Betacam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Betacam
Tipo de mídia
fita magnética

Betacam

Videoteipe Betacam.
Codificação NTSC, PAL, Vídeo de alta definição
Mecanismo de leitura varredura helicoidal
Mecanismo de escrita varredura helicoidal
Padrão varredura entrelaçada, varredura progressiva
Desenvolvido por Sony

Betacam é uma família de formatos de videoteipes profissionais de meia polegada (1/2") criada pela Sony em 1982.
Todos os formatos utilizam o mesmo tipo de fita magnética, que é o que define a Betacam, com a mesma largura e forma de fita. Suas distintas variantes o tornam um sistema altamente compatível e com uma ampla evolução. Os videoteipes Betacam têm dois tamanhos diferentes: "S" (do inglês small, pequeno) e "L" (do inglês large, grande). Porém, as câmeras Betacam suportam apenas o tamanho "S", enquanto que os aparelhos de videocassete suportam ambos os formatos. Os cassetes e caixas possuem cores diferentes, dependendo do formato específico em questão. Betacam incorpora uma chave mecânica que permite ao aparelho de videocassete identificar a que sistema pertence a fita inserida nele.

Variantes do Betacam[1] [editar | editar código-fonte]

Betacam Digital
Betacam SX
HDCAM
HDCAM SR

Betacam (1982)[editar | editar código-fonte]

Introduzido em 1982 pela Sony, com uma linha de câmeras e um leitor de fitas, alcançou um rápido sucesso devido à sua qualidade de imagem e também com o lançamento das primeiras camcorders, câmeras que uniam as funções de captar e registrar as imagens. As fitas Betacam tinham sua estrutura semelhante às fitas Betamax. Tanto que um fita virgem de um formato podia ser utilizado para gravar no outro formato. Prática que mais tarde foi desencorajada pela Sony, devido às diferenças na composição interna dos tapes Betamax, que não eram apropriados para as velocidades mais altas de gravação do sistema Betacam.

Betacam SP (1986)[editar | editar código-fonte]

Possuía uma maior quantidade de linhas de resolução (500 linhas) e fitas revestidas com partículas de metal Alumina-Silica, gerando uma qualidade de imagem superior.

Betacam Digital (1993)[editar | editar código-fonte]

Conhecida internacionalmente como Digital Betacam e também como Digibeta, D-Beta, DBC ou Digi, o formato foi lançado em 1993, como uma evolução ao formato Betacam SP. Entre algumas das suas principais vantagens estavam:

  • a qualidade de imagem superior aos formatos DVCam e DVCPro, introduzidos quase na mesma época;
  • a introdução da conexão SDI em alguns dos seus equipamentos, para a captura em sinal digital;
  • e também a retrocompatibilidade de alguns dos seus equipamentos com os formatos Betacam e Betacam SP.

As imagens eram gravadas em sinal de vídeo componente YUV de 10bit com compressão de imagem 4:2:2, nas resoluções 720x576 (PAL) e 720x480 (NTSC).

Betacam SX (1996)[editar | editar código-fonte]

Evolução do formato Betacam SP no qual é utilizado o sistema de compressão MPEG Profile@ML. Lançado em 1996, o Betacam SX foi apresentado como uma versão mais econômica com relação ao Betacam Digital. As fitas Betacam e Betacam SP eram compatíveis com o formato, permitindo utilizar o acervo de fitas antigas para a gravação de imagens.

MPEG IMX (2001)[editar | editar código-fonte]

É uma evolução do formato Betacam Digital, no qual é utilizado o sistema de compressão MPEG, mas com um bitrate maior do que o Betacam SX.

HDCam (1997)[editar | editar código-fonte]

Versão HD do formato Betacam Digital, que grava as imagens com compressão de 8-bit DCC 4:2:2. A sua resolução é de 1440x1080 com um upscale para 1920x1080 na reprodução das imagens.

HDCam SR (2003)[editar | editar código-fonte]

O HDCam SR foi apresentado em 2003 como um formato superior ao HDCam, por isso a existência da sigla "SR" (de Superior Resolution, resolução superior). O formato, além de gravar em uma compressão superior de imagem (sinal RGB a 10-bits por 4:2:2 ou 4:4:4), também grava em uma taxa de compressão maior (440 Mbits/s ou 880 Mbit/s, dependendo do equipamento) do que a HDCam.

Dados Técnicos[1] [editar | editar código-fonte]

Nome Data Tipo Tamanho Resolução (horizontal) Tempo (minutos)
Betacam 1982 óxido de ferro 1/2" 300 linhas 30
Betacam SP 1986 partículas de metal 1/2" 500 linhas 90
Betacam Digital 1993 partículas de metal 1/2" 1200 linhas 40 (S) / 124 (L)
Betacam SX 1997 partículas de metal 1/2" 800 linhas 62 (S) / 194 (L)
MPEG IMX 2001 partículas de metal 1/2" 1200 linhas 60 (S) / 184 (L)
HDCam 1997 partículas de metal 1/2" 1800 linhas (1920 upscale) 40 (S) / 124 (L)
HDCam SR 2003 partículas de metal 1/2" 1920 linhas 40 (S) / 124 (L)

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b http://d1tempo.com/wiki/index.php?title=Betacam (D1Wiki). Página visitada em 10 de janeiro de 2012.