Maria Kirilenko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tenista Maria Kirilenko
Maria Kirilenko RG 2009.jpg
País  Rússia
Residência Moscou, Rússia
Data de nasc. 25 de Janeiro de 1987 (27 anos)
Local de nasc. Moscou, Rússia
Altura 1,73 m
Peso 57,6 Kg
Profissionalização 2001
Mão Direita
Prize money US$ 5,185,075 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 318–225
Títulos 5 WTA, 3 ITF
Melhor ranking Nº 10 (10 de junho de 2012)
Ranking atual simples N° 12 (8 de julho de 2013)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália QF (2010)
Open da França 4R (2010, 2011)
Wimbledon QF (2012)
U.S. Open 4R (2011)
Duplas
Vitórias-Derrotas 238–141
Títulos 11 WTA, 0 WTF
Melhor ranking Nº 5 (24 de outubro de 2011)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Londres 2012 Duplas
Última atualização em: 10 setembro de 2012.

Maria Yuryevna Kirilenko (em russo: Мари́я Ю́рьевна Кириле́нко, nasceu em 25 de Janeiro de 1987, Moscou, Rússia) é uma jogadora de tênis profissional. Ganhou seu primeiro título da WTA em 2005, vencendo Anna-Lena Grönefeld com parciais de 6-3, 6-4 no Aberto da China. É grande amiga da também tenista russa Maria Sharapova. É chamada de Makiri na intimidade.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Maria Kirilenko

Maria Kirilenko começou a mostrar entusiasmo pelo tênis com 5anos de idade, mas foi difícil praticar o esporte enquanto ela frequentava a escola. Seu pai a inscreveu em uma aula de tênis, e depois de horas treinando ferozmente, começou a lucrar à medida que ganhava diversos torneios.

Quando Kirilenko tinha doze anos, uma estimada esportista, Elena Brioukhovets, a viu treinando. Durante todo o ano seguinte, Elena viu Maria progredir e então chamou-a para junto com ela. Um programa de três anos foi feito e uma equipe especial foi selecionada.Em menos de três anos, Maria tornou-se a número um de sua idade e a número dois no grupo sub-18. Os conhecidos tenistas Yevgeni Kafelnikov, Andrei Olhovskiy e Max Mirnyi, que criaram uma organização para ajudar jovens tenistas, ajudaram Kirilenko a organizar os treinamentos e participar de torneios.

Em 2002 Kirilenko tornou-se uma das vencedoras mais jovens do Aberto do Canadá e do Aberto Júnior dos Estados Unidos.

Desde Setembro de 2002 Kirilenko começou a participar de eventos da WTA. ela progrediu muito nestes eventos, mas foi atrapalhada por uma lesão em 2004 e caiu nos rankings, enquanto perdia uma valiosa experiência. No final de 2005 ela subiu nos rankings e ganhou seu primeiro torneio, em Pequim. Ela foi reconhecida como uma das revelações e promessas para 2006 e, apesar de adastar-se de sua melhor forma durante o verão, ela ficou entre as 20 melhores pela primeira vez em 12 de Junho de 2006.

Kirilenko estreou pela Rússia na Fed Cup, torneio disputado por países, em 22/23 de Abril de 2006 no empate nas quartas-de-final do Grupo Mundial contra a bélgica. Maria perdeu um jogo de simples contra a campeã do Aberto dos Estados Unidos de 2005, Kim Clijsters; e venceu um jogo de duplas contra a grande vencedora Justine Henin-Hardenne e a mesma Kim Clijsters, como parceira de Dinara Safina. A Rússia perdeu por 3–2.

No US Open de 2006, Kirilenko chegou ao 3º Round, finalmente sendo derrotada por Aravane Rezaï.

2007[editar | editar código-fonte]

Kirilenko em Wimbledon 2007

Em Janeiro de 2007, ela avançou para o terceiro round do Open da Austrália de 2007, até ser derrotada por Svetlana Kuznetsova, imediatamente depois que ela competiu no Toray Pan Pacific Open de 2007 em Tóquio, onde chegou ao segundo round vencendo a #15 Shahar Peer de Israel, antes de perder para Ai Sugiyama. Ela entou competiu no Dubai Tennis Championships em Dubai, onde chegou também ao segundo round, até4 ser derrotada por Daniela Hantuchova 6–2 4–6 6–7 (4/7).

No Acura Classic em San Diego, Califórnia, Kirilenko venceu Jelena Janković da Sérvia pelo placar de 6–2, 3–6, 7–5; avançando para as quartas-de-final, até perder para a compatriota Elena Dementieva 6–2, 6–4.

No East West Bank Classic em Los Angeles, Califórnia; ela também chegou às quartas, passando por Marion Bartoli, com o placar de 7–6(2), 6–3, ao longo do caminho.

No US Open, ela encontrou Martina Müller da Alemanha, derrotando-a por 6–3, 6–1. Ela então superou Katarina Srebotnik da Eslovênia em também dois sets, 6–4, 6–3. Ela então perdeu para Julia Vakulenko da Ucrânia por 6–2, 6–4.

Após o US Open, she apareceu no Sunfeast Open. Lá, Kirilenko ganhou seu segundo título da WTA Tour de simples, derrotando Mariya Koryttseva da Ucrânia em um fácil 6–0, 6–2. No caminho para as finais, ela superou tenistas como Daniela Hantuchova, Flavia Pennetta, Ekaterina Ivanova e a indiana Neha Uberoi.

Na semana seguinte, em um torneio em Seoul, Kirilenko também chegou às finais, mas perdeu para a atual campeã de Wimbledon, Venus Williams dos Estados Unidos, em três sets 3–6, 6–1, 4–6.

2008[editar | editar código-fonte]

Kirilenko em Cincinnati, 2008.

No Open de Austrália, Kirilenko chegou ao quarto round de um torneio Grand Slam pela primeira vez na carreira, derrotando Anna Chakvetadze em três sets (6–7, 6–1, 6–2). A adversária seguinte foi Daniela Hantuchova, para quem ela perdeu no quarto round por 1–6, 6–4, 6–4, após estar vencendo por 6–1, 3–1.

Maria então atingiu o segundo round de um evento Tier I em Doha, superando Ekaterina Makarova até perder para Anabel Medina Garrigues em três sets, 6-2 5-7 1-6. Kirilenko então perdeu quatro partidas em sequência em Dubai, Bangalore, Indian Wells e Miami. Porém, chegou à final de um evento Tier IV em Estoril, onde derrotou Iveta Benešová em dois sets, 6-4 6-2. Ela também ganhou o título de duplas em Estoril, sendo parceira de Flavia Pennetta. Maria também venceu em Barcelona, encontrando na final Martinez-Sanchez e vencendo por 6-0 6-2, conquistando o quarto de WTA da carreira e o segundo no ano.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Antes de 2009 A partir de 2009
Grand Slam torneios (0)
Ouro Olimpico (0)
WTA Championships (0)
Tier I (0) Premier Mandatory (0)
Tier II (1) Premier 5 (0)
Tier III (1) Premier (0)
Tier IV (3) International (0)
N. Data Torneio Piso Oponente na final Placar
1. 5 de setembro de 2005 Pequim, China Dura Alemanha Anna-Lena Grönefeld 6–3, 6–4
2. 23 de setembro de 2007 Kolkata, Índia carpete (indoor) Ucrânia Mariya Koryttseva 6–0, 6–2
3. 20 de abril de 2008 Estoril, Portugal Saibro República Checa Iveta Benešová 6–4, 6–2
4. 15 de junho de 2008 Barcelona. Espanha Saibro Espanha María José Martínez Sánchez 6–0, 6–2
5. 18 de setembro de 2008 Seul, Coreia do Sul Dura Austrália Samantha Stosur 2–6, 6–1, 6–4

Duplas[editar | editar código-fonte]

Antes de 2009 A partir de 2009
Grand Slam torneios (0)
Ouro Olimpico (0)
WTA Championships (0)
Tier I (0) Premier Mandatory (1)
Tier II (1) Premier 5 (1)
Tier III (3) Premier (3)
Tier IV (1) International (0)
N. Data Torneio Piso Parceiro Oponente na final Placar
1. 13 de junho de 2004 Birmingham, Reino Unido Grama Rússia Maria Sharapova Austrália Lisa McShea
Venezuela Milagros Sequera
6–2, 6–1
2. 9 de outubro de 2005 Tóquio, Japão Dura Argentina Gisela Dulko Japão Shinobu Asagoe
Venezuela María Vento-Kabchi
7–5, 4–6, 6–3
3. 3 de março de 2007 Doha, Qatar Dura Suíça Martina Hingis Hungria Ágnes Szávay
República Checa Vladimíra Uhlířová
6–1, 6–1
4. 19 de abril de 2008 Estoril, Portugal Saibro Itália Flavia Pennetta Bósnia e Herzegovina Mervana Jugić-Salkić
Turquia İpek Şenoğlu
6–4, 6–4
5. 18 de agosto de 2008 Cincinnati, Estados Unidos Dura Rússia Nadia Petrova Taipei chinesa Hsieh Su-wei
Rússia Yaroslava Shvedova
6–3, 4–6, 10–8
6. 24 de outubro de 2009 Moscou, Rússia Dura (indoor) Rússia Nadia Petrova Rússia Maria Kondratieva
República Checa Klára Zakopalová
6-2, 6-2
7. 8 de agosto de 2010 San Diego, Estados Unidos Dura República Popular da China Zheng Jie Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Rennae Stubbs
6-4, 6-4
8. 15 de agosto de 2010 Cincinnati, Estados Unidos Dura Bielorrússia Victoria Azarenka Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Rennae Stubbs
7-6(4), 7-6(8)
9. 7 de maio de 2011 Madrid, Espanha Saibro Bielorrússia Victoria Azarenka República Checa Květa Peschke
Eslovénia Katarina Srebotnik
6-4, 6-3
10. 31 de julho de 2011 Stanford, Estados Unidos Dura Bielorrússia Victoria Azarenka Estados Unidos Liezel Huber
Estados Unidos Lisa Raymond
6-1, 6-3

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Maria Kirilenko