William J. Duane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
William J. Duane
11º Secretário do Tesouro dos Estados Unidos
Período 29 de maio de 1833
a 22 de setembro de 1833
Presidente Andrew Jackson
Antecessor Louis McLane
Sucessor Roger B. Taney
Dados pessoais
Nome completo William John Duane
Nascimento 9 de maio de 1790
Clonmel, Munster,  Reino Unido
Morte 27 de setembro de 1865 (75 anos)
Filadélfia, Pensilvânia,
 Estados Unidos
Esposa Deborah Blanche (1805–1863)
Partido Democrata-Republicano (1809–1828)
Democrata (1828–1865)
Profissão Diagramador
Advogado

William John Duane (Clonmel, 9 de maio de 1790Filadélfia, 27 de setembro de 1865) foi um diagramador, advogado e político irlandês-americano dos partidos Democrata-Republicano e Democrata.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Duane nasceu em Clonmel na Irlanda, vindo para os Estados Unidos com sua família e arranjando um emprego no jornal True Believer da Filadélfia como diagramador. Seu pai acabou tornando-se editor do Aurora e Duane trabalhou como diagramador lá até 1806. Durante essa época ele acompanhou debates políticos locais e começou a se interessar no assunto.[1]

Foi eleito em 1809 para a Câmara dos Representantes da Pensilvânia, porém perdeu a reeleição no ano seguinte. Ele deixou o ramo jornalístico e passou a estudar direito, voltando em 1812 como a legislatura estadual. Duane entrou na ordem dos advogados em 1815, porém perdeu sua reeleição para deputado estadual e uma candidatura para o Congresso.[1]

Duane teve outra candidatura mal-sucedida para legislatura estadual em 1817, porém venceu em 1819. No ano seguinte tornou-se procurador da corte do prefeito da Filadélfia. Ele recusou em 1824 outra chance de tentar chegar ao Congresso, escolhendo em vez disso fazer parte do Comitê Democrático da Filadélfia de Correspondência. Duane foi nomeado em 1829 pelo presidente Andrew Jackson como comissário diplomático na Dinamarca.[1]

Ele foi nomeado Secretário do Tesouro por Jackson em maio de 1833, quando surgiu um conflito sobre a eficácia de um banco nacional. Duane concordava com o presidente que um banco nacional não deveria ser uma forte presença nos Estados Unidos, porém discordou que dinheiro público deveria ser transferido para bancos estaduais. Ele renunciou por isso três meses depois, voltando a praticar direito na Filadélfia e morrendo em 1865.[1]

Referências

  1. a b c d «William J. Duane (1833 -1833)». Centro Miller. Consultado em 19 de maio de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.