How the West Was Won (Led Zeppelin)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
How the West Was Won
Arte por Phil Lemon
Álbum ao vivo de Led Zeppelin
Lançamento Maio de 2003
Gravação 25 Junho 1972, L.A. Forum,
27 Junho 1972, Long Beach Arena
Gênero(s) Hard rock, heavy metal, blues-rock, folk rock
Duração 150:27
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Atlantic
Produção Jimmy Page
Arranjos Jimmy Page
Cronologia de Led Zeppelin
Último
Último
BBC Sessions
(1997)
Mothership
(2007)
Próximo
Próximo

How the West Was Won é um álbum ao vivo da banda britânica de rock Led Zeppelin, gravado em um show realizado na turnê do quinto álbum da banda Houses of the Holy em Long Beach, Los Angeles em 1972, mas apenas lançado em 2003. Composto de três discos, o álbum traz duas horas e meia de execução, com dezoito músicas entre longos solos e uma incrível actuação, na opinião dos fãs, de Robert Plant.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1[editar | editar código-fonte]

  1. "LA Drone" (Jones/Page) – 0:14*
  2. "Immigrant Song" (Page/Plant) – 3:42*
  3. "Heartbreaker" (Bonham/Jones/Page/Plant) – 7:25*
  4. "Black Dog" (Jones/Page/Plant) – 5:41**
  5. "Over the Hills and Far Away" (Page/Plant) – 5:08**
  6. "Since I've Been Loving You" (Jones/Page/Plant) – 8:02*
  7. "Stairway to Heaven" (Page/Plant) – 9:38*
  8. "Going to California" (Page/Plant) – 5:37*
  9. "That's the Way" (Page/Plant) – 5:54**
  10. "Bron-Y-Aur Stomp" (Jones/Page/Plant) – 4:55*

Disco 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Dazed and Confused" ([[Page/Bonham) – 25:25**
  2. "What Is and What Should Never Be" (Page/Plant) – 4:41*
  3. "Dancing Days" (Page/Plant) – 3:42*
  4. "Moby Dick" (Bonham/Jones/Page) – 19:20**

Disco 3[editar | editar código-fonte]

Amostra de "Black Dog", uma das canções mais conhecida da banda, originalmente do quarto álbum sem titulo da banda.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.
  1. "Whole Lotta Love" Medley (Bonham/Dixon/Jones/Page/Plant) – 23:08**
  2. "Rock and Roll" (Bonham/Jones/Page/Plant) – 3:56*
  3. "The Ocean" (Bonham/Jones/Page/Plant) – 4:21**
  4. "Bring It On Home" (Dixon/Page/Plant) – 9:30**
    • "Bring It On Back" (Bonham/Jones/Page/Plant)

" * " Ao Vivo em Long Beach Arena

" ** " Ao vivo em LA Forum

Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Pitchfork Media 8.8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[1]
Uncut 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[2]
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg[3]
Stylus (A-)[4]
Entertainment Weekly (A-)[5]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg[6]

O álbum estreou na Billboard 200 a 14 de junho de 2003 em 1º lugar, com vendas superiores a 154.000 cópias. Permaneceu na tabela de vendas por 16 semanas.[7] Foi certificado ouro e platina (1.000.000 unidades) em 30 Junho de 2003. O álbum tornou-se o primeiro álbum de Led Zeppelin desde In Through the Out Door (1979) a chegar ao número 1.[8] [9] "How the West Was Won" está empatado com "Smile" de Brian Wilson e "Van Lear Rose" por Loretta Lynn como o álbum com melhores criticas de sempre para o site Metacritic, com pontuação média de 97%.[10]

Publicações[editar | editar código-fonte]

Publicador Pais Publicação Ano Classificação
Classic Rock Reino Unido "The 50 Greatest Live Albums Ever"[11] 2003 4
Les Inrockuptibles França "2003 Best Reissues"[12] 2003 4
Record Collector Reino Unido "New Albums: Readers Top 10" (2003)[13] 2004 4
The Village Voice Reino Unido "Albums of the Year"[14] 2004 37
Q Reino Unido "10 Live Albums You Must Own"[15] 2005 *
Q Reino Unido "The 20 Greatest Live Albums"[16] 2006 11

(*) Designa lista sem ordem especifica.

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Led Zeppelin

Pessoal Adicional[editar | editar código-fonte]

  • Jim Cummins – fotografia
  • James Fortune – fotografia
  • Drew Griffiths – assistente de som
  • Eddie Kramer – engenheiro de áudio
  • Phil Lemon – design de arte
  • Jeffrey Mayer – fotografia
  • Michael Putland – fotografia
  • Kevin Shirley – engenharia, mistura de áudio

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Led Zeppelin é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.