Matilde de Inglaterra, duquesa da Saxônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
O sarcófago de Matilde e Henrique, Duque da Saxônia e da Baviera.

Matilde de Inglaterra, Duquesa da Saxônia e da Baviera (também chamada de Maud, 1156 - 28 Junho 1189) foi princesa da Inglaterra filha mais velha de Henrique II de Inglaterra e Leonor da Aquitânia, neta de Matilde I de Inglaterra. Nasceu em 1156 no Castelo de Windsor, em Windsor, morreu em 28 de junho de 1189 (com idade entre 32-33) Brunswick, Baixa Saxônia.

Através de seu casamento com Henrique, o Leão, foi Duquesa da Saxônia e da Baviera depois.

Origem[editar | editar código-fonte]

Matilda era a meia-irmã por parte de mãe de Maria de França, condessa de Champagne e Alice de França. Henrique, o Jovem era seu irmão mais velho. Ela também era a irmã mais velha de Ricardo I de Inglaterra, Godofredo II da Bretanha, Leonor de Inglaterra, Joana de Inglaterra, rainha da Sicília e João de Inglaterra. Provavelmente ela foi chamada Matilde, por causa de sua avó paterna, Matilde de Inglaterra.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Quando em 1165, Reinaldo de Dassel, Arcebispo de Colônia, chegou à corte inglesa para negociar um casamento para Matilde, houve um conflito com Roberto de Beaumont, 2.° Conde de Leicester que o acusou de ser aliado do Antipapa Vítor IV. O plano original de arranjar uma união entra a filha de Henrique II e o filho de Frederico II, Sacro Imperador Romano-Germânico foi abandonado, levando Matilde a deixar o seu país em setembro de 1167 para casar-se com Henrique, o Leão.

Ela se casou com Henrique, o Leão, Duque da Saxônia e da Baviera, em 1 fevereiro de 1168 em Minden Catedral.Eles tiveram quatro filhos e uma filha:

  • Henrique V, Conde do Palatinado do Reno  (1173/1174 – 28 April 1227)
  • Guilherme de Winchester, lorde de Luneburgo (11 April 1184 – 12 December 1213)

Regência e exílio[editar | editar código-fonte]

Durante seu casamento, seu marido era um dos mais poderosos aliados do imperador Frederico I. Enquanto seu marido estava na Terra Santa em 1172 e 1173, a Duquesa controlava seus Estados abundantes. Como resultado de um conflito entre Henrique o imperador em 1174, o casal foi obrigado a se refugiar na Normandia,na corte de Henrique II, em 1182. Lá, na corte de Argentan, Matilde se tornou amiga do trovador Bertrando de Born, que a imortalizou em dois poemas de amor, a identificado como Elena ou Lena. Eles permaneceram na Normandia até 1185, quando puderam retornar para a Saxônia. Porém, em 1189, Frederico I ordenou novamente um exílio. Matilde continuou em Brunswick para defender os interesses do marido, tendo morrido três meses depois.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]