Basílica do Bom Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Basílica do Bom Jesus
Estilo dominante Maneirista
Arquiteto Júlio Simão
Início da construção 1594
Fim da construção 1605
Religião Católica
Diocese Arquidiocese de Goa e Damão
Ano de consagração 15 de maio de 1605
Arcebispo Filipe Neri Ferrão
Geografia
País  Índia
Cidade Goa Velha
Endereço Região das Igrejas e Conventos
Coordenadas 15° 30' 02.791" N 73° 54' 43.989" E

A Basílica do Bom Jesus (em concani Borea Jezuchi Bajilika) é uma Basílica Menor, situado em Goa Velha, na Índia. É uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo e faz parte do conjunto arquitetônico de Igrejas e Conventos de Goa, Patrimônio da Humanidade pela Unesco, sendo um dos melhores exemplos da arquitetura de origem europeia no país. Foi construída entre 1594 e 1605, uma obra considerada rápida para os padrões da época[1] . Em seu interior repousa o corpo de São Francisco Xavier, considerado O Apóstolo do Oriente.

História[editar | editar código-fonte]

Os trabalhos de construção iniciaram-se em 1594, por ordem do capitão de Cochim e Ormuz, Dom Jerónimo de Mascarenhas, sendo a Igreja consagrada em 15 de maio de 1605, pelo Arcebispo de Goa Dom Frei Aleixo de Meneses[2] . Em 2 de dezembro de 1637, o corpo de São Francisco Xavier foi transferido para a Basílica, onde está até hoje.

Em 1946, tornou-se a primeira basílica da Índia[3] . Nos dias atuais, ainda há peregrinações ao local, para visitas ao túmulo d'O Apóstolo do Oriente.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

A estrutura do edifício segue um estilo maneirista derivado da escola de Sebastiano Serlio, com rica ornamentação projetada por Júlio Simão (atribuição) e realizada sob a inspiração do Maneirismo nórdico, "à moda flamenga", como referiu Vítor Serrão.[4]

Construído em laterite, seu piso é em mármore e incrustada com pedras preciosas. Há várias pinturas ilustrando a vida de São Francisco Xavier, e o altar é dedicado a Santo Inácio de Loiola, companheiro de São Francisco Xavier nas missões no Oriente.

Seu desenho foi inspirado da Igreja de São Paulo de Macau, atualmente em ruínas. As colunas são um conjunto de características jônicas, dóricas e coríntias. O andar térreo tem três portais, acima deles são três longas janelas e no segundo andar são três janelas circulares. A maior parte da fachada superior forma um quadrilátero esculpido em basalto para formar um medalhão ilustrando o emblema da Companhia de Jesus.

Santuário[editar | editar código-fonte]

O Mausoléu onde atualmente descansa o corpo de São Francisco Xavier é de 1696, oferta de Cosme III, Grão-duque da Toscana, membro da Família Médici, num projeto do escultor Giovanni Battista Foggini. A tumba é feita em prata adornada.[4]

Suas relíquias, por questão de segurança, são apresentadas apenas a cada 10 anos, e a última apresentação ocorreu entre 22 de novembro de 2014 e 4 de janeiro de 2015.[5] [6] [7]

Galeria[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Basílica do Bom Jesus

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]