Frieza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Frieza ou Frio é um termo que designa pessoas que estão cientes de algo mas estão (ou fingem estar) despreocupados para com o ocorrido. Caracteriza-se pela falta de emoção, especialmente afeto e simpatia. Casos como estes são mais frequentes em assassinos e psicopatas.

Causas[editar | editar código-fonte]

Frieza, nome criado por uma autora Mineira chamada Brenda Duarte, que por sinal, teve uma frase de grande impacto ao citar que: Minha frieza não é bem frieza. Quando a pessoa passa por um momento de dor, onde a verdade muitas vezes machuca, esta decide guardar para si próprio o sentimento real do acontecido, todo o sistema nervoso fica interligado aos sentimentos, proibindo que a pessoa chore e muitas vezes que fale a verdade. Em psicopatas, a frieza muitas vezes é transparente, o indivíduo fica ciente do acontecido, não expressa seu sentimento e muitas vezes diz a verdade.