Thiago Humberto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thiago Humberto
Informações pessoais
Nome completo Thiago Humberto Gomes
Data de nasc. 6 de julho de 1985 (30 anos)
Local de nasc. Lins (SP),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,83 m
Canhoto
Apelido Taquara, Maestro Alvinegro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Linense
Número 8
Posição Meia
Clubes de juventude
20052006 Brasil Grêmio Barueri
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20052009
20102013
2010
2011
2012
2012
2013
2014
2014
2015
2015
Brasil Grêmio Barueri
Brasil Internacional
Brasil Vitória (emp.)
Brasil Ceará (emp.)
Brasil Goiás (emp.)
Brasil América Mineiro (emp.)
Brasil Ceará
Brasil Criciúma
Brasil Paraná
Brasil Novo Hamburgo
Brasil Linense
0094 0000(24)
0015 00000(2)
0008 00000(1)
0044 0000(11)
0026 00000(3)
0008 00000(1)
0007 00000(0)
0004 00000(0)
0013 00000(1)
0013 00000(8)
0019 0000(11)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 30 de novembro de 2015.

Thiago Humberto Gomes, mais conhecido como Thiago Humberto (Lins, 6 de julho de 1985), é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente, está no Linense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Oriundo das categorias de base do Barueri, foi uma das revelações da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2006.[1]

No fim de 2009, após um bom Campeonato Brasileiro, o atacante foi contratado pelo Sport Club Internacional, jogando no clube gaúcho a partir de 2010.

Em 15 de julho de 2010 ele acerta sua ida por empréstimo ao Vitória.[2] O jogador estreia em 1 de agosto, contra o Botafogo, num jogo em que o Vitória poupava vários titulares. Thiago vestiu a camisa 10 e viu sua equipe ser derrotada por 3 a 1.

Com seu pouquíssimo aproveitamento entre os titulares do rubro-negro baiano, ele acaba sendo devolvido antes mesmo do término do Brasileirão.[3]

No dia 03 de março de 2011 o jogador é emprestado ao Ceará, onde jogou até dezembro de 2011, mas acabou não renovando com o clube da capital cearense e voltou ao Internacional.

Em Janeiro de 2012 Thiago é contratado pelo Goiás, por empréstimo de um ano, entretanto, no meio de 2012, ele é negociado com o América Mineiro, também por empréstimo, onde fica por algum tempo.

No começo do segundo semestre de 2013 o atleta rescinde seu contrato com o Internacional e acerta sua volta ao Ceará.[4] Em setembro, já com a documentação regularizada, depois de 2 dias treinando, ele se machuca.[5] O jogador é dispensado logo após o fracasso do Ceará ao não conquistar o almejado acesso.[6]

Em 30 de dezembro de 2013, acerta, por um ano, com o Criciúma.[7] Pouco tempo depois o atleta tem seu contrato rescindido, após mal desempenho no Campeonato Catarinense, e, juntamente com outros 4 jogadores.[8]

No começo de maio de 2014 ele acerta com o Paraná.[9] Depois de algum tempo, ele acaba deixando o clube paranaense, alegando não ter recebido vários meses de salários.[10]

Logo no começo de 2015 o jogador acerta com o Novo Hamburgo, clube do interior gaúcho, para disputar o campeonato estadual.[11]

No dia 14 de julho de 2015, o atleta acerta com o time de sua cidade-natal, o Linense, para a disputa da Copa Paulista, um contrato que pode ser prorrogado para o Paulistão de 2016.[12] [13]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Barueri
Ceará
Goiás
Linense

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.