L. Ron Hubbard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde outubro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
L. Ron Hubbard
Hubbard em Los Angeles, 1950
Nome completo Lafayette Ronald Hubbard
Conhecido(a) por Fundar a Cientologia e sua igreja
Nascimento 13 de março de 1911
Tilden, Nebraska,
 Estados Unidos
Morte 24 de janeiro de 1986 (74 anos)
Creston, Califórnia,
 Estados Unidos
Nacionalidade Norte-americano
Fortuna >US$ 600 milhões[1]
Progenitores Mãe: Ledora May Waterbury
Pai: Harry Ross Hubbard
Cônjuge Margaret Grubb (1933–1947)
Sara Northrup Hollister (1946–1951)
Mary Sue Whipp (1952–1986)
Filho(s) L. Ron Hubbard, Jr.
Katherine May Hubbard
Alexis Hubbard
Quentin Hubbard
Diana Hubbard
Suzette Hubard
Arthur Hubbard
Ocupação Escritor
Líder religioso
Principais trabalhos Dianetics: The Modern Science of Mental Health e Battlefield Earth
Gênero literário Ficção científica, fantasia e auto-ajuda
Religião Cientologia
Página oficial
lronhubbard.org
Assinatura
L. Ron Hubbard Signature.svg

Lafayette Ronald Hubbard (Tilden, 13 de março de 1911 – Creston, 24 de janeiro de 1986[2] ), mais conhecido como L. Ron Hubbard, ou ainda LRH, foi um escritor pulp norte-americano e fundador da Igreja da Cientologia. Depois de estabelecer uma carreira como autor, mais famoso por suas histórias de ficção científica e fantasia, ele desenvolveu um sistema de auto-ajuda chamado Dianética, que foi publicado pela primeira vez em maio de 1950. Hubbard subsequentemente desenvolveu suas ideias em uma ampla gama de doutrinas e rituais que seriam parte de um novo movimento religioso que ele chamou de Cientologia. Suas obras se tornaram textos-guias para a Igreja da Cientologia e para várias organizações afiliadas que abordam temas diversos como negócios, administração, alfabetismo e reabilitação.

Apesar de muitos aspectos da vida de Hubbard serem contestados, há um consenso geral sobre algumas informações básicas. Nascido em Tilden, Nebraska, ele passou grande parte de sua infância em Helena, Montana. Ele viajou para a Ásia e o Pacífico Sul no final da década de 1920 após seu pai, um oficial da Marinha dos Estados Unidos, ter sido transferido para uma base em Guam. Ele estudou na Universidade George Washington em Washington, D.C. no início da década de 1930, antes de sair e começar uma carreira como escritor de histórias para revistas pulp. Ele brevemente serviu na Reserva do Corpo de Fuzileiros Navais e foi um oficial da marinha durante a Segunda Guerra Mundial, comandando dois navios, o USS YP-422 e o USS PC-815, por um curto período de tempo. Ele foi removido dos dois comandos quando seus superiores o consideraram incapaz de comandar. Os últimos meses de seu serviço foram passados em um hospital tratando uma úlcera péptica.

Hubbard mais tarde desenvolveu a Dianética, "a ciência moderna da saúde mental". Ele fundou a Cientologia em 1952 e supervisionou o crescimento da Igreja da Cientologia em uma organização mundial. No final da década de 1960 e início da de 1970, ele passou a maior parte de seu tempo no mar com sua frota pessoal de navios como "Comodoro" da Sea Organization, um grupo de elite dos cientologistas. Sua expedição chegou ao fim quando o Reino Unido, Grécia, Espanha, Portugal e Venezuela fecharam seus portos para ele. Em certo ponto, um tribunal na Austrália revogou o status de religião da igreja. Similarmente, um tribunal da França condenou Hubbard por fraude. Ele voltou para os Estados Unidos em 1975, entrando em retiro no deserto da Califórnia. Em 1983, Hubbard foi chamado de co-conspirador indireto num esquema de infiltração internacional de informação e projeto de roubo chamado "Operação Branca de Neve". Ele passou seus últimos anos em um rancho perto de Creston, Califórnia, morrendo em 1986.

A Igreja da Cientologia descreve Hubbard em termos hagiográficos, e ele se retratou como explorador, viajante, físico nuclear e especialista em várias áreas, como fotografia, arte, poesia e filosofia. Seus críticos o caracterizaram como mentiroso, charlatão e mentalmente instável. Apesar de muitas de suas afirmações autobiográficas terem provado-se ser fictícias, a Igreja rejeita qualquer sugestão de que seus relatos da vida de Hubbard não são fatos históricos.

Referências

  1. Von Dehsen, Christian D.. Philosophers and religious leaders. Westport: Greenwood Publishing Group, 1999. Capítulo: L. Ron Hubbard. , p. 90. ISBN 978-1-57356-152-5
  2. L. Ron Hubbard's death (PDF) (em inglês). Church of Scientology. Página visitada em 23 de janeiro de 2013.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Atack, Jon. A Piece of Blue Sky: Scientology, Dianetics, and L. Ron Hubbard exposed. Carol Publishing Group, 1990. ISBN 978-0-8184-0499-3, OCLC 20934706
  • Behar, Richard Pushing Beyond the U.S.: Scientology makes its presence felt in Europe and Canada
  • Bromley, David G. "Making Sense of Scientology: Prophetic, Contractual Religion," in Lewis, James R. (ed.), Scientology. Oxford: Oxford University Press, 2009. ISBN 978-0-19-533149-3 OCLC 232786014

Ligações exteriores[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre L. Ron Hubbard
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.