(143649) 2003 QQ47

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
2003 QQ47
Título a ser usado para criar uma ligação interna é (143649) 2003 QQ47.
QQ47
Número 2003
Data da descoberta 24 de Agosto de 2003
Categoria Apollo
Elementos orbitais
Excentricidade 0,187
Período orbital 413,057 d (1,13 a)
Velocidade orbital 28,34 km/s
Inclinação 62,102º
Características físicas
Dimensões 1,24 km
Massa 2,0×1012 kg
Densidade média 2,0 g/cm3
Gravidade à superfície 0,0003 m/s2
Velocidade de escape 0,0007 km/s
Magnitude absoluta 11,16
Temperatura -6,15 ºC

2003 QQ47 (também escrito 2003 QQ47) é um asteróide rochoso que ficou famoso após a sua descoberta, no final de agosto de 2003, quando a mídia veiculou um relatório preliminar apontando que este tem uma chance em 250 mil de colidir com a Terra em 21 de março de 2014. Um porta-voz da NASA declarou

"O asteróide 2003 QQ47 recentemente descoberto recebeu uma atenção considerável da mídia nos últimos dias por ter uma pequena chance de colidir com a Terra no ano 2014 e recebeu uma avaliação "1" na Escala de Turim, que vai de 0 a 10. As probabilidades de colisão em 2014, conforme estimativas do sistema de monitoramento de impacto Sentry do JPL, tiveram um pico de 1 chance em 250.000, um resultado que foi publicado na Impact Risk Page no sábado, 30 de agosto de 2003. Eventos de impacto no nível 1 da Escala de Turim certamente merecem monitoramento por astrônomos, mas estes eventos não merecem a preocupação do público. De fato, a cada ano vários asteróides são descobertos e atingem o nível 1 da Escala de Torino logo após a descoberta. O 2003 QQ47 é o quarto deste tipo este ano.
Em 2 de setembro de 2003, novas leituras da posição do 2003 QQ47 permitiram traçar com mais precisão o caminho previsto para 2014, e assim pudemos descartar qualquer possibilidade de impacto para 2014."[1]

O 2003 QQ47 possui um diâmetro aproximado de 1,24 km, e uma massa de aproximadamente 2,0×1012kg. Se ele atingisse a Terra, seria um evento de extinção, com energia aproximada de 350.000 megatons de TNT (1.5 ZJ), o suficiente para causar danos globais.

A Dra. Sara Russell, uma pesquisadora de meteoritos no Museu Natural de História de Londres, falou à BBC que ela não tinha nenhuma preocupação que o 2003 QQ47 viesse a se tornar perigoso.

"As chances são muito, muito baixas... É preciso manter as coisas em perspectiva," disse ela.


Como resultado desta cobertura da imprensa de asteróides como o 2003 QQ47, os astrônomos estão planejando usar outros termos na escala de Turim, ou abandoná-la completamente em favor de uma escala que gere menos falsos alarmes que poderiam reduzir a confiança do público em alertas genuínos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências