Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.
Retrato de Buffon por François-Hubert Drouais.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon

Georges-Louis Leclerc, conde de Buffon (Montbard, 7 de Setembro de 1707 - Paris, 16 de Abril de 1788) foi um naturalista, matemático e escritor francês. As suas teorias influenciaram duas gerações de naturalistas, entre os quais se contam Jean-Baptiste de Lamarck e Charles Darwin. A localidade de Buffon, na Côte-d'Or, foi o senhorio da família Leclerc.

Nasceu em Montbard, Côte-d'Or. Seu pai, Benjamin Leclerc, era o Senhor de Dijon e Montbard. Frequentou o Colégio dos Jesuítas a partir da idade de dez e, em seguida, a Universidade de Angers. Começou por estudar Direito, mas logo começou a concentrar seus interesses em matemática e ciências. Foi forçado a sair mais tarde da universidade após se envolver em um duelo, e se lançar em uma grande viagem pela Suíça, Itália e Inglaterra em companhia do jovem Lorde Kingston. Em 1732, herdou uma considerável quantia em dinheiro, que possibilitou dedicar-se aos seus estudos científicos. Retornando quando o novo casamento de seu pai ameaçou sua herança.

Antigos relatos sobre a história em geral, biologia e geologia que não era baseada na Bíblia. Produziu uma grande obra com 44 volumes - História Natural - (sua meta eram 50 volumes). Nela se retrata um estudo comparativo das ciências, analisando os reinos animal, vegetal e humano, sob descrição cientificas e considerações filosóficas, e o fez tão popular quanto Voltaire e Rousseau. Em 1776 O conde de Buffon disse que os animais precedem de outros animais.

Foi precursor de Lamarck e Darwin, com suas concepções filosóficas e o estudo das espécies, que foram ótimos subsídios para o progresso da biologia. É considerado um dos maiores biólogos do seu tempo, Buffon, segundo Darwin, foi um dos primeiros a estudar cientificamente a origem das espécies

Georges-Louis Leclerc mudou-se para Paris, onde conheceu Voltaire e outros intelectuais. Ele ingressou na Academia Francesa de Ciências na idade de 27 (1733). Tornou-se o encarregado do Jardin du Roi (depois Jardin des Plantes), em Paris a partir de 1739 reunindo espécies zoológicos e botânicos. Durante seu período no cargo que ele converteu o jardim real em museu e em centro de pesquisa, e o parque foi consideravelmente ampliado, com a adição de muitas árvores e plantas de todo o mundo.

Na matemática, Georges de Buffon propôs o método estatístico, hoje reconhecido como um dos métodos de Método de Monte Carlo para o cálculo de \pi. Tal método é conhecido como Agulha de Buffon, proposto pelo mesmo no século.  Foi o primeiro cientista a formular a teoria catastrófica para a formação do sistema solar; segundo ele,os planetas existentes teriam sido formados à custa de matéria separada do Sol devido a uma colisão desta estrela comum cometa.

Na sua primeira publicação, com repercussões profundas no conhecimento de então, Épocas da Natureza , descreveu assuas ideias profundas sobre a formação do globo terrestre. Publicou o seu célebre livro História Natural (44 volumes)entre 1749 e 1789, e, postumamente, foi ainda publicada a História Natural dos Minerais (1789).

frases famosas[editar | editar código-fonte]

“A idade é um simples preconceito aritmético.”

“A natureza é racional e revelará seus segredos àqueles que aprenderem a ler e a entender sua linguagem.”

“A glória só é um bem quando alguém é digno.”

“O cavalo. A mais bela conquista que o homem já fez.”

“Com o tempo, o supérfluo chega a ser muito necessário.”

“O estilo é o próprio homem.”

“O gênio é o fruto de uma longa experiência.”

“O estilo nada mais é do que a ordem e o movimento postos em seus pensamentos.”

“O gênio nada mais é do que uma aptidão para a paciência.”

“O aborrecimento, esse triste tirano de todas as almas que pensam contra o qual a sabedoria pode menos do que a loucura.”

“No estudo da historia natural existem dois obstáculos igualmente perigosos: O primeiro é não possuir nenhum método, o segundo, querer referir tudo a um sistema particular.”

“O homem só é homem porque soube reunir-se ao homem.”

“Os nossos verdadeiros prazeres consistem no livre uso de nós mesmos.”

“Os que escrevem como falam mesmo se falam muito bem, escrevem mal.”

“Tudo que pode ser, é”.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.