East of Eden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
East of Eden
A leste do paraíso (PT)
Vidas amargas (BR)
 Estados Unidos
1955 • cor • 115 min 
Direção Elia Kazan
Roteiro Paul Osborn
Elenco James Dean
Julie Harris
Raymond Massey
Burl Ives
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

East of Eden (br: Vidas amargas / pt: A leste do paraíso) é um filme estadunidense de 1955, do gênero drama, dirigido por Elia Kazan.

O roteiro, de Paul Osborn, é baseado no romance A leste do Éden, do escritor ganhador/vencedor do prêmio Nobel de literatura John Steinbeck.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme se passa na época da primeira guerra, em Monterey, na Califórnia, e mostra a luta do jovem Cal Trask com seu irmão Aaron (o filho favorito), pelo afeto do pai. Para ganhar o amor de seu pai e ajudar a fazenda ameaçada de falir, Cal faz um empréstimo com Kate, sua mãe prostituta, que abandonara a família quando os filhos eram pequenos e montara um bordel.

Trata-se de uma releitura da história bíblica de Caim e Abel (Gênesis, 4).

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1956 (EUA)

Festival de Cannes 1955 (França)

  • Venceu na categoria melhor filme dramático.
  • Indicado à Palma de Ouro.

Globo de Ouro 1956 (EUA)

  • Venceu na categoria melhor filme - drama.

BAFTA 1956 (Reino Unido)

  • Indicado nas categorias de melhor filme de qualquer origem, melhor ator estrangeiro (James Dean) e melhor estreante (Jo Van Fleet).

Prêmio Bodil 1958 (Dinamarca)

  • Venceu na categoria de melhor filme americano.

Jussi Awards 1956 (Finlândia)

  • Venceu na categoria de melhor ator estrangeiro (James Dean).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • James Dean se recusou a ir na festa de lançamento de East of Eden, o que quase lhe custou o papel principal em Rebel Without a Cause.
  • O diretor Elia Kazan pensou em convidar Marlon Brando para o papel de "Cal" e Montgomery Clift para o papel de "Aaron", mas como eles tinham 30 anos e 32 anos respectivamente, concordou que eles eram muito velhos para atuarem como os irmãos adolescentes do livro de John Steinbeck.
  • Paul Newman fez teste para o papel de "Aaron".
  • O filme retratou de forma tão convincente o tema da desintegração familiar que, doze anos depois, em junho de 1967, a juventude rebelde conhecida então pela alcunha de drop-out, realizou em Monterey (cenário do filme), o primeiro festival de rock da história.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]