Tadeu de Jesus Nogueira Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Juninho
Informações pessoais
Nome completo Tadeu de Jesus Nogueira Júnior
Data de nasc. 9 de julho de 1981 (37 anos)
Local de nasc. Ribeirão Preto, Brasil Brasil
Altura 1,86 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Brasil Batatais
Número
Posição Goleiro
Clubes de juventude
?–1999 Brasil Vitória
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1999–2005
2006
2006
2007
2007
2007–2009
2009
2010
2011
2011–2012
2012
2013
2014–2015
2016
2016
2017–
Brasil Vitória
Brasil Cruzeiro
Brasil Santa Cruz
Brasil América-MG
Brasil América-RN
Brasil Atlético-MG
Brasil Juventude
Brasil Paraná
Brasil Portuguesa
Brasil Grêmio Barueri
Brasil Caxias-RS
Brasil Audax-SP
Brasil Red Bull Brasil
Brasil Operário-PR
Brasil Nacional-SP
Brasil URT
0074 0000(0)
0000 0000(0)
0002 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0072 0000(0)
0027 0000(0)
0041 0000(2)
0003 0000(0)
0049 0000(0)
0006 0000(0)
0019 0000(0)
0057 0000(0)
0014 0000(0)
0001 0000(0)
0009 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 3 de abril de 2017.

Tadeu de Jesus Nogueira Junior, mais conhecido como Juninho ou Luiz Felipe (Ribeirão Preto, 9 de Julho de 1981) é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente joga pelo URT.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juninho começou sua carreira no Vitória, clube que defendeu de 1999 a 2005, conseguindo a titularidade apenas em 2003, quando viveu grande fase, sendo inclusive convocado para a Seleção Brasileira olímpica. Em 2006, devido ao destaque, foi vendido para o Cruzeiro, onde não teve muitas oportunidades. Do Cruzeiro foi para o Santa Cruz, tampouco sendo aproveitado.

Em 2007, se transferiu para o América Mineiro, onde jogou o Campeonato Mineiro de 2007, fazendo grandes atuações, defesas importantíssimas e começava a chamar atenção de grandes times. Com a escassez de gols do América no Campeonato, o time foi rebaixado, o que facilitou a saída de Juninho.

Depois do término do Campeonato Mineiro, foi para o América de Natal, onde jogou por apenas um mês, na reserva. Então se transferiu para o Atlético Mineiro, em 2007, para ser titular. No Campeonato Brasileiro de 2007, Juninho foi titular absoluto, fez grandes atuações e defesas espetaculares, ganhando a vaga.

Em 2008, a história começou a mudar. No Campeonato Mineiro, estava acima do peso, não conseguia dar sequência as suas atuações em 2007. Durante todo o campeonato, ele e o reserva Edson revezaram no gol. O time conseguiu chegar à final do estadual daquele ano, mas na primeira partida da final, contra o Cruzeiro, ,o time tomou 5 gols, e perderam a final.

No Campeonato Brasileiro de 2008, a má fase viria a continuar, Juninho fazia algumas atuações razoáveis, mas nada como no ano anterior. Em outubro, foi descoberto que Juninho tinha uma hérnia de disco, e ele teve de ser operado e ficar um mês afastado dos gramados. Quando voltou, estava acima do peso, mas teve de ser escalado, devido as péssimas atuações de Edson. Depois do término da temporada, Juninho disse que iria abrir mão das férias para treinar e entrar em forma.

Com a chegada do goleiro Aranha no alvinegro, Juninho perdeu seu espaço. Dispensado em junho, assinou com o Juventude, e, no seu jogo de estreia, defendeu um pênalti. Naquele ano, o Juventude passava por dificuldades dentro do campeonato e o goleiro tampouco se destacou com o decorrer do certame, sendo dispensado após não conseguir evitar o rebaixamento do clube gaúcho.

Em 2010, assinou com o Paraná, onde foi titular na disputa da Série B, sendo um dos grandes destaques do Tricolor na temporada de 2010, tendo inclusive marcado dois gols de pênalti. Ao final do ano, optou por deixar o clube para ficar perto de sua familia.

Para a temporada de 2011, foi contratado pela Portuguesa, onde não teve muitas chances no time titular, indo assim para o Grêmio Barueri.

Em julho de 2012 foi anunciado como novo reforço do Caxias-RS para a disputa da Série C 2012.

Em dezembro de 2012, acertou para 2013, com o Audax-SP, foi repassado ao Audax-RJ por questão familiar.

Em dezembro de 2013, acertou para 2014, com o Red Bull Brasil.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Vitória
Cruzeiro
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.