São João Batista (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São João Batista
"Capital Catarinense do Calçado"
Bandeira de São João Batista
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 19 de julho
Fundação 19 de julho de 1958 (59 anos)
Gentílico batistense
Prefeito(a) Daniel Netto Cândido (PSD)
(2017–2020)
Localização
Localização de São João Batista
Localização de São João Batista em Santa Catarina
São João Batista está localizado em: Brasil
São João Batista
Localização de São João Batista no Brasil
27° 16' 33" S 48° 50' 56" O27° 16' 33" S 48° 50' 56" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Grande Florianópolis IBGE/2008 [1]
Microrregião Tijucas IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Antônio Carlos, Biguaçu, Canelinha, Major Gercino, Nova Trento e Tijucas
Distância até a capital 70 km
Características geográficas
Área 220,726 km² [2]
População 32 260 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 146,15 hab./km²
Altitude 30 m
Clima temperado
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,74 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 329 136,442 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 13 977,85 IBGE/2008[5]
Página oficial

São João Batista é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Sua área é de 203 km² e a população atual é de aproximadamente 33.864 habitantes. Destaca-se por ser a cidade brasileira que mais cresceu em em termos populacionais, nos últimos 5 anos, ficando somente atrás do município de Araquari, com a chegada de montadoras de veículos no norte do estado. Foi a 1ª colônia italiana do Brasil, com o nome de Nova Itália. A economia do município se baseia na indústria calçadista.

História[editar | editar código-fonte]

São João Batista foi fundada em 1834, com a chegada do capitão João de Amorim Pereira. Em 1836, chega o primeiro grupo de imigrantes – 132 colonos vindos da Sardenha, Itália, trazidos por uma sociedade particular de colonização. Foi a primeira colônia italiana do Brasil. Esse grupo então se encontrava aonde hoje é o bairro Colônia, no interior do município. São João Batista tornou-se município em julho de 1958, quando se desmembrou de Tijucas.

Atividades econômicas[editar | editar código-fonte]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Situada no Vale do Rio Tijucas, São João Batista destaca-se pela produção de calçados – são 195 indústrias voltadas para o setor. Colonizada por italianos e açorianos, teve a sua economia inicialmente baseada na agricultura, até surgirem as fábricas de calçados, que transformaram a cidade no maior polo calçadista no Estado. Nos meses de janeiro e fevereiro, São João Batista promove uma grande feira de calçados – a FEC CAT, Feira de Calçados Catarinense –, atraindo milhares de turistas, além dos diversos eventos e rodadas de negócios que são promovidas durante o ano. Em 25 de outubro anualmente acontece a Festa do Sapateiro com uma programação variada. A Praça dos Sapateiros foi assim nomeada em homenagem a Nazário de Oliveira, calçadista pioneiro do município.

A cidade promove anualmente uma grande festa de São João, que é o padroeiro da cidade, evento que conta com queima de fogos de artifício à meia noite entre o sábado e o domingo. A festa também traz barracas com vendedores de diversos produtos como coloniais, eletrônicos e vestuário.

Indústria e comércio[editar | editar código-fonte]

A economia da cidade baseia-se principalmente nas indústrias de calçado feminino, sendo considerado o terceiro polo industrial calçadista do Brasil, depois Franca (São Paulo) e Novo Hamburgo (Rio Grande do Sul). Há ainda expressiva participação das indústrias de componentes para calçados. A cidade possui o título de "Capital Catarinense do Calçado" concedido pela lei estadual 12.076, de 27 de dezembro de 2001.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

Urna biométrica[editar | editar código-fonte]

Nas eleições para prefeito de 2008 foram usadas as urnas biométricas (em que o eleitor pode ser identificado por meio de suas impressões digitais), numa experiência pioneira no país, ao lado dos municípios de Fátima do Sul e Colorado do Oeste. O TSE quer excluir a possibilidade de uma pessoa votar no lugar de outra – que hoje ainda existe. A expectativa é que em 10 anos todos os estados tenham urnas biométricas.

Comunicações[editar | editar código-fonte]

O município possui cobertura parcial das operadoras Tim, Oi, Claro e Vivo. Possui também 3 estações de rádio:

  • Rádio Clube AM 1190
  • Rádio Menina Linda FM 98,3
  • Rádio Super FM 99,9

Possui os jornais;Jornal O Batistense, Jornal Os Dias, Jornal do Vale e Jornal Correio Catarinense.

Lista de prefeitos[editar | editar código-fonte]

Período Prefeito Partido Vice-prefeito Partido Votos Referência
19/07/1958 a 31/01/1959 Gentil Silva Prefeito nomeado [6]
01/02/1959 a 31/01/1964 Henrique Mázera Filho
01/02/1964 a 31/01/1969 Nelson Zunino Neto
01/02/1969 a 12/01/1971 Wilde Carlos Gomes
13/01/1971 a 31/01/1973 Cap. José Antônio Bento
01/02/1973 a 31/01/1977 Alinor Herculando de Azevedo
01/02/1977 a 31/01/1983 Wilde Carlos Gomes
01/02/1983 a 31/12/1988 Sinézio Octaviano Dadam PDS Osvaldino Atanásio dos Santos PDS 2.071 [7]
01/01/1989 a 31/12/1992 Celso Narciso Cim PDS Aurino Algemiro Teixeira PDS 2.091
01/01/1993 a 31/12/1996 Gilberto Gonçalves Cândido  PFL Jair Sebastião Amorim PMDB 5.375
01/01/1997 a 31/12/2000 Jair Sebastião Amorim PMDB Aurino Algemiro Teixeira PMDB 4.354
01/01/2001 a 31/12/2004 Jair Sebastião Amorim PMDB Avelino Farias PMDB 5.728
01/01/2005 a 31/12/2008 Aderbal Manoel dos Santos PP Gilberto Gonçalves Cândido PTB 5.689 [8]
01/01/2009 a 31/12/2012 Aderbal Manoel dos Santos PP Elias Germano Mafeçoli PP 9.413 [9]
01/01/2013 a 30/08/2016 Daniel Netto Cândido PSD Élio Peixer PMDB 8.088 [10]
31/08/2016 a 31/12/2016 Vilmar Francisco Machado (Bá) PP Valdecir José Setti PP Eleição indireta [11]
01/01/2017 a 31/12/2020 Daniel Netto Cândido PSD Pedro Alfredo Ramos PMDB 9.509 [12]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ex-prefeitos de São João Batista». 14 de dezembro de 2016 
  7. «Resultados das Eleições em São João Batista». 15 de dezembro de 2016 
  8. «Eleições municipais em São João Batista SC». 14 de dezembro de 2016 
  9. «Prefeitos reeleitos em Santa Catarina - 2008» (PDF). 14 de dezembro de 2016 
  10. «Eleições Municipais de 2012 em São João Batista-SC» (PDF). 14 de dezembro de 2016 
  11. «Prefeito interino assume em São João Batista». Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  12. «Eleições 2016» (PDF). 14 de dezembro de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.