Acidente ferroviário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Acidente ferroviário é o que envolve um ou mais trens durante sua operação em ferrovias.

Alguns acidentes ferroviários são causados por:

  • Descarrilamento, quando um ou mais rodeiros (ou truques) saem dos trilhos.
  • Colisão entre trens, automóveis (em passagens de nível) e ou edificações (após descarrilamento)
  • Incêndio
  • Explosão de caldeira (no caso de locomotivas a vapor)
  • Colapso estrutural de pontes, túneis, via permanente (erosão do solo, deslizamentos de terra,etc)
  • Fadiga estrutural de trilhos, rodas e demais equipamentos.
  • Falhas de equipamentos de sinalização
  • Falha humana
  • Sempre que ocorram danos materiais e/ou humanos é um acidente. Quando assim não for trata-se de um incidente.

Os 10 piores acidentes do mundo[editar | editar código-fonte]

Os piores acidentes ferroviários no mundo
Posição Número de mortos Local Data Tipo de ocorrência
c.1700
Sri Lanka Peraliya 26 de dezembro de 2004 Descarrilamento após terremoto
c. 800
Índia Rio Bagmati 6 de abril de 1981 Descarrilamento e queda no rio após um ciclone, falha de freios
c. c.600 / c.1000
Roménia Ciurea 13 de janeiro de 1917 Falha no sistema de freios provoca descarrilamento, colisão e incêndio .
575
Rússia Asha 4 de junho de 1989 explosão de gasoduto próx. Transiberiana atinge 2 trens
540
França Modane 12 de dezembro de 1917 Descarrilamento de um trem militar na entrada do túnel de Fréjus
521
Itália Balvano - 3 de março de 1944 Intoxicação por monóxido de carbono após pane de trem no túnel Armi
500
Espanha Torre del Bierzo 16 de janeiro de 1944 [1] Colisão em túnel e incêndio[2]
428[3]
Etiópia Awash, Afar 13 de janeiro de 1985 Descarrilamento e queda em desfiladeiro
383
Egito entre Cairo e Luxor 20 de fevereiro de 2002 Incêndio a bordo
10º
c.350[3]
Índia Nova Delhi 20 de agosto de 1995 colisão entre 2 trens

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Os piores acidentes ferroviários no Brasil
Posição Número de mortos Local Data Tipo de ocorrência
c. 185
Bandeira de Sergipe.svg Aracaju 7 de março de 1946 Descarrilamento por excesso de velocidade [2] [4]
128/140
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Estação Mangueira, Rio de Janeiro[1] 8 de maio de 1958 Colisão entre dois trens elétricos[2] [4]
c.119 [2]
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Anchieta, Rio de Janeiro
[1] [5]
4 de março de 1952 Descarrilamento por quebra de trilho [2] ocasiona choque entre trem de carga e de passageiros
c. 110
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Tanguá [6] 6 de abril de 1950 Descarrilamento após queda de ponte
c. 68
Bandeira do Rio Grande do Sul.svgEstação Fanfa - Triunfo 26 de janeiro de 1968 Choque entre trem cargueiro de 689t com trem misto (passageiros e carga), após trem cargueiro não respeitar sinalização.[7]
c. 58
Bandeira do estado de São Paulo.svg Itaquera, São Paulo 17 de fevereiro de 1987 Choque entre trens de passageiros após um deles não respeitar sinal semafórico de pare[5]
54
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Nova Iguaçu[2] 7 de junho de 1951 Choque entre trem e caminhão tanque em passagem de nível
53
Bandeira do Ceará.svg Piquet Carneiro 17 de dezembro de 1951 Descarrilamento por excesso de velocidade [2] [4] [8] [9]
50
Bandeira do estado de São Paulo.svgEstação Engº Goulart , São Paulo[10] 5 de junho de 1959 Choque entre trens de passageiros após um deles ser autorizado a partir por engano
10º
40 /46?
Bandeira de Minas Gerais.svgAntonio Carlos[11] 19 de dezembro de 1938 Choque entre um trem de passageiros e outro de cargas. Entre os mortos, o jovem escoteiro Caio Martins

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Os piores acidentes ferroviários de Portugal
Posição Número de mortos Local Data Tipo de ocorrência
+ 120
Pt-mgl3.png Maceira Dão/Alcafache 11 de setembro de 1985 Choque entre comboios de passageiros em via única após um deles ser autorizado a partir por engano.[12] .
94/102
Pt-mts3.png Custóias [1] 26 de julho de 1964 Descarrilamento reboque e embate contra ponte após desengate do mesmo[13]
52
Pt-csc1.png Linha de Cascais 31 de março de 1952 Desmoronamento de terras sobre a ferrovia.
34
Pt-odm1.png Saboia (Odemira) 13 de setembro de 1954 Descarrilamento de comboio na Linha do Sul entre o apeadeiro de Pereiras e a estação de Santa Clara – Sabóia
17
Pt-prdrc3.png Recarei 26 de abril de 1984 Colisão em passagem de nível entre comboio e autocarro nas proximidades do apeadeiro de Recarei-Sobreira.
14
Pt-lsb1.png Póvoa de Santa Iria 5 de maio de 1986 Colisão entre 2 comboios na estação da Póvoa

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]