Microsoft PixelSense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Microsoft Surface (Codiname: Milan), é a mais nova plataforma da Microsoft que, de acordo com Bill Gates, tem uma intenção "futurista", pois teclado e mouse são ausentes. Surface foi feito para haver uma interação mais natural com o uso das mãos, voz ou caneta.

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

O Surface contém uma tela de 30 polegadas, 5 câmeras infravermelho que detectam os movimentos próximos à tela que são projetados pelo sistema e roda, pelo menos inicialmente, somente aplicativos específicos. Então pode ser considerado um sistema embarcado.

Funciona com Windows Vista e existe a possibilidade de usar alguns equipamentos (câmeras digitais, celulares, pda) com cabo ou não (via wireless).

No caso da interação de outros aparelhos por meio do Wireless, o Microsoft Surface ja vem preparado para reconhecer vários aparelhos com essa tecnologia. Basta colocar o aparelho sobre a tela que o sistema reconhecerá e irá mostrar as opções de interação com o periférico.

Interação[editar | editar código-fonte]

O principal meio de interação é o uso das mãos. Considerando que o formato da máquina é o de uma mesa de um pouco menos de 1 metro de altura que acaba tornando-se confortável, tanto para a interação, quanto para a visualização da tela.

Aplicativos[editar | editar código-fonte]

O principal atrativo para os consumidores é a possível presença do "Microsoft Office" no equipamento.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]