Héverton Durães Coutinho Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Héverton
Informações pessoais
Nome completo Héverton Durães Coutinho Alves
Data de nasc. 28 de Outubro de 1985 (29 anos)
Local de nasc. Brasília, DF,  Brasil
Altura 1,73 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Paysandu
Posição Meia
Clubes de juventude
20022005 Brasil Guarani
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2005
20052006
20062007
20072008
2008
20082013
2011
20112012
2014
Brasil Guarani
Turquia Ankaragücü
Brasil Ponte Preta
Brasil Corinthians
Brasil Vitória
Brasil Portuguesa
Brasil Atlético-PR (emp.)
Coreia do Sul Seongnam (emp.)
Brasil Paysandu



0009 0000(0)
0002 0000(8)
0162 000(40)
0007 0000(1)
0037 000(10)
0011 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 28 de outubro de 2014.

Héverton Durães Coutinho Alves (Brasília, 28 de outubro de 1985), mais conhecido como Héverton, é um futebolista brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em sua infância, na cidade de Samambaia, se destacava pela habilidade e velocidade. Iniciou a carreira no Jaguar F.C. e após se destacar no mesmo, transferiu-se para o Guarani. Após uma curta passagem pelo Ankaragücü, da Turquia, voltou ao futebol campineiro, desta vez para atuar na equipe da Ponte Preta. Se destacou principalmente na Série B de 2007, e despertou o interesse do Corinthians, para onde foi no mesmo ano. Com a queda do Timão e a contratação de vários reforços, acabou perdendo espaço e foi para o Vitória, onde não teve oportunidades. Ainda em 2008, acertou sua transferência para a Portuguesa.

Dia 16 de Fevereiro de 2011, o jogador foi emprestado ao Atlético-PR até o final da época. Lá não conseguiu se destacar, perdendo espaço e rompendo o vínculo com o clube paranaense antes mesmo do final da temporada.

Em Junho de 2011, Héverton acertou sua ida para a Coreia do Sul, para jogar no Seongnam. Lá, no ano de 2011, foi campeão da Copa da Coreia.

Quando seu contrato de empréstimo no Seongnam chegou ao fim não houve renovação, apesar do interesse do time coreano. Com isso, Héverton retornou à Portuguesa para cumprir o resto de seu contrato.

No final de 2013, foi o pivô de uma das maiores polêmicas do futebol brasileiro. Na última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano, o jogador entrou no segundo tempo do empate sem gols da Portuguesa com o Grêmio, quando na verdade deveria estar cumprindo suspensão, devido a decisão do STJD, que puniu o jogador com 2 jogos de suspensão por conta de expulsão por ter ofendido o árbitro, após o apito final, em partida contra o Bahia (derrota por 1-0) pela 36ª rodada. O primeiro jogo da suspensão fora cumprido conta a Ponte Preta, (vitória da Portuguesa por 2-0), em jogo válido pela 37ª rodada, devendo Héverton cumprir o segundo jogo na última rodada, em partida contra o Grêmio, a ser disputada no dia 8 de dezembro de 2013. Porém, a decisão do STJD saiu na sexta-feira, dia 6 de dezembro, não havendo publicação da sentença até a data da partida, ocorrendo esta em um dia após o jogo, na segunda-feira. O procedimento de praxe seria o jogador cumprir a sentença imediatamente após a decisão, o que caracterizou, segundo o STJD, uma escalação irregular, punindo a Portuguesa com a perda de 4 pontos, o que rebaixaria a Lusa, livrando o Fluminense de cair para a Série B. O caso levantou uma grande polêmica pois, mais uma vez, oFluminense fora favorecido extra-campo, como já havia acontecido em outras vezes, como, por exemplo, quando subiu da Série C direto para aSérie A. Entretanto, as polêmicas não afetaram a decisão do STJD, que seguiu com o rebaixamento da Portuguesa. Porém, a decisão dotribunal desportivo supostamente ferira o Estatuto do Torcedor, que exigia a publicação da sentença antes de ser cumprida a punição. De tal forma, torcedores entraram com ações na justiça comum, solicitando a anulação da sentença, recebendo o deferimento de liminares favoráveis, devendo a CBF devolver os pontos para a Portuguesa, voltando o Fluminense para o zona de rebaixamento. Porém, o caso estava longe de terminar, visto que, da mesma forma como acontecera com Héverton, o Flamengo escalou irregularmente o jogador André Santos na última rodada, perdendo, também, 4 pontos e sendo passado na tabela pelo Fluminense. Porém, da mesma forma que os torcedores da Portuguesa, torcedores flamenguistas também conseguiram liminares favoráveis na justiça comum para a devolução dos pontos para o Flamengo, o que rebaixaria o Fluminense, voltando a valer os pontos obtidos dentro de campo. Porém, a CBF conseguiu derrubar a liminar dos flamenguistas, favorecendo, mais uma vez, ao Fluminense.

Em Janeiro de 2014, o Paysandu anunciou a contratação do jogador para a disputa da Série C.Alguns meses depois Heverton queria se aposentar mais decidiu ficar no clube e continuar sua carreira.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Coreia do Sul Seongnam
Brasil Portuguesa

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.