Sébastien Frey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sébastien Frey
Sébastien Frey
Frey em 2012
Informações pessoais
Nome completo Sébastien Jacques André Frey
Data de nasc. 18 de março de 1980 (42 anos)
Local de nasc. Thonon-les-Bains, França
Altura 1,90 m
destro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição goleiro
Clubes de juventude
Cannes
Clubes profissionais
Anos Clubes
1997–1998
1998–2001
1999–2000
2001–2006
2005–2006
2006–2011
2011–2013
2013–2015
Cannes
Internazionale
Hellas Verona (emp.)
Parma
Fiorentina (emp.)
Fiorentina
Genoa
Bursaspor
Seleção nacional

2004–2008
França Sub-21
França

Sébastien Jacques André Frey (Thonon-les-Bains, 18 de março de 1980) é um ex-futebolista francês que atuava como goleiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo modesto Cannes, da França, estreou na temporada 1997–98, com apenas 17 anos. Já no verão de 1998 foi vendido a Internazionale, pela qual fez sua estreia na Serie A em março de 1999, contra a Sampdoria.

Hellas Verona e Parma[editar | editar código-fonte]

Para não desvalorizar um goleiro talentoso e jovem, a Inter decidiu emprestá-lo ao Hellas Verona para a disputa da temporada seguinte. Após ajudar a equipe de Verona a escapar do rebaixamento, Frey retornou a Internazionale, mas desta vez com a titularidade. Com a contratação de Francesco Toldo junto a Fiorentina, Frey voltou a ser reserva, mas o Parma acertou sua contratação no verão de 2001 para substituir Gianluigi Buffon, contratado pela Juventus. Frey tornou-se titular absoluto no Parma, e com a camisa gialloblù conquistou seu único título em toda carreira: a Copa da Itália de 2001–02. No entanto, o titular na final foi o experiente brasileiro Cláudio Taffarel.[1]

Fiorentina[editar | editar código-fonte]

Em 2005, o seu treinador nos tempos de Verona e Parma, Cesare Prandelli, e recém-chegado a Florença, solicitou a contratação de Frey à direção da Fiorentina. Frey começou muito bem a temporada 2005–06, mas uma lesão grave em janeiro num lance com Marcelo Zalayeta, centroavante da Juventus, o tirou de campo até o fim da temporada, fazendo com que ele fosse substituído por Bogdan Lobonț na equipe da Viola. Na temporada seguinte, Frey recuperou a titularidade e voltou a jogar em alto nível pela Fiorentina.

Genoa[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2011 acertou com o Genoa, substituindo o português Eduardo que havia saído para atuar pelo Benfica.[2]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Sempre destaque em seus clubes, Frey passou por sucessivas pré-convocações e fez parte do grupo da Seleção Francesa que disputou a Euro 2008.[1] No entanto, por receber pouquíssimas chances e pelo fato de Hugo Lloris ter sido escolhido como novo goleiro titular após a competição, Frey aposentou-se da Seleção em agosto de 2008.[3] No total, disputou apenas duas partidas pelos Bleus.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Parma
Prêmios individuais

Referências

  1. a b Arthur Barcelos. «Goleiro seguro, Sébastien Frey é o terceiro jogador estrangeiro com mais partidas pela Serie A». Calciopédia. Consultado em 14 de setembro de 2021 
  2. «Genoa acerta com Sebastién Frey, da Fiorentina». Trivela. 29 de julho de 2011. Consultado em 14 de setembro de 2021 
  3. «Frey anuncia sua despedida da seleção francesa». Trivela. 21 de agosto de 2008. Consultado em 14 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]