Raiva (sentimento)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A raiva (do latim rabia, em vez de rabie) é um sentimento de cólera.[1]

Raiva "misturada" com medo em gravura do século XVIII.

Pode se expressar em um comportamento passageiro ou prolongado, geralmente resultando em agressão. Outros nomes utilizados como sinônimo desse comportamento e sentimento são: fúria, ira, cólera, ódio, rancor etc., que aplicam-se às distintas formas de expressão ou modulações desse sentimento. Enquanto manifestação do instinto de agressão, é extensível aos demais vertebrados.

Explicação de Darwin[editar | editar código-fonte]

Charles Darwin (1809-1882), em seu livro A expressão da emoções no homem e nos animais, associa a raiva à expectativa de sofrer alguma agressão intencional ou ofensa de outra pessoa, ressaltando que esse sentimento pode se transformar em ódio ou outras formas a depender da natureza da relação entre os envolvidos.[2]

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 447.
  2. DARWIN, Charles. A expressão da emoções no homem e nos animais. SP, Companhia das Letras, 2000 p. 222

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Raiva
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Raiva (sentimento)

Referências