Tyrrell 019

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tyrrell 019
Tyrrell 019 (cropped version).jpg
Visão Geral
Produção 1990
Fabricante Tyrrell
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Harvey Postlethwaite
Jean-Claude Migeot
Ficha técnica
Motor Ford Cosworth DFR V8
Transmissão Hewland 6 velocidades manuais
Dimensões
Peso 510 kg
Cronologia
Último
Tyrrell 018
Tyrrell 020
Próximo

O 019 é o modelo utilizado da Tyrrell na temporada de 1990 a partir do GP de San Marino de Fórmula 1. Condutores: Satoru Nakajima e Jean Alesi.

Baseado no modelo 018 do ano anterior, introduziu um avanço em aerodinâmica que foi copiado depois por todas as equipes: o bico elevado, que muitos consideraram derivado do caça-bombardeiro americano F4U Corsair, da Segunda Guerra Mundial, devido ao ângulo da raiz do aerofólio dianteiro; mas o caça tinha este mesmo ângulo nas asas para afastar o disco de seu hélice do solo sem ter que usar um trem de pouso maior; no caso do Tyrrell, o nariz foi elevado para criar um "túnel" entre a frente e a traseira do pneu dianteiro, diminuindo a restrição ao fluxo de ar e consequentemente diminuindo o arrasto aerodinâmico; o ângulo da raiz do aerofólio devolvia o mesmo à altura em que aproveitava mais o efeito solo. Na aparência, o bico do modelo 019 tinha o apelido de "bigode".[1]

Os pneus dianteiros dos Fórmula 1 anteriores eram responsáveis por 80% do arrasto aerodinâmico total do veículo, o que levava a limitação de sua largura e da força de aderência, criando aquele comportamento superesterçante que podia ser claramente observado nas saídas de curva, com a clássica rabeada em que apenas os pneus traseiros se apoiavam nas zebras. Com a inovação introduzida no Tyrrell 019, logo copiada pelos outros construtores, os pneus dianteiros ganharam largura maior, os carros tornaram-se mais equilibrados e passaram a ser pilotados quase como um "Stock Car". Também houve um ganho na eficiência das asas, e as velocidades médias cresceram, aumentando o consumo, o que levou a tática de reabastecimento do carro-tudo isso devido à elevação do bico. http://f1-facts.com/overview/product/2567 Monte Carlo 1990

Resultados[2][editar | editar código-fonte]

(legenda)

Ano Chassi Motor Pneus Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Pontos Posição
USA BRA SMR MON CAN MEX FRA GBR GER HUN BEL ITA POR SPA JAP AUS
1990 019 Ford Cosworth
DFR V8
P 3 Japão Satoru Nakajima Ret Ret 11 Ret Ret Ret Ret Ret Ret 6 DNS Ret 6 Ret 91
(16)
4 França Jean Alesi 6 2 Ret 7 Ret 8 11 Ret 8 Ret 8 Ret DNS 8

↑1 A primeira e a segunda prova utilizou o chassi 018 marcando 7 pontos (16 no total).

Referências

  1. «Darth Vader, bule e tubarão: bicos do passado também renderam apelidos». globoesporte.globo.com. Consultado em 11 de março de 2014. 
  2. «Tyrrell 019» (em inglês). STATS F1. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.