São Geraldo (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de São Geraldo
Bandeira de São Geraldo
Brasão de São Geraldo
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 27 de março
Fundação 27 de março de 1949
Gentílico são-geraldense
Padroeiro(a) São Sebastião[1]
CEP 36530-000 a 36539-999[2]
Prefeito(a) Marcílio Moreira Barros (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de São Geraldo
Localização de São Geraldo em Minas Gerais
São Geraldo está localizado em: Brasil
São Geraldo
Localização de São Geraldo no Brasil
20° 55' 22" S 42° 50' 02" O20° 55' 22" S 42° 50' 02" O
Unidade federativa Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008[3]
Microrregião Ubá IBGE/2008[3]
Municípios limítrofes Visconde do Rio Branco, Coimbra, Ervália, Guiricema, Paula Cândido
Distância até a capital 254 km
Características geográficas
Área 187,387 km² [4]
População 10 263 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 54,77 hab./km²
Altitude 380 m
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,732 alto PNUD/2000[6]
PIB R$ 156 966,830 mil IBGE/2016[7]
PIB per capita R$ 13,374 81 IBGE/2016[7]
Página oficial
Prefeitura www.saogeraldo.mg.gov.br
Câmara www.saogeraldo.mg.leg.br

São Geraldo é um município brasileiro do estado de Minas Gerais localizado na Mesorregião da Zona da Mata e na Microrregião de Ubá. Sua população estimada em 2011 era de 10.459 habitantes.[8]

História[editar | editar código-fonte]

Os primeiros habitantes da região da qual se tem conhecimento foram os índios Botocudos que vieram para a cidade, onde é a atual Piedade .

A origem da cidade está principalmente ligada à estação da Estrada de Ferro Leopoldina, inaugurada em 1880 e denominada Estação de São Geraldo em homenagem ao Barão de São Geraldo (título em referencia à Serra de São Geraldo).

Em 21 de dezembro e 1948 o município de São Geraldo consegue sua emancipação do município de Visconde do Rio Branco.[9]

Origem do Nome São Geraldo[editar | editar código-fonte]

Embora adotado em 1880 para a nova estação de estrada de ferro, em homenagem ao Barão de São Geraldo (Dr. José Joaquim Alves dos Santos Silva - Secretario da Estrada de Ferro Leopoldina), o nome São Geraldo tem origem bem mais antiga, quando aplicado a localidade e a região. Com efeito, nas sesmarias concedidas nos fins do século XVIII, já aparece o nome São Geraldo. O nome São Geraldo, portando, possui raízes bem mais profundas, ou seja, é anterior a localidade e nasceu da veneração que os desbravadores do Presídio votavam aqueles que tomavam como protetores durante suas viagens pela região ainda inóspita.

Emancipação[editar | editar código-fonte]

Em 1943, um movimento presidido pelo médico e industrial Dr. Oswaldo de Oliveira Duarte, tentou obter emancipação de São Geraldo. Na revisão de 31 de dezembro deste ano, porém, não conseguiram obter a tão sonhada emancipação. Somente em 1948, renovou-se o movimento favorável à emancipação da Vila, sendo criado o Município de São Geraldo em 21 de dezembro desse ano, pelo artigo 80 da Lei estadual nº 336, instalando-se no dia 1º de janeiro de 1949. Coube ao Dr. José Teixeira Costa Filho, professor e advogado, ser o primeiro administrador do Município de São Geraldo. Foi ele nomeado intendente pelo Governo do Estado. Com eficiência, organizou a administração do novo município, entregando-o ao primeiro Prefeito eleito. Nas eleições de 6 de março de 1949, elegeram-se os primeiros Vereadores, Prefeito, Vice-Prefeito, Juiz de Paz e seus suplentes. Venceram as chapas do Partido Republicano, cabendo o cargo de Prefeito ao Sr. João Vicente Ferreira Filho e o Vice-Prefeito ao Sr. Braz Tristão da Silva. Comemora-se o aniversário da cidade em 27 de março, dia em que instala-se a 1ª Câmara de Vereadores do Município e a posse do primeiro Prefeito eleito. Em 2 de dezembro de 1952, foram feitas novas eleições no Município, vencendo a legenda do Partido Social Democrático. Elegeram-se o Prefeito Municipal, respectivamente Dr. Osvaldo de Oliveira Duarte e o Sr. José Francisco Teixeira. O Prefeito eleito não chegou a empossar-se, pois faleceu vítima de derrame cerebral às 22:40 horas do dia 6 de janeiro de 1953. Assim, a administração esteve sob a responsabilidade do Vice-Prefeito.

Prefeitos de São Geraldo[editar | editar código-fonte]

Atual prefeito do município é Marcílio Moreira Barros

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município localiza-se na Zona da Mata. A cidade dista por rodovia 254 km da capital Belo Horizonte. Seu território apresenta área de 187,39 km².[10]

A altitude da sede é de 380 m, possuindo como ponto culminante a altitude de 909 m na Serra de Santa Maria. O município localiza-se nas terras altas que servem de divisor de águas entre duas importantes bacias hidrográficas: a bacia do rio Paraíba do Sul e a bacia do rio Doce.

Dados climatológicos para São Geraldo
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 31 31,7 30,3 28,4 26,8 26,1 26 27,4 27,9 28,7 29,1 29,2 28,5
Temperatura média (°C) 25,2 25,6 24,5 22,4 20,2 19 18,8 20,1 21,5 23,1 23,8 23,9 22,3
Temperatura mínima média (°C) 19,5 19,5 18,7 16,4 13,7 11,9 11,6 12,8 15,2 17,5 18,5 18,6 16,1
Precipitação (mm) 205 155 131 55 31 19 17 14 45 116 189 256 1 233
Fonte: Climate-data.org (médias de temperatura e precipitação)[11]

Cultura, lazer e patrimônio[editar | editar código-fonte]

As raízes históricas de São Geraldo remontam ao período do desbravamento da região. Portugueses, franceses, negros e os índios Coroados, Caetés e Cropós fazem parte de nossa colonização.[12]

Dessa mistura étnica e da herança religiosa surgiu nossa diversidade cultural como: festas religiosas, folclóricas e outras.

Com o passar dos anos algumas dessas festas vem desaparecendo e deixando um vazio em nossa herança cultural.

Dos Bandeirantes e colonizadores europeus, herdamos as festas de caráter religioso:

  • Festa de São Sebastião, padroeiro da cidade, ocorre dia 20 de janeiro e tem um grande envolvimento popular, incluindo a Cavalhada.
  • Semana Santa, festa com data móvel, ocorre no Adro da Igreja de São Geraldo. É onde acontece o Encontro e Paixão e Morte do Cristo,
  • Nossa Senhora Aparecida, dia 12 de outubro, quando se realiza romaria e missa na Gruta da “Santinha” e encontro de Cavaleiros.
  • Festa Junina, os “arraiás” com comidas típicas e quadrilhas.

Dos negros, escravos, herdamos as festas de caráter folclórico/típico:

  • Carnaval, festa com data móvel, com desfiles de escolas de samba, blocos e carnaval de rua.

Caráter Cívico:

  • Aniversário da Cidade, no dia 27 de março, com eventos esportivos, cívicos e desfile de nossa Fanfarra Mirim da Escola Padre Geraldo Breyer.

Outras festas e atividades culturais:

  • Festa Country e São geraldense ausente, entre os meses de julho e agosto.
  • Semana da Cultura, realizada entre os meses de agosto e setembro.
    Estação ferroviária de São Geraldo

Bens Tombados

No nosso município nós temos 02(dois) bens tombados:

  • Prédio da estação ferroviária – nele está representado boa parte da história de nossa cidade e de nosso povo.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

Densidade demográfica (hab./km²): 55,30

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,75

Expectativa de vida (anos): 71,2

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,5

Taxa de alfabetização: 79,2%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,732

  • IDH-M Renda: 0,634
  • IDH-M Longevidade: 0,769
  • IDH-M Educação: 0,792

(Fonte: PNUD/2000)

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia local baseava-se principalmente na plantação de cana e café, mas a erradicação dos cafezais, a falência da Usina de açúcar de Visconde do Rio Branco e a suspensão do tráfego da estrada de ferro trouxaram desequilíbrio econômico ao município. A economia vem sendo restaurada baseando-se na criação de aves,gado de corte,fabricação de móveis, produção de laticínios e extração mineral.[carece de fontes?]

Referências

  1. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 2. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 2 de junho de 2013 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 12 jul. 2016 
  8. «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data de referência em 1 de julho de 2011» (PDF). IBGE. Consultado em 5 de maio de 2012 
  9. «IBGE - cidades@ - Histórico - SÃO GERALDO (MG)». ibge.gov.br. Consultado em 6 de julho de 2012 
  10. «IBGE». Consultado em 12 de julho de 2019 
  11. «Clima: São Geraldo». Climate-data.org. Consultado em 12 de julho de 2019. Cópia arquivada em 23 de julho de 2018 
  12. «Cultura do Município». Prefeitura Municipal de São Geraldo. Consultado em 12 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]