Emerita Augusta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Junho de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pix.gif Conjunto Arqueológico de Mérida *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Merida Roman Theatre2.jpg
Teatro romano em Mérida, construído a ca. 15 a.C..
País Flag of Spain.svg Espanha
Tipo Cultural
Critérios iii, iv
Referência 664
Região** Europa e América do Norte
Coordenadas 38° 54′ N 6° 20′ W
Histórico de inscrição
Inscrição 1993  (17ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Emerita Augusta

Emerita Augusta, a actual Mérida, na Espanha, também referida como Augusta Emerita, foi uma colónia romana estabelecida por volta de 25 d.C., pelo legado imperial Publio Carisio por ordem de César Augusto, com a finalidade de estabelecer um posto intermédio para as legiões. Emeritas Augusta tornou-se entretanto a capital da Lusitânia.

Emeritas era um enclave estratégico na margem do rio Anas que servia de eixo de comunicação entre a província Bética com as terras do noroeste peninsular e as do eixo meridional (Olissipo).

O conjunto de ruínas denominou-se Conjunto Arqueológico de Mérida, um dos principais e mais extensos conjuntos arqueológicos de Espanha, declarado Património Mundial em 1993 pela UNESCO.


Ícone de esboço Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Espanha é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.