Heinz Guderian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heinz Wilhelm Guderian
Flag of German Reich (1935–1945).svg
Nascimento 17 de junho de 1888
Kulm, Prússia Ocidental
Morte 14 de maio de 1954 (65 anos)
Schwangau, Allgäu
Nacionalidade alemão
Serviço militar
Patente Generaloberst

Heinz Wilhelm Guderian (Kulm, 17 de junho de 1888Schwangau, 14 de maio de 1954) foi teórico militar e inovador general do Exército Alemão durante a Segunda Guerra Mundial. As forças panzer germânicas cresceram e lutaram de acordo com suas teorias, a mais conhecida delas publicada no livro "Achtung - Panzer"!. Ocupou os postos de "comandante dos Corpos Panzer", "Comandante do Exército Panzer", "Inspetor Geral das Tropas Blindadas" e "Chefe do Staff do Exército". Ele foi promovido a "General das Tropas Panzer" em julho de 1940 e depois a "Generaloberst".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Kulm, Prússia Ocidental (atual Chełmno, na Polônia). Estudou na Escola de Cadetes de Karlsruhe e na Gross-Lichterfelde, perto de Berlin. Sua primeira unidade de comando foi o 10º Batalhão de Caçadores Hanoverianos (Hanôver), em Bitche. Em 1912, em Koblenz, fez um curso de um ano sobre comunicações, tema pelo qual demonstrou grande interesse. Participou da Primeira Guerra Mundial na Batalha de Verdun. Após a guerra seguiu a carreira ocupando diversos cargos no exército. Após esta fase, fez um longo trabalho de estudo sobre a influência da utilização de unidades motorizadas nas táticas militares que começam a utilizar este meio.

Ao contrário de muitos teóricos da época conseguiu definir o conceito do emprego prático de unidades blindadas. Em 1931, foi promovido a tenente-coronel(Oberstleutnant), tornando-se inspetor das unidades motorizadas. Dois anos mais tarde, em uma reunião com Adolf Hitler, conseguiu demonstrar seus estudos e teorias sobre a utilização de blindados em ações agressivas de ataque. A partir daí encontrou em Hitler um forte aliado no conceito da utilização de tanques.

Escreveu em 1936 o manual de emprego das forças de tanques Panzer alemãs, Achtung - Panzer!(Atenção - Panzer!), constituídas principalmente pela cavalaria, artilharia e aviação, utilizando estes meios em ação simultânea.

Como comandante de divisões Panzer, no início da Segunda Guerra Mundial, conseguiu aprimorar as suas teorias , tais como as falhas na logística de reabastecimento da qual estas ações eram tão dependentes(combustível, munições e serviços de manutenção).

Após o inicío da Operação Barbarossa, foi promovido a Generaloberst (coronel-general), sendo-lhe concedidas as "folhas de carvalho".

Foi capturado pelos norte-americanos em maio de 1945, mas não foi julgado em Nuremberga, sendo libertado em 1948.

Foi apelidado pelos subordinados de "Heinz, o veloz". Era estimado de forma unânime entre as tropas que comandava, porém, o mesmo não acontecia com seus superiores. Militar de opinião forte, com seu carácter forte e violento, era um dos poucos que discutia com veemência e abertamente com Hitler e não hesitava em abandonar o comando quando entendia que este não tinha o apoio necessário. Apesar de suas divergências, Hitler o chamava constantemente para comandos onde a situação era desesperadora.

Foi sem dúvida um dos melhores comandantes de tanques da sua época.[1]

Após a guerra, relatou suas campanhas e vivências no livro "Líder Panzer". É considerado o patrono das Divisões Panzer alemãs.

Seu filho, também Heinz Guderian, serviu como oficial na 116.ª Divisão Panzer do exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial e, mais tarde, com a criação do Exército da República Federal Alemã, ocupou cargos de direção no mesmo e também na OTAN.

Precedido por
--
XIX Corpo de Exército (Polônia), Panzergruppe Guderian (França), XIX Corpo de Exército (França), 2º Panzergruppe, 2º Exército Panzer
1º de setembro de 1940 — 25 de dezembro de 1941
Sucedido por
Generaloberst Rudolf Schmidt
Precedido por
--
Generalinspektur der Panzertruppen (OKH)
1º de março de 1943 — 20 de abril de 1944
Sucedido por
--
Precedido por
Generalleutnant Adolf Heusinger
Chefe do Estado-Maior do Exército
21 de julho de 1944 — 28 de março de 1945
Sucedido por
General der Infanterie Hans Krebs

Referências

  1. Teoria na Utilizadação de Blindados - Artigo Bibliex, 1978

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

  • The Wehrmacht - The Turning Point(Ep 02) - ZDF 2007- (Documentário da TV Alemã ZDF)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.