Gideão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Gideão (גִּדְעוֹן, hebraico: Gidʻon), também conhecido por Jerub-Baal, é um juiz que aparece no livro da Bíblia, Juízes (cap. VI a VIII). Ele também é mencionado nas Epístola aos Hebreus como um exemplo de homem de fé. Ele é filho de Joás, abiezrita da tribo de Manassés. O nome Gideão significa "destruidor", "guerreiro poderoso" ou "lenhador". Ele foi o quinto juiz de Israel, segundo a Bíblia.

Juiz[editar | editar código-fonte]

Gideão foi o juiz que libertou os filhos de Israel dos midianitas. Os midianitas eram povos nômades árabes dos desertos da Síria e da Arábia. Esse povo oprimia Israel roubando suas colheitas e também seus animais. Eles tinham invadido a parte central da Palestina, em um de seus ataques eles mataram os irmãos de Gideão, em Tabor. Foi então que Gideão recebeu uma experiência com Deus, onde o Anjo do Senhor o chamou para fazer dele o libertador de Israel.

Deus ordenou-lhe que derrubasse o altar de Baal e erguesse ali um altar dedicado a Deus. Gideão reuniu uma pequena força com apenas 300 homens e surpreendeu os midianitas sob a escuridão da noite, levando-os em direção ao rio Jordão, capturando e matando dois dos príncipes midianitas, Orebe e Zeebe. Continuando à perseguição até as margens do rio Jordão, alcançou os reis midianitas Zeba e Salmuna e os executou.

Considerado um herói militar, Israel quis fazer dele um rei, mas, surpreendentemente, Gideão recusou tal oferta. A única coisa que quis foi os brincos de ouro que havia tomado como parte dos despojos de guerra. Isso lhe foi dado e ele fez com esse material uma estola sacerdotal para honrar a Yahweh. A estola era um tipo de veste sacerdotal (Juízes 8:27). O serviço prestado por Gideão foi um fato muito importante na história de Israel, antes da monarquia. Gideao foi um exemplo de servo humilde e fiel a Deus.

Ainda afirma a Bíblia, em Juízes 8, versus 30 a 32,que Gideão teve 70 filhos legítimos, pois tinha várias esposas, e também que sua concubina lhe deu um filho chamado Abimeleque.

E sucedeu que, após a morte de Gideão os filhos de Israel começaram a desobedecer a Deus, adorando outros deuses, baalins e puseram a Baal-Berite por deus. E Israel esqueceu dos livramentos do Senhor contra os seus inimigos em redor, e também não foram benevolentes com a casa de Jerubaal, a saber de Gideão, conforme Juízes 8 versus 33 a 35.

Precedido por
Débora
Juiz de Israel Sucedido por
Tolá


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Os gideões são povos formados por igrejas diferentes nacionalidades.