Duncan II da Escócia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Duncan II da Escócia, filho de Malcolm III da Escócia com sua primeira esposa, também considerado Duncan V ou Duncan IX, nasceu por volta de 1060 e morreu em novembro de 1094 na batalha de Mondynes (Aberdeenshire) ou de Monthechin, em Kincardineshire; está sepultado na abadia de Dunfermline, Fife.

Foi rei da Escócia de maio a novembro de 1094.

Havia sido enviado à corte de Guilherme o conquistador como garantia de que o pai não atacaria a Inglaterra, e nunca perdoou o pai. Quando este morreu, seu tio Donald Bain (c.1031-1099) tomou o trono como Donald III da Escócia ou Donald III Bane.

Com apoio inglês e normando, Duncan o derrubou. Como passara anos como refém dos ingleses, sua posição de vassalo inglês era detestada na Escócia. Entretanto, foi ele que concedeu a primeira das cartas de garantias aos escoceses! Foi morto por exército comandado por Donald III, seu tio, e seu próprio meio-irmão, Edmundo.

Casara em 1090 com Ethelreda, filha de uma outra Aethelreda e de Gospatrick, Conde da Nortumberlândia.

Filhos:

  • 1 - Gospatrick senhor de Airton.
  • 2 - Guilherme, senhor de Egremont.
  • 3 - Guilherme Fitzduncan (morto em 1154) chamado o Nobre, Conde de Moray, senhor de Skipton e Craven, Copleland, Allerdale. Casou com Gruaidh, condessa de Moray, filha de d'Aedh, conde ou Mormaer de Moray, com descendência.
Precedido por
Donaldo III
Rei da Escócia
1094
Sucedido por
Donaldo III