Cry Me a River (canção de Justin Timberlake)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Cry Me a River"
Single de Justin Timberlake (part. Timbaland
do álbum Justified
Lançamento 17 de dezembro de 2002
Formato(s) Digital download, CD single, 12" single
Gravação 2002
Gênero(s) Pop
Duração 4:48
Gravadora(s) Jive
Composição Justin Timberlake, Tim Mosley, Scott Storch
Produção Timbaland
Cronologia de singles de Justin Timberlake
Último
Último
"Like I Love You"
(2002)
"Work It"
(2003)
Próximo
Próximo
Cronologia de singles de Timbaland
Último
Último
"Ching Ching"
(2002)
"Promiscuous"
(2006)
Próximo
Próximo

"Cry Me a River" (em inglês: "Chore um Rio por Mim") é o segundo single de Justin Timberlake, de seu álbum de estréia, Justified. Lançado em 17 de dezembro de 2002, o single, ganhou vocal e produção de Timbaland. A música venceu prêmio do Grammy na categoria de "Melhor Vocal Pop Masculino" em 2004.Também Ganhou 3 Vmas da Mtv de Melhor Clipe Masculino,Melhor Clipe Pop e Video do Ano.

Informação[editar | editar código-fonte]

A música é supostamente sobre o esclarecer dos fatos sobre seu romance com [Britney Spears], incluindo acusações de infidelidade nas letras como, "You don't have to say what you did/I already know, I found out from him/Now there's just no chance, for you and me, there'll never be/And don't it make you sad about it." (em português: Você não precisa dizer o que você fez/Eu já sei, eu descobri através dele/Agora não há mais chances entre você e eu, nunca mais vai haver/E não fique triste por isso"). O clipe é dirigido por Francis Lawrence, que descreve exatamente a vingança sobre Britney; Ele entra na casa às escondidas, enquanto ela saiu, então vai quebrando coisas, filma ele beijando outra mulher, e observa como ela vai voltando a casa para encontrar o vídeo passando na sua televisão.

Britney criou uma resposta para Justin sobre tal acontecimento, essa música foi lançada no álbum In the Zone. A música é Everytime, na qual ela pede desculpas pelo ocorrido. Durante a gravação do videoclipe, a cantora chegou a se emocionar. As imagens podem ser vistas na versão sem cortes do clipe.[1]

Remixes/Versões Oficiais[editar | editar código-fonte]

  • Versão do Álbum - 4:47
  • Mash-Up Remix (participação de 50 Cent) - 5:13
  • Remix Oficial (participação de 50 Cent) - 4:52

Posições[editar | editar código-fonte]

"Cry Me a River" alcançou a posição #3 nos U.S. Billboard Hot 100 - e foi a música hit - o qual fez o maior sucesso de Justin, até SexyBack. A música também alcançou o #3 no United World chart. No Reino Unido, "Cry Me a River" ficou no #2 por duas semanas consecutivas. Na Austrália, "Cry Me a River" estreou (e alcançou) a posição #2 no ARIA singles chart.

"Cry Me a River" também foi bem executada em outros países, como na Holanda e na França chegando alcançar neles a posição #6 (foi o primeiro o single de Timberlake a entrar no Top 10 francês, também sendo o seu single de maior posição nessa parada até "What Goes Around... Comes Around" alcançando a posição #5 em 2007). Na Suécia e na Noruega ficou na posição #10 e foi sucesso no Top 20 da Nova Zelândia (#11), Finlândia (#19) e Suíça (#20).

Covers[editar | editar código-fonte]

"Cry Me a River" foi cover de Lostprophets como lado-B do seu single de 2004, "Last Train Home" tão bem quanto Hope Kills no seu álbum One For The Saints, Two For The Sinners.

A banda britânica Ten Masked Men fez cover numa versão death metal (pode ser vista no Youtube). 50 Cent colaborou com Timberlake nos dois remixes da música. Um remix usa "The World" do álbum God's Plan de 50 Cent.

Em 2006, New Found Glory fez um cover da música para ser executada online no Yahoo Music & Pepsi Smash's com "Cover Art". O vídeo pode ser encontrado no Youtube.

Durante uma performance dos Rolling Stones no Molson Canadian Rocks for Toronto em 2003, na música "Miss You", Mick Jagger canta o refrão da música várias vezes com Timberlake (esse performance pode ser encontrada no Youtube).

O clipe também foi parodiado em 2006 no clipe "Rock This Party" de Bob Sinclar.

Glen Hansard e Colm Mac Con Iomaire da banda irlandesa, The Frames, gravou um cover, para o álbum da Today FM Even Better than the Real Thing.



Erro de citação: existem marcas <ref>, mas falta adicionar a predefinição {{referências}} no final da página