativas de quebra de recorde mundial depois de 1985, quando tentou a mais rápida travessia do Oceano Atlântico. Sua primeira tentativa na "Virgin Atlantic Challenger" levou ao naufrágio do barco em águas britânicas e um resgate por helicóptero da RAF, o acontecimento recebeu ampla cobertura da mídia. Alguns jornais pediram que Branson reembolsasse o governo pelo custo de resgate. Em 1986, no seu "Virgin Atlantic Challenger II", com o especialista de vela Daniel McCarthy, ele bateu o recorde por duas horas. Um ano depois, o seu balão de ar quente "Virgin Atlantic Flyer" cruzou o Atlântico.[9] Já tentou quebrar diversos recordes, inclusive dar a volta ao mundo num balão, mas falhou duas vezes.

Em 1999, Richard Branson tornou-se Sir, ao ser tornado Cavaleiro pela Rainha Isabel II.

No ano de 2009, firmou contrato com Ross Brawn, dono da equipe de Fórmula 1 Brawn GP, tornando-se seu principal patrocinador. Na temporada 2010 do Mundial, Branson lançou sua própria escuderia, a Virgin Racing, que continua ativa na temporada de 2011 e conta com os pilotos Timo Glock e Jérôme d'Ambrosio.

Branson tem uma filha chamada Holly e um filho chamado Sam. Ele declarou em uma entrevista com Piers Morgan que ele e a esposa Joan tinham uma filha chamada Clare Sarah, que morreu quando ela tinha apenas quatro dias de idade, em 1979.[10] O casal teve um casamento devido à sugestão da filha Holly quando ela tinha oito anos de idade- em 1989 em Necker island, uma ilha de 74 acres (30 ha) da propriedade de Branson nas Ilhas Virgens Britânicas.[11]

Branson participou da série Friends, representando um vendedor ambulante de Londres, no penúltimo capítulo da quarta temporada.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Richard Branson (Virgin) não descarta investir na Fórmula 1 - Abril.com
  2. a b «Richard Branson». Forbes (em inglês). Forbes.com. Consultado em 29 de abril de 2020 
  3. a b «Flown astronauts». 9 de outubro de 2021. Consultado em 9 de outubro de 2021 
  4. «Richard Branson sai na frente na corrida do turismo espacial». 11 de julho de 2021. Consultado em 11 de julho de 2021 
  5. «Edward Branson». The Daily Telegraph. London. 8 de maio de 2011 
  6. "Births", The Times, 12 July 1950, pg. 1
  7. Nina Myskow (13 de março de 2013). «Like mother, like son». Saga magazine. Consultado em 5 de novembro de 2014 
  8. "Forthcoming Marriages", The Times, 22 June 1949, pg.7.
  9. «Hot-Air Balloonists Crossing Atlantic Break Record». Los Angeles Times. 3 de Julho de 1987 
  10. «Piers Morgan interviews Richard Branson, Richard talks about death of baby». Baby Chums. 14 de Setembro de 2010. Consultado em 20 de novembro de 2014. Arquivado do original em 12 de outubro de 2009 
  11. Bussmann, Jane (23 de Abril de 2001). «Necker Island Richard Branson's exclusive retreat». Daily Mail. UK 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.