Ronald Ross

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ronald Ross Medalha Nobel
Nascimento 13 de maio de 1857
Almora
Morte 16 de setembro de 1932 (75 anos)
Londres
Residência Escócia
Sepultamento Putney Vale Cemetery
Nacionalidade Britânico
Cidadania Reino Unido
Progenitores
  • Sir Campbell Claye Grant Ross
  • Matilda Elderton
Cônjuge Rosa Bessie Bloxam
Filho(s) Charles Campbell Ross of that Ilk, younger
Irmão(s) Charles Ross
Alma mater
  • Barts and The London School of Medicine and Dentistry
Ocupação médico, matemático, epidemiologista, poeta, romancista, malariólogo, microbiologista, zoólogo, patologista
Prêmios Prêmio Cameron (1902), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1902), Medalha Real (1909)
Empregador King's College de Londres
Campo(s) Medicina

Ronald Ross KCB FRS (Almora, 13 de maio de 1857Londres, 16 de setembro de 1932) foi um médico britânico.[1]

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1902, pela descoberta do processo de contaminação do organismo humano pela malária. Sua descoberta do parasita da malária no trato gastrointestinal do mosquito Anopheles levou à percepção de que a malária foi transmitido por Anopheles, e lançou as bases para o combate à doença.

Em 1901, Ross foi eleito membro da Real Colégio de Cirurgiões e também um companheiro da Royal Society,[2] de que ele se tornou vice-presidente de 1911-1913. Em 1926, foi homenageado pelo governo inglês com a construção do Instituto e Hospital Ross de Doenças Tropicais.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um general do exército inglês, Ross se formou em medicina em Londres, na escola de Saint Bartholomew. Em seguida entrou para o serviço médico na Índia. Em 1892 iniciou seus estudos sobre a malária e, dois anos depois, começou a pesquisar a hipóteses de Charles Louis Alphonse Laveran e Patrick Manson de que os mosquitos são responsáveis pela propagação da doença. Na África Ocidental descobriu as espécies de mosquitos que transmitem a malária.[1]

Ross também pesquisou as formas de prevenção à malária na região do Canal de Suez, Grécia e Chipre e nas áreas atingidas pela Primeira Guerra Mundial (1914 a 1918).[1] Morreu em Londres em 16 de dezembro de 1932.[4]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Report on Cholera, General Sanitation, and the Sanitary Department and Regulations, in the C. & M. Station of Bangalore (1896)
  • Versão digitalizada disponível na Biblioteca Nacional da Escócia .
  • Report on the Nature of Kala-azar (1899). Versão digitalizada disponível na Biblioteca Nacional da Escócia .
  • Malarial Fever: Its Cause, Prevention and Treatment; Containing Full Details for the Use of Travellers, Sportsmen, Soldiers, and Residents in Malarious Places (1902)
  • First Progress Report of the Campaign Against Mosquitoes in Sierra Leone (com Charles Wilberforce Daniels) (1902)
  • Notes on the Parasites of Mosquitoes Found in India Between 1895 and 1899
  • Hygiene for Indian Scholars
  • Note on the Bodies Recently Described by Leishman and Donovan (1903)
  • Further Notes on Leishman's Bodies (1903)
  • Report on Malaria at Ismailia and Suez (1903)
  • Leishmania Donovani Found in Kala-azar (1904)
  • Researches on Malaria (1905)
  • Note on a Flagellate Parasite Found in Culex Fatigans (1906)
  • Malaria in Greece (1909)
  • Missionaries and the Campaign Against Malaria (1910)
  • A Case of Sleeping Sickness Studied by Precise Enumerative Methods: Regular Periodical Increase of the Parasites Disclosed (com David Thomson) (1910)
  • Discussion on the Treatment of Malaria (1918)
  • Mosquitoes and Malaria in Britain (1918)
  • Suggestions for the Care of Malaria Patients (1919)
  • Observations on malaria (1919)
  • Memoirs, with a Full Account of the Great Malaria Problem and Its Solution (1923)
  • Malaria-control in Ceylon Plantations (1926)
  • Solid Space-algebra: The Systems of Hamilton and Grassmann Combined (1929)
  • A Summary of Facts Regarding Malaria Suitable for Public Instruction (com Malcolm Watson) (1930)
  • Memories of Sir Patrick Manson (1930)
  • The solution of equations by iteration (com William Stott) (1930)
  • A Priori Pathometry (com Hilda Phoebe Hudson) (1931)
  • Mosquito Brigades and How to Organise Them ISBN 978-1-2905-5311-7

Referências

  1. a b c PAULO, Lemos e MENDA, Mari Elizabeth. "Prêmio Nobel de Medicina: da Pesquisa `Conquista", pg. 33. Lemos Editorial. São Paulo (2001)
  2. «ROSS, Major Ronald» (Jornal) (em inglês). Who's Who,. 1907. 1520 páginas. Consultado em 18 de agosto de 2012 
  3. CDC - Centros para Controle e Prevenção de Doenças: "Ross and the Discovery that Mosquitoes Transmit Malaria Parasites"
  4. «Ronald Ross, Sir». ufcg. ufcg/biografias. Consultado em 18 de agosto de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Emil Adolf von Behring
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1902
Sucedido por
Niels Ryberg Finsen
Precedido por
Henry Head e John Milne
Medalha Real
1909
com Augustus Edward Hough Love
Sucedido por
Frederick Orpen Bower e John Joly


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) médico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.