Cosme II de Médici

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cosme II de Médici
Grão-Duque da Toscana
Justus Sustermans 010.jpg
Cosme II por Justus Sustermans
Governo
Consorte Maria Madalena de Áustria
Casa Real Casa Grã-Ducal da Toscana
Dinastia Médici
Vida
Nascimento 12 de Maio de 1590
Florença, Flag of the Grand Duchy of Tuscany (1562-1737).svg Grão-Ducado da Toscana
Morte 28 de fevereiro de 1621 (30 anos)
Florença, Flag of the Grand Duchy of Tuscany (1562-1737).svg Grão-Ducado da Toscana
Filhos Fernando II de Médici, Grão-Duque
João Carlos de Médici, Cardeal
Margarida de Médici, Duquesa consorte de Parma
Matias de Médici, Govern. de Siena
Francisco de Médici
Ana de Médici, Arquiduquesa de Áustria por casamento
Leopoldo de Médici, Cardeal
Pai Fernando I de Médici
Mãe Cristina de Lorena

Cosme II de Médici, em italiano Cosimo II de' Medici, (12 de Maio de 1590 – 28 de Fevereiro de 1621) foi Grão-Duque da Toscana de 1609 a 1621. Era o filho primogénito do então Grão-Duque reinante e de Cristina de Lorena. Casou com a Arquiduquesa Maria Madalena de Áustria, de quem teve oito filhos.

Durante a maior parte do seu reinado de onze anos, delegou a administração da Toscana nos seus ministros. Ele é recordado como patrono de Galileo Galilei, seu tutor de infância. Morreu tuberculoso em 1621.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Cosme II de Médici, era o filho primogénito de Fernando I de Médici, Grão-Duque da Toscana, e de Cristina de Lorena. O seu pai proporcionou-lhe uma educação moderna: Galileu Galilei foi o tutor de Cosme entre 1605 e 1608. Fernando negociou o seu casamento com Maria Madalena de Áustria, filha do Arquiduque Carlos II, em 1608. Deste casamento nasceram oito filhos, entre os quais o furturo Grão-Duque, uma Arquiduquesa da Áustria Anterior, uma Duquesa de Parma e dois Cardeais.

Fernando I morreu em 1609. Dada a sua saúde precária, Cosme não participou activamente no governo do seu estado. Cerca de um ano após a sucessão de Cosme II, Galileo dedicou ao Grão-Duque a Sidereus Nuncius, uma descrição das suas descobertas telescópicas.[2] Adicionalmente, Galileu baptizou as luas de Júpiter como as estrelas Medicis. A defesa do Copernicanismo por Galileu conduziram-no, mais tarde, ao seu julgamento pela Inquisição Romana, sendo retido em prisão domiciliária, na Toscana, de 1633 até à sua morte, em 1642.

O Grão-Duque tinha a preocupação de promover regularmente o crescimento da marinha toscana. Morreu em 28 de Fevereiro de 1621 de tuberculose. Sucedeu-lhe o seu filho primogénito Fernando, ainda criança, sob a regência conjunta da mãe e da avó (respectivamente viúva e mãe de Cosme II), de acordo com os desejos expressos.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Maria Madalena e Cosme tiveram os seguintes filhos:

  1. Maria Cristina de Médici (24 de Agosto de 1609 – 9 de Agosto de 1632), sem aliança;
  2. Fernando II de Médici (Ferdinando), (14 de Julho de 1610 – 23 de Maio de 1670), que veio a suceder a seu pai no trono da Toscana, casado com Vitória Della Rovere (filha de Frederico Della Rovere, Duque de Urbino e de Cláudia de Médici, irmã de Cosme II.);
  3. João Carlos de Médici (Gian Carlo), (24 de Junho de 1611 -23 de Janeiro de 1663), Cardeal em 1644;
  4. Margarida de Médici (Margherita), (31 de Maio de 1612 – 6 de Fevereiro de 1679), casada com Eduardo I Farnésio, Duque de Parma;
  5. Matias de Médici (Mattias), (9 de Maio de 1613 - 14 de Outubro de 1667), nomeado Governador de Siena;
  6. Francisco de Médici (Francesco), (16 de Outubro de 1614 – 25 de Junho de 1634);
  7. Ana de Médici (Anna), (21 de Julho de 1616 – 11 de Setembro de 1676), casada com Fernando Carlos, Arquiduque da Áustria;
  8. Leopoldo de Médici (Leopoldo), (6 de Novembro de 1617 – 10 de Novembro de 1675), Cardeal em 1667.

Títulos, tratamentos, honras e armas[editar | editar código-fonte]

Títulos e tratamentos[editar | editar código-fonte]

  • 12 de Maio de 1590 - 22 de Fevereiro de 1609: Sua Alteza o Grão-Príncipe da Toscana
  • 23 de Fevereiro de 1609 - 28 de Fevereiro de 1621: Sua Alteza o Grão-Duque da Toscana

O tratamento oficial de Cosme II era Cosme Segundo, pela graça de Deus, Grão–Duque da Toscana.

Honras[editar | editar código-fonte]

Bandiera del granducato di Toscana (1562-1737 ).png 23 de Fevereiro de 1609 - 28 de Fevereiro de 1621: Grão-Mestre da Sagrada Ordem Militar de Santo Estevão, Papa e Mártir.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
16. Giovanni de' Medici il Popolano
 
 
 
 
 
 
 
8. Giovanni dalle Bande Nere
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
17. Catarina Sforza
 
 
 
 
 
 
 
4. Cosme I de Médici, Grão-Duque da Toscana
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
18. Jacopo Salviati
 
 
 
 
 
 
 
9. Maria Salviati
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
19. Lucrécia de Médici
 
 
 
 
 
 
 
2. Fernando I de Médici, Grão-Duque da Toscana
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
20. Fadrique Alvarez de Toledo
 
 
 
 
 
 
 
10. Pedro Álvarez de Toledo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
21. Isabel de Zúñiga y Pimentel
 
 
 
 
 
 
 
5. Leonor de Toledo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
22. Luis Pimentel y Pacheco
 
 
 
 
 
 
 
11. Maria Osório Pimentel,
Marquesa de Villafranca del Bierzo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
23. Joana Osorio y Bazán
 
 
 
 
 
 
 
1. Cosme II de Médici
Grão-Duque da Toscana
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
24. António, Duque da Lorena
 
 
 
 
 
 
 
12. Francisco I de Lorena
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
25. Renata de Bourbon-Montpensier
 
 
 
 
 
 
 
6. Carlos III da Lorena
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
26. Cristiano II da Dinamarca
 
 
 
 
 
 
 
13. Cristina da Dinamarca
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
27. Isabel de Áustria
 
 
 
 
 
 
 
3. Cristina de Lorena
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
28. Francisco I de França
 
 
 
 
 
 
 
14. Henrique II de França
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
29. Cláudia de França
 
 
 
 
 
 
 
7. Cláudia de Valois
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
30. Lourenço II de Médici, Duque de Urbino
 
 
 
 
 
 
 
15. Catarina de Médici
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
31. Madalena de la Tour d'Auvergne
 
 
 
 
 
 

Citações[editar | editar código-fonte]

  1. Hale, p 187
  2. Strathen, p 368

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Strathern, Paul – “The Medici: Godfathers of the Renaissance”, Vintage books, Londres, 2003, ISBN 978-0-09-952297-3
  • Hale, J.R. – “Florence and the Medici”, Orion books, Londres, 1977, ISBN 1-84212-456-0
Precedido por
Fernando I de Médici
Grão-Duque da Toscana
1621 - 1670
Coat of arms of the Grand Duchy of Tuscany (1562-1737).svg
Sucedido por
Fernando II de Médici

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências