Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dicastério da Igreja Católica
Coat of arms Holy See.svg
Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica
 
Congregatio pro Institutis Vitae Consecratae et Societatibus Vitae Apostolicae


Ereção Canônica: 27 de maio de 1586
Prefeito: João Braz Cardeal de Aviz
Secretário: José Rodríguez Carballo, OFM
Emérito: Franc Cardeal Rodé e Eduardo Cardeal Martínez Somalo
Santa Sé · Igreja Católica
Projeto Catolicismo · uso desta caixa

A Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica (Congregatio pro Institutis Vitae Consecratae et Societatibus Vitae Apostolicae), foi fundada pelo Papa Sixto V, no dia 27 de maio de 1586 com o título de Sacra Congregatio super consultationibus regularium e confirmada com a Constituição Apostólica Immensa, de 22 de janeiro de 1588 foi unida no ano de 1601 com a Congregatio pro consultationibus episcoporum et aliorum prelatorum.

São Pio X com a Constituição Apostólica Sapienti Consilio, de 29 de junho de 1908 separou outra vez as duas instituições. Com a Constituição Apostólica Regimini Ecclesiae Universae, de 15 de agosto de 1967, do Papa Paulo VI, a Congregação dos Religiosos aparece chamada Congregação para os Religiosos e os Institutos seculares.

Pela Constituição Apostólica Pastor Bonus, de 28 de junho de 1988 do Papa João Paulo II mudou o título em Congregação para os Institutos de Vida consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. Esta ocupa-se de tudo o que pertence aos Institutos de Vida consagrada (Ordens e Congregações religiosas, seja masculinas quer femininas, Institutos seculares) e as Sociedades de Vida apostólica, em quanto à regime, disciplina, estudos, bens, direitos e privilégios.

Também é competente no que pertence à vida eremítica, às virgens consagradas e suas associações, às novas formas de vida consagrada.

A sua competência estende-se a todos os aspectos da vida consagrada: vida cristã, vida religiosa, vida clerical; é de caráter pessoal; não tem limites territoriais; alguns determinados assuntos de seus membros, porém, são repostos à competência de outras Congregações.

Ademais ela é competente sobre as associações dos fiéis erigidas com o intento de tornar-se Institutos de vida consagrada ou Sociedades de vida apostólica e sobre as suas terceiras ordens seculares.

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Prefeitos
22º João Braz Cardeal de Aviz 2011- Atual
21º Franc Cardeal Rodé, CM 2004-2011 Prefeito Emérito
20º Eduardo Cardeal Martínez Somalo 1992-2004 Prefeito Emérito
19º Jean Jérôme Cardeal Hamer, OP 1984-1992
18º Eduardo Francisco Cardeal Pironio 1975-1984
17º Arturo Cardeal Tabera Araoz, CMF 1973-1975
16º Ildebrando Cardeal Antoniutti 1963-1973
15º Valerio Cardeal Valeri 1953-1963
14º Luigi Cardeal Lavitrano 1945-1950
13º Vincenzo Cardeal Lapuma 1935-1943
12º Alexis-Henri-Marie Cardeal Lépicier, OSM 1928-1935
11º Camillo Cardeal Laurenti 1922-1929
10º Teodoro Cardeal Valfré di Bonzo 1920-1922
Raffaele Cardeal Scapinelli di Leguigno 1918-1920
Giulio Cardeal Tonti 1917-1918
Diomede Angelo Raffaele Gennaro Cardeal Falconio, OFM 1916-1917
Domenico Cardeal Serafini, OSB 1916
Ottavio Cardeal Cagiano de Azevedo 1913-1915
José de Calasanz Félix Santiago Cardeal Vives y Tutó, OFMCap 1908-1913
Girolamo Maria Cardeal Gotti, OCD 1899-1902
Isidoro Cardeal Verga 1888-1896
Ignazio Cardeal Masotti 1886-1888


Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.