David I da Escócia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
David I
Rei dos Escoceses
Rei da Escócia
Reinado abril ou maio de 1124
a 24 de maio de 1153
Coroação abril ou maio de 1124
Predecessor Alexandre I
Sucessor Malcolm IV
Esposa Matilde, Condessa de Huntingdon
Descendência
Malcolm da Escócia
Henrique da Escócia
Clarice da Escócia
Hodierna da Escócia
Nome completo
Dabíd mac Maíl Choluim
Casa Dunkeld
Pai Malcolm III da Escócia
Mãe Margarida da Escócia
Nascimento 1084
Morte 24 de maio de 1153 (69 anos)
Carlisle, Cúmbria, Inglaterra
Enterro Abadia de Dunfermline, Dunfermline, Fife

David I (Gaélico escocês: Dabíd mac Maíl Choluim; 108424 de maio de 1153) foi o Rei da Escócia de 1124 até sua morte. Também foi Príncipe dos Cúmbrios entre 1113 e 1124 e também Conde de Northampton e Huntington. Era o filho mais velho do rei Malcolm III e de Margarida da Escócia. David passou os primeiros anos de sua vida na Escócia, porém foi forçado a ir para o exílio em 1093 por seu tio Donaldo III. Ele tornou-se parte da corte do rei Henrique I de Inglaterra por volta de 1100, onde foi influenciado pela cultura normanda e anglo-francesa.

Quando seu irmão Alexandre I morrer em 1124, David escolheu, com o apoio de Henrique, tomar o Reino da Escócia para si. Ele foi forçado a entrar em conflito com seu sobrinho Malcolm, filho de Alexandre. Derrotá-lo demorou aparentemente dez anos, uma disputa que também acabou por destruir Óengus de Moray. A vitória de David permitiu a expansão de controle para partes mais distantes de seu reino. Depois da morte de Henrique, ele apoiou a reivindicação da filha do rei e sua sobrinha, Matilde de Inglaterra, ao trono inglês. No processo, ele acabou entrando em conflito com o rei Estêvão e acabou conseguindo expandir seu poder para o norte da Inglaterra, mesmo tendo sendo derrotado na Batalha de Standard em 1138.

O termo "Revolução Davidiana" é usado por muitos historiadores para resumir os eventos que ocorreram na Escócia durante seu reinado. Eles incluiram a fundação de Burghs, a implementação de ideiais da reforma gregoriana, a fundação de mosteiros, normanização do governo escocês e a introdução do feudalismo através da imigração de cavaleiros franceses e ingleses.


David I da Escócia
Casa de Dunkeld
1084 – 24 de maio de 1153
Precedido por
Alexandre I
Rei da Escócia
abril ou maio de 1124 – 24 de maio de 1153
Sucedido por
Malcolm IV
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre David I da Escócia