Garopaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Garopaba
29122005Garopaba 070CapelaMaior.jpg

Bandeira de Garopaba
Brasão de Garopaba
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 19 de dezembro de 1961 (54 anos)
Gentílico garopabense
CEP 88495-000
Prefeito(a) Paulo Sérgio Araújo (PSD)
Localização
Localização de Garopaba
Localização de Garopaba em Santa Catarina
Garopaba está localizado em: Brasil
Garopaba
Localização de Garopaba no Brasil
28° 01' 22" S 48° 36' 46" O28° 01' 22" S 48° 36' 46" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Sul Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião Tubarão IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Imbituba e Paulo Lopes
Distância até a capital 90 km
Características geográficas
Área 114,670 km² [2]
População 18 144 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 158,23 hab./km²
Altitude 18 m
Clima Mesotérmico úmido com verões quentes cFa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,753 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 166 992,349 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 10 073,74 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.garopaba.sc.gov.br/home/

Garopaba é um município brasileiro do litoral sul do estado de Santa Catarina. Limita-se ao sul, com Imbituba, ao norte e a oeste com Paulo Lopes, e a leste com o Oceano Atlântico. O nome da cidade tem origem indígena e significa "enseada de barcos" ou "lugar de barcos". [6]

História[editar | editar código-fonte]

Foram os índios Carijós os primeiros habitantes, que se tem conhecimento, da região. Em 1525, o espanhol Dom Rodrigo de Acuña, aportou o Galeão San Gabriel na Baia de Garopaba para fugir de um temporal.

No ano 1666 surgiu o primeiro povoado, formado por açorianos enviados pelo Império Português, procedentes a maioria da 3ª Ilha dos Açores. Em 1793, foi criada a Armação de São Joaquim de Garopaba. No ano de 1830 é elevada à Freguesia. A Paróquia foi criada por decreto do Governo Imperial, porém sua instalação oficial ocorreu no ano de 1846. Em 1890, com trabalho de mobilização da Freguesia, Garopaba é elevada a Vila, com decreto do Governador Lauro Severino Muller. No dia 08 de Abril do mesmo ano, o Governador nomeia os membros do Conselho da Intendência que dirigira o Município. A instalação só ocorreu no dia 07 de Junho de 1890. A guarda Municipal é criada em 1896. Garopaba foi denominada município somente em 19 de dezembro de 1961, quando deixou de ser Distrito de Palhoça.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 28°01'24" sul e a uma longitude 48°36'48" oeste, estando a uma altitude de 18 metros. Fica a cerca de 90 quilômetros ao sul de Florianópolis, 410 km ao norte de Porto Alegre, 380 km ao sul de Curitiba, 800 km ao sul de São Paulo e 1.200 km ao sul do Rio de Janeiro, 1.470 km ao norte de Buenos Aires (Argentina) e 1.360 km ao norte de Montevidéu (Uruguai). Sua população estimada em 2009 era de 18.399 habitantes.

Economia[editar | editar código-fonte]

As principais atividades econômicas do município são o turismo, a construção civil, a pesca artesanal (principalmente, a pesca da tainha e da anchova) e a agricultura de subsistência. Evidencia-se, também, a pecuária e o comércio. Além de indústrias de confecções, sendo a mais importante a Mormaii.

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cidade recebe aproximadamente 140 mil turistas no verão, a maioria em busca de suas belas praias. Entre suas praias pode-se destacar, a praia da Vigia, Ouvidor, Barra, Ferrugem, Siriú, Gamboa, Silveira, cercada pela Mata Atlântica, onde pode-se observar as baleias francas, e possui também o maior sambaqui do mundo. As praias são ótimas para a prática do surfe, trazendo surfistas do Brasil inteiro para desfrutarem de suas ondas.

No turismo religioso pode-se destacar a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja Matriz de São Joaquim, com característico estilo arquitetônico açoriano. No mês de junho sempre acontece a Quermesse de Garopaba promovida pela Igreja São Joaquim. A festa é realizada na praça central e resgata tradições da cidade além de shows regionais e nacionais.


Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «Untitled Document». www.garopaba.com.br. Consultado em 2016-05-06. 
  7. http://www.garopaba.sc.gov.br/conteudo/?item=24436&fa=3740&PHPSESSID=g5kamege0c8197fpi98ippc9f3

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Garopaba
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.