Um Cântico para Leibowitz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Canticle for Leibowitz
Autor (es) Walter M. Miller, Jr.
Idioma Inglês
País Estados Unidos
Assunto ficção científica, religião, pós-apocalíptico
Tradutor Maria da Glória de Souza Reis
Editora J. B. Lippincott & Co.
Lançamento 1960
Páginas 320
Cronologia
Último
Último
Saint Leibowitz and the Wild Horse Woman
Próximo
Próximo

Um Cântico para Leibowitz (A Canticle for Leibowitz) é um romance pós-apocalíptico do escritor americano Walter M. Miller, Jr.. Foi publicado em 1960, e é um dos livros de ficção científica mais traduzidos para outros idiomas[carece de fontes?].

A ação passa-se num mosteiro católico localizado num deserto do que em tempos fizera parte do território dos Estados Unidos, depois de uma Guerra Nuclear, que praticamente destruiu a a humanidade. A história desenvolve-se em três períodos separados por vários séculos, à medida que a civilização é reconstruída.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Os monges do mosteiro pertencentes à ficcional Ordem Albertiana de Leibowitz têm a função de preservar o que resta do conhecimento científico, através da recolha e cópia do pouco material escrito que escapou a um episódio apelidado de de "Simplificação". Este episódio consistiu na revolta contra a Ciência que levou à criação das bombas nucleares e à guerra nuclear. Assim, praticamente tudo que era palavra escrita foi destruído e praticamente todos os letrados foram mortos. A iliteracia foi promovida e o uso da palavra "simplório" passou a ser usado com orgulho.



Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.