Arquidiocese de Maputo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Maputo
Archidiœcesis Maputensis
Localização
País Moçambique
Dioceses Sufragâneas Diocese de Inhambane
Diocese de Xai-Xai
Estatísticas
Área 25 238 km²
Informação
Rito Romano
Criação da Diocese 21 de janeiro de 1612
Elevação a Arquidiocese 4 de setembro de 1940
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Francisco Chimoio
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos

A Arquidiocese de Maputo (Archidiœcesis Maputensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica situada em Maputo, em Moçambique. É descendente da Administração Apostólica de Moçambique, eregida em 1612. Seu atual arcebispo é Dom Francisco Chimoio, O.F.M. Cap. e sua é a Catedral Metropolitana de Nossa Senhora de Conceição.

História[editar | editar código-fonte]

Estabelecida como Administração apostólica, foi desmembrada da Diocese de São Tomé, em 1612. Foi ligada à Arquidiocese de Goa. Em 1783, tornou-se uma prelatura, até 1940, quando foi elevada à Arquidiocese, como Arquidiocese de Lourenço Marques, ligada ao Patriarcado de Lisboa. Em 1976, seguindo as mudanças de nomes ocorridas nas localidades moçambicanas, após a independência de Portugal, a Arquidiocese teve seu nome alterado para o atual.

Episcopados[editar | editar código-fonte]

Bispos-prelados[editar | editar código-fonte]

Arcebispos[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]


Bandeira do Vaticano Arquidioceses e Dioceses de Moçambique Bandeira de Moçambique

Beira | Maputo | Nampula
Chimoio | Gurué | Inhambane | Lichinga | Nacala | Pemba | Quelimane | Tete | Xai-Xai