Bombardier Transportation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Bombardier Transportation é a divisão de equipamentos para transportes ferroviários do grupo Bombardier. A Bombardier Transportation é a maior empresa do mundo na manufatura de equipamento de transportes ferroviários e prestação de serviços de manutenção de ferrovias. Suas matrizes estão em Berlim.

Sua escala de produtos inclui vagões para passageiros, locomotivas, truques (estrutura provida de rodas localizada na parte inferior de um trem), propulsores, e controladores. Também fornecem soluções de controle do ferroviário e constroem sistemas de trânsito ferroviário.

A Bombardier Transportation tem atividades nos países:

André Navarri é atualmente o CEO da Bombardier Transportation.

História[editar | editar código-fonte]

A "Bombardier Transportation" foi fundada em 1974 e começou a fabricar estoques de rolamentos com um contrato com a STCUM (responsável pelo transporte em Montréal) para construir trens do metro para o Metro de Montréal.

O núcleo do grupo do transporte foi formado com a compra da Montreal Locomotive Works (MLW) em 1975. Com esta compra a Bombardier adquiriu da MLW o projeto do LRC. O grupo comprou também Hawker Siddeley Canada. A MLW foi vendida mais tarde para a General Electric em 1988.

A Bombardier produziu o LRC (leve, rápido e confortável) trem inclinando dos idos de 1980.

Com a aquisição da companhia alemão Adtranz da DaimlerChrysler em 2001, A "Bombardier Transportation" transformou-se de muitas formas na maior fabricante de equipamentos de trilhos do mundo. A adição da Adtranz pela Bombardier também teve o feito dela se tornar numa fabricante de locomotivas junto as linhas de produção já existentes vagões de passageiros, trens, e bondes.

Produtos[editar | editar código-fonte]

TRAXX locomotiva elétrica
Talent DMU

A Bombardier fornece também unidades da propulsão, sistemas do controle de trem, bogies, e outras peças, e mantém frotas de trem.

Serviços[editar | editar código-fonte]

A "Bombardier Transportation" está também no negócio de prestação de serviços de manutenção do trem. Um de seus clientes chaves é GO Transit. A "Bombardier Transportation" e vista ser a próxima operadora das operações da GO Transit.

Critica[editar | editar código-fonte]

A Bombardier enfrentou a critica internacional de algumas organizações em prô da independência do Tibete por sua participação no projeto da estrada de ferro Qingzang.

[1] [2] [3]

Clientes[editar | editar código-fonte]

Esta lista não está completa, desde que o Bombardier é a maior fabricante de sistemas de trânsito do mundo.

Áustria
Austrália
Brasil
Croácia
Finlândia
França
Canadá
Reino Unido
Estados Unidos da América
Alemanha
Mexico
Romênia
Suécia
Hong Kong
Índia

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]