Leão Lobo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Leão Lobo
Leão Lobo, em outubro de 2008
Nascimento Leão Nicola Lobo
1 de março de 1954 (60 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Ocupação jornalista, radialista, escritor e apresentador de TV
Outros nomes Leão Lobo
Família Lobo
Filho(s) Ana Beatriz
Nacionalidade  brasileiro(a)
Atividade 1973  — até hoje
Trabalhos notáveis CNT, Bandeirantes, TV Gazeta, SBT, Rede Record
Site oficial

Leão Nicola Lobo, mais conhecido apenas por Leão Lobo (São Paulo,[1] 1 de março de 1954), é um jornalista, escritor, radialista e apresentador de televisão brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho e irmão de jornalistas, Leão Nicola Lobo não queria seguir os passos de seus familiares, mas ser ator teatral. Em 1973, fez estreia profissional no teatro com a peça O Jardim dos Amores, com Cleide Yáconis, mas dificuldades financeiras fizeram com que ele se lançasse a novos desafios. Em 1974, surgiu a oportunidade de atuar como repórter no Jornal do Bairro, de São Paulo. A partir daí, apaixonou-se pela profissão de jornalista e foi trabalhar em veículos como o Jornal da Tarde e a Folha da Tarde.

Em 1984, surgiu o primeiro convite para participar em programas de televisão. A estreia definitiva na TV veio com o programa Mulheres, na TV Gazeta, em 1990, no qual permaneceu em várias fases do programa até 2001. Em 2000/2001 apresentou o programa Arroz, Feijão e Fofoca na TV Gazeta, junto com Cláudia Pacheco. Em 2001 se transfere para a Band, para apresentar o Melhor da Tarde até 2003.

Em 2004 até junho de 2007, Leão Lobo tinha um programa, o De Olho nas Estrelas, na Band, o qual girava em torno das novidades da televisão e fofocas das celebridades. Já de 2007 até 2008 o apresentador estava na Band com o programa Atualíssima, até seu contrato acabar com a emissora no fim de 2008. Desde 2009 apresenta um programa na CNT junto com Celso Russomanno, Adriana de Castro e Rony Curvelo.

Por falar da vida pessoal dos famosos já foi processado por Susana Vieira, Danielle Winits, Thiago Lacerda e vários outros artistas.[2]

Leão Lobo já teve quadros de fofocas em vários programas da televisão como: Show de Calouros (SBT), Aqui Agora (SBT), Note e Anote com Ana Maria Braga (Rede Record), Dia a Dia (Band), Jogo da Vida (Band) e foi repórter do Domingo Legal (SBT) com Gugu.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1991, assumiu a paternidade de sua única filha, Ana Beatriz.

O jornalista é assumidamente homossexual e militante da causa LGBT.[3]

Programas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Leão Lobo


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.