David Blaine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Blaine
David Blaine
Nome completo David Blaine White
Nascimento 4 de Abril de 1973 (41 anos)
Brooklyn, Nova Iorque
Ocupação Ilusionista
Página oficial
http://davidblaine.com/

David Blaine White (Brooklyn, Nova Iorque, 4 de abril de 1973), é um mágico, Ilusionista e artista americano. Ele é mais conhecido por suas proezas de alto controle e resistência, e fez seu nome como artista de rua e mágicas close-up.[1] Ele já se apresentou em todo o mundo e estabeleceu e quebrou vários recordes mundiais.

Desafios[editar | editar código-fonte]

Enterrado Vivo[editar | editar código-fonte]

David suspenso sobre Londres em 2003

No dia 5 de Abril de 1999 David Blaine foi colocado em um caixão de vidro onde permaneceu por 7 dias na cidade de Nova York, em cima do caixão foi colocado um outro do mesmo tamanho e cheio de água, as pessoas que passavam no local puderam acompanhar o desafio 24 horas por dia. Blaine saiu no dia 12 de Abril.[2]

Congelado no tempo[editar | editar código-fonte]

Em 7 de Novembro de 2000, novamente em Nova Iorque, Blaine entrou em um cubo gigante de gelo totalmente fechado em todos os lados (inclusive na parte de baixo onde ficava um tipo de carrinho), permaneceu lá por 61 horas, 40 minutos, e 15 segundos até ser removido pela equipe técnica que teve de cortar o gelo com serra elétrica, ele foi prontamente atendido por médicos e levado ao hospital onde suspeitava-se que estivesse com hipotermia, a transparência do gelo permitiu que o público pudesse acompanhar todos os momentos do desafio que foi também transmitido em uma cobertura especial da TV.[3]

Vertigem[editar | editar código-fonte]

Mesmo com os treinos atrapalhados pelos ataques de 11 de Setembro, Blaine subiu em um pilar de 27m de altura colocado no parque de Bryant, em Nova Iorque e permaneceu em pé sobre o espaço mínimo de 56cm por exatamente 34 horas e 23 minutos sem alimento, água ou qualquer coisa, correndo o risco de sofrer tonturas ou um desequilíbrio qualquer; No final Blaine saltou sobre caixas de papelão que foram empilhadas a uma altura de mais ou menos 3 metros.

Na Caixa[editar | editar código-fonte]

No dia 5 de Setembro de 2003, Blaine entrou em uma pequena caixa de pouco mais de 2 metros de largura e altura e foi suspenso sob o Rio Tâmisa a cerca de 9 metros de altura, dentro da caixa foi instalada uma webcam para que os espectadores pudessem acompanhar todo o processo. Após 44 dias, 19 de Outubro, ele saiu da caixa e foi hospitalizado rapidamente, durante o período onde passou apenas bebendo água acabou emagrecendo cerca de 24 kg.

Submerso[editar | editar código-fonte]

Em 1 de Maio de 2006 no Lincoln Center, Nova Iorque, local escolhido para o desafio seguinte de David Blaine que ficou submergido em um aquário com cerca de 2,4 metros de diâmetro, Blaine permaneceu por 7 dias e 7 noites ligado a um tubo onde respirava e recebia nutrição, no total foram 177 horas dentro da água direto.

Para finalizar Blaine tinha mais uma etapa, tentar bater o recorde debaixo d´água sem respirar que é de 8min58s, porém com 7min30s ele passou mal e acabou sendo resgatado por mergulhadores.

Giroscópio[editar | editar código-fonte]

Aconteceu no dia 21 de Novembro de 2006 quando foi colocado em um Giroscópio gigante elevado a uma altura equivalente a 50 pés, o local escolhido fora novamente a cidade de Nova York, ele permaneceu girando cerca de 8 voltas por minuto durante mais ou menos 2 dias quando teve de se livrar de correntes colocadas posteriormente e com o equipamento girando mais rápido, Blaine conseguiu se soltar e pular sobre um plataforma, em seguida foi direto para o hospital de táxi.

Com o objetivo concluído Blaine realizará uma promessa que fez antes de iniciar o desafio, levar 100 crianças do Exército da Salvação para uma tarde de compras, onde cada uma receberá um vale-presente no valor de US$ 500.

Apnéia[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de Abril de 2008 David Blaine quebrou o recorde mundial de tempo passado em baixo da água sem respirar. O recorde anterior era do suíço Peter Colat de 16 minutos e 32 segundos. David tentava atingir os 23 minutos, mas aos 17 minutos e quatro segundos sua equipe decidiu interromper. A façanha ocorreu no programa de Oprah Winfrey onde ele ficou dentro de uma esfera com 1.800 galões de água.

Mergulho da Morte[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de Setembro de 2008 Blaine iniciou mais um desafio em sua carreira, ficou 60 horas pendurado de cabeça para baixo através de um cabo ligado a um enorme andaime construído sobre a pista de patinação no gelo no Central Park, em Nova Iorque. Ele ficou sem comer nem dormir mas tirava intervalos para beber água e fazer exames médicos.

Blaine interagiu com as pessoas, após as primeiras horas sentiu certo desconforto - "Sabia que não seria fácil, mas é pior do que pensei", afirmou, depois se acostumou com a situação e teve tempo e força para assinar autógrafos, tirar fotos e até fazer truques com cartas de baralho, tudo isso enquanto estava suspenso.

O médico que o acompanhou alertou para os perigos, estava preocupado pois uma pessoa de cabeça para baixo corre o risco de sofrer coágulo ou romper alguma veia no cérebro por causa da grande pressão que o sangue acaba exercendo na cabeça.

O fim do espetáculo ocorreu no dia 25 de Setembro com um transmissão ao vivo na televisão, não faltaram mensagens como "não tente isso em casa", exibida várias vezes. Para se livrar do cabo Blaine garantiu mais um truque para seus fãs. Depois da suspensão, ele pulou do andaime de 13,4 metros, balançando por um cabo atado a balões. Então, ele subiu e aparentemente desapareceu no céu.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: David Blaine
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre David Blaine