Urucará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Urucará
"Princesinha do Baixo Amazonas"
Bandeira indisponível
Brasão de Urucará
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 12 de maio de 1887 (130 anos)
Gentílico urucaraense
Prefeito(a) Enrico de Souza Falabella (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Urucará
Localização de Urucará no Amazonas
Urucará está localizado em: Brasil
Urucará
Localização de Urucará no Brasil
02° 32' 09" S 57° 45' 36" O02° 32' 09" S 57° 45' 36" O
Unidade federativa  Amazonas
Mesorregião Centro Amazonense IBGE/2008[1]
Microrregião Parintins IBGE/2008[1]
Região metropolitana -
Municípios limítrofes Oeste: Presidente Figueiredo e São Sebastião do Uatumã;
Norte: São João da Baliza (Roraima);
Leste: Nhamundá;
Sudoeste: Silves e Itacoatiara;
Sul: Urucurituba.
Distância até a capital 281 km
Características geográficas
Área 27 904,858 km² [2]
População 17 065 hab. estimativa populacional - IBGE/2016[3]
Densidade 0,61 hab./km²
Clima equatorial quente úmido
Fuso horário UTC-4
Indicadores
IDH-M 0,62 médio PNUD/2010 [4]
PIB R$ 257 019 mil IBGE/2013[5]
PIB per capita R$ 14 799,29 IBGE/2013[5]
Página oficial

Urucará é um município brasileiro do interior do estado do Amazonas, Região Norte do país. Pertencente à Mesorregião do Centro Amazonense e Microrregião de Parintins, está situado ao leste de Manaus, capital do estado. Sua população, de acordo com estimativas de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 17 065 habitantes.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Denominação de “Urucará”, provém da fusão de dois vocábulos indígenas: “Uru” e “Cará”, que significam respectivamente “cesto de palha” e “inhame”.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Situado na Região do Baixo Amazonas. Distante de Manaus por 270 km em linha reta e 281 por via fluvial. Sua população estimada em 2009 era de 15.780 habitantes. Localizada na 9ª sub-região Baixo Amazonas, Urucará está a 27 m acima do nível do mar, e sua temperatura média anual gira em torno de 30 °C. Seus 15.780 habitantes (dados de 2009) distribuem-se por 27.905 km² de área. Limita-se com os municípios de: Nhamundá, Urucurituba, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Presidente Figueiredo, Itacoatiara e Silves.

Esportes[editar | editar código-fonte]

O município tem um torneio distrital muito bem concorrido, seus maiores clubes de futebol são União Esportiva Católica e Urucará Atlético Clube,Juventus Futebol Clube, os torneios relacionados a futebol são disputados no Estádio Municipal Pedro Falabella, o chamado de "Falabelão". FLERS Esporte Clube dos professores da Escola Sheila no Comprido.

Para outros esportes o múnicipio contra com dois Ginásio Poliesportivo, que servem também para eventos, um no bairro de São Pedro e outro no Distrito do Catanhal.

O município sempre se destaca em competições regionais, como a Copa dos Rios, que é o principal torneio entre seleções municipais do Amazonas; além disso, o Município é um dos mais representativos do Polo nos Jogos Escolares do Amazonas(JEA'S).

Sócial e Cultura[editar | editar código-fonte]

O município tem na sua parte cultural o Festival Urucaraense de quadrilhas, que conta com a participação de quatro agremiações e é disputada na Quadra de Esportes e Lazer do Bairro de Santa Luzia.

Campeãs do torneio de Cirandas
  • 2012 - Contradança

Neste mesmo local é organizado festivais de música e escolares do múnicipio.

Escolas[editar | editar código-fonte]

Na sede o múnicipio conta com as seguintes escolas:

  • Escola Estadual Ramalho Junior
  • Escola Estadual Professor Lazaro Ramos
  • Escola Estadual Balbina Mestrinho(GM3)
  • Escola Municipal Reunidos do Tio Pedro
  • Escola Munipal Felisbela Paes
  • Escola Municipal Nilo Canto da Silva

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Bairros

O primeiro bairro criado em Urucará foi o Centro Histórico. Somente a partir daí as demais áreas da cidade passaram a receber ocupação humana, com a chegada de migrantes e pessoas vindas de outras regiões do Brasil, principalmente do Nordeste.

O Castanhal é uma comunidade do município brasileiro de Urucará, no estado do Amazonas.[6]

Economia[editar | editar código-fonte]

Sua produção agrícola é baseada no cultivo de mandioca, cacau, maracujá, banana, guaraná, milho e feijão.

O município de Urucará se destaca na produtividade do guaraná em relação às demais localidades produtoras no Estado por produzir guaraná com certificação internacional. Urucará desponta como pioneiro na cultura do guaraná certificado organicamente na região Norte e que possivelmente seja o único do Brasil a partir do momento que a cultura do guaraná, para fins comerciais, é quase essencialmente no Amazonas.Das 9 toneladas de guaraná orgânico produzido em Urucará, safra 2006/2007, 80% foi exportada para o exterior, principalmente para países como França, Itália Alemanha.

A pecuária é representada principalmente por criação e rebanhos bovinos e suínos, com produção de carne e de leite destinada ao consumo local.

A pesca é praticada de forma artesanal.

Destaca-se na extração de palha branca, cipó titica, madeirae o artesanato cerâmica que é exportada principalmente para Itália.

No município à exploração do calcário agrícola há quase três décadas na mina de Jatapu. Com uma reserva estimada inicialmente em 1,7 milhão de toneladas do minério nos tipos empregados na agricultura, a mina tem potencial para tornar o Estado do Amazonas autossuficiente na produção para o consumo interno e convertê-lo em um dos principais polos de comercialização para o mercado brasileiro. Em Urucará encontram-se também grandes reservas minerais de cassiterita e bauxita.

Cultura e sociedade[editar | editar código-fonte]

Festas populares[editar | editar código-fonte]

São cinco as festas populares realizadas em Urucará, a saber: Festa da padroeira Sant'Ana (realizada em julho), Festa do aniversário da cidade (12 de maio), Festa do Divino Espírito Santo (maio e junho), Festival de Quadrilha de Urucará (julho), Festa de Nossa Senhora de Aparecida (3 a 12 de outubro).

Datas[editar | editar código-fonte]

Prefeitos de Urucará[editar | editar código-fonte]

  • 2017-2020 - Enrico Falabella
  • 2013-2016 - Felipe "Cabeça Branca"
  • 2008-2012 - Fernando Falabella
  • 2004-2008 - Taumaturgo Coelho
  • 2000-2004 - Pedro Falabella(renunciou), Aurimar Terço, Munguba.
  • 1996-2000 - Pedro Falabella
  • 1992-1996 - Renato Libório

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativas da população residente no Brasil e Unidades da Federação com data de referência em 1 de julho de 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 12 de setembro de 2016. Consultado em 12 de setembro de 2016 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 9 de setembro de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010-2013». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 19 de dezembro de 2015 
  6. Instituto de Terras do Amazonas (nd). «Atividade do Iteam em Urucará». sítio iteam.am.gov.br. Consultado em 29 de Janeiro de 2013