George W. Campbell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
George W. Campbell
Senador pelo Tennessee
Período 10 de outubro de 1815
a 20 de abril de 1818
Antecessor Joseph Anderson
Sucessor John Eaton
Secretário do Tesouro dos Estados Unidos
Período 9 de fevereiro de 1814
a 5 de outubro de 1814
Presidente James Madison
Antecessor Albert Gallatin
Sucessor Alexander J. Dallas
Senador pelo Tennessee
Período 8 de outubro de 1811
a 11 de fevereiro de 1814
Antecessor Jenkin Whiteside
Sucessor Jesse Wharton
Membro da Câmara dos Representantes
pelo 2º distrito do Tennessee
Período 4 de março de 1805
a 4 de março de 1809
Sucessor Robert Weakley
Membro da Câmara dos Representantes
pelo Grande distrito do Tennessee
Período 4 de março de 1803
a 4 de março de 1805
Dados pessoais
Nome completo George Washington Campbell
Nascimento 9 de fevereiro de 1769
Tongue, Sutherland, Escócia,
 Grã-Bretanha
Morte 17 de fevereiro de 1848 (79 anos)
Nashville, Tennessee,
Estados Unidos
Alma mater Faculdade de Nova Jérsei
Esposa Harriot Stoddert
Partido Democrata-Republicano
Profissão Advogado

George Washington Campbell (Tongue, 9 de fevereiro de 1769Nashville, 17 de fevereiro de 1848) foi um advogado e político anglo-americano do Partido Democrata-Republicano

Biografia[editar | editar código-fonte]

Campbell nasceu no dia 9 de fevereiro de 1769 em Tongue, Sutherland, Escócia, imigrando para a América Britânica em 1772 junto com sua família. Ele estudou na Faculdade de Nova Jérsei e formou-se em 1794, sendo admitido na ordem dos advogados e começando a praticar direito em uma firma própria estabelecida em Knoxville, Tennessee.[1]

Campbell começou sua carreira política em 1803 como membro da Câmara dos Representantes pelo Tennessee, servindo até 1809 e durante um período como presidente do Comitê de Formas e Meios. Ele retornou ao Tennessee e atuou até 1811 como juiz da Suprema Corte de Erros e Apelações, sendo então eleito senador.[1]

O presidente James Madison o nomeou em 1814 como Secretário do Tesouro. As economias do país estavam em péssimo estado por causa da Guerra de 1812 e o fim do alvará do Primeiro Banco dos Estados Unidos. Campbell precisou vender títulos do governo para financiar o esforço de guerra, porém enfrentou dificuldades em gerar entusiasmo na população. Ele renunciou depois de apenas sete meses alegando problemas de saúde.[1]

Campbell voltou para o Senado em 1815 e permaneceu até 1818, servindo como presidente do Comitê de Finanças. Ele renunciou do Congresso e aceitou uma oferta do presidente James Monroe de tornar-se embaixador na Rússia. Três de seus filhos morreram de tifo e Campbell recebeu permissão em 1820 de voltar para casa.[1]

Ele aposentou-se da política permanentemente ao retornar da Rússia. Campbell voltou a praticar direito em 1835 depois de tê-lo abandonado em 1802 antes de entrar no Congresso, continuando a trabalhar até morrer aos 79 anos de idade em Nashville no dia 17 de fevereiro de 1848.[1]

Referências

  1. a b c d e «George W. Campbell (1814)». Centro Miller. Consultado em 6 de abril de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.