Missy Elliott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Missy Elliott
Missy Elliott em Maio de 2009.
Informação geral
Nome completo Melissa Arnette Elliott
Também conhecido(a) como Missy "Misdemeanor" Elliott, Misdemeanor, Miss E.
Nascimento 1 de Julho de 1971 (43 anos)
Origem Portsmouth, Virgínia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hip-hop, R&B
Instrumento(s) voz
Período em atividade 1996 - atualmente
Gravadora(s) The Goldmind, EastWest, Elektra, Atlantic
Afiliação(ões) Timbaland, Magoo, Demi Lovato, Sista, Jodeci, Ginuwine, Aaliyah, Nicole Wray, Tweet, 702, M.I.A., Monica, Nelly Furtado, Ciara
Página oficial www.Missy-Elliott.com

Melissa Arnette Elliott, mais conhecida como Missy Elliott, (Portsmouth, 1 de julho de 1971) é uma rapper, MC, compositora e produtora musical de Portsmouth, Virgínia. Elliott era originalmente conhecida como Missy "Misdemeanor" Elliott e por vezes com somente um "t". Abandonou o "Misdemeanor" de seu nome artístico em 2003, sendo atualmente conhecida apenas por "Missy Elliott". Com vendas ultrapassando 24 milhões, Missy é atualmente a rapper feminina mais bem sucedida de todos os tempos.

Elliott é conhecida por uma série de hits como "The Rain (Supa Dupa Fly)", "Hit 'Em Wit Da Hee", "Get Ur Freak On", "One Minute Man", "Work It" e "Lose Control". Recebeu reconhecimento como uma das mais bem sucedidas compositoras na música moderna, tento alçado hits para artistas como Melanie B, Fantasia, Aaliyah, 702, Nelly Furtado, Ciara, Nicole Wray e Tweet, frequentemente com a produção compartilhada pelo colega de infância Timbaland. Ela foi a quarta rapper a receber disco de platina pela RIAA, atrás de Lil' Kim, Foxy Brown e Da Brat; e é a única rapper a ter recebido seis álbuns de platina.

História[editar | editar código-fonte]

Primeiros anos de carreira[editar | editar código-fonte]

No final da década de 1980, Missy Elliott, LaShawn Shellman, Chonita Coleman e Radiah Scott formaram o grupo de R&B "Sista", em que Elliott era vocalista e compositora. Ela recrutou o amigo de infância/vizinhança Timothy Mosley como produtor da banda e começaram a gravar faixas demo. Em 1991, o Sista chamou atenção do produtor do Jodeci, DeVante Swing, por apresentar canções do grupo a cappella para ele nos camarins após um concerto de seu grupo. O Sista mudou-se para Nova Iorque e assinou com a Elektra Records através do selo de DeVante, Swing Mob. Elliott levou Mosley (que DeVante chamou Timbaland, nome artístico dele até hoje) e seu amido Melvin "Magoo" Barcliff.

Enquanto Elliot (na época creditada como Melissa Elliot) escreveu letras o primeiro compacto do álbum de estréia de Raven-Symoné, "That's What Little Girls Are Made Of", ela também contribuiu nas letras dos dois últimos álbuns do Jodeci: Diary of a Mad Band (1993) e The Show, The After Party, The Hotel (1995). Timbaland e DeVante produziram um LP do Sista, 4 All the Sistas Around the World, completado em 1994. Apesar do lançamento de videoclipes para versões original e remixada do compacto "Brand New", o álbum nunca foi lançado. Em 1995 a Swing Mob terminou e seus membros dispersaram; Elliott, Timbaland, Magoo, Ginuwine e Playa permaneceram juntos e colaboraram com os trabalhos dos outros pelo resto da década.

Após a Swing Mob[editar | editar código-fonte]

Após deixar o selo Swing Mob, Missy Elliott e Timbaland trabalharam juntos (ela compondo letras e ele produzindo melodias) para bandas como SWV ("Can We?") e 702 ("Steelo"), mas a artista mais notável foi Aaliyah. Elliott e Timbaland escreveram e produziram nove faixas do segundo álbum da cantora One in a Million (1996). Elliott também contribuiu com vocal de apoio e rap em todas as faixas no qual trabalharam. One in a Million recebeu disco duplo de platina e elevou a dupla de produção à media. Continuaram o trabalho também para outros artistas como Mariah Carey ("Babydoll" 1997), Destiny's Child ("Get on the Bus", 1998) e o último sucesso de Aaliyah antes de sua morte em 2001, "I Care 4 U".

Elliott começou então uma carreira como vocalista convidada dos remixes de Sean Combs para "The Things That You Do" de Gina Thompson e para o compacto de 1996 de MC Lyte, "Cold Rock a Party". Combs procurou Elliott para que ela assinasse contrato em sua gravadora, Bad Boy Records. Entretanto ela assinou contrato com a Elektra Records em 1996 para criar seu próprio selo, The Goldmind Inc., no qual ela se lançaria como artista solo. Timbaland foi novamente recrutado como parceiro de produção, um papel que ele manteve na maioria dos trabalhos solo de Missy Elliott.

Supa Dupa Fly e Da Real World[editar | editar código-fonte]

O álbum de estréia de Elliott Supa Dupa Fly foi lançado em meados de 1997. No mesmo ano ela apresentou-se no MTV Video Music Awards com um remix da canção "Not Tonight" de Lil' Kim com as rappers Da Brat e Angie Martinez, e a então vocalista do TLC Lisa "Left Eye" Lopes.

Em 1998 Elliott produziu o compacto de estréia da ex-Spice Girl Melanie B, "I Want You Back", que atingiu o topo das paradas musicais do Reino Unido. O segundo álbum de Elliott foi tão bem sucedido quanto o primeiro, com bom retorno comercial. Da Real World (1999) incluiu os compactos "All N My Grill", uma colaboração com Nicole Wray e Big Boi (do OutKast).

Miss E... So Addictive[editar | editar código-fonte]

O próximo lançamento de Missy Elliott foi o álbum Miss E... So Addictive, de 2001. O álbum lançou vários hits como "One Minute Man" e "Get Ur Freak On". A aparição de Tweet em "Take Away" no programa televisivo MTV Cribs ajudou a criar boatos sobre essa nova cantora de R&B. Seu compacto de estréia "Oops (Oh My)" foi co-escrito por Elliott e lançado em 2002. As várias colaborações entre Tweet e Elliott, além de aparições na televisão, alimentaram à media sobre um possível caso entre as duas.

Under Construction[editar | editar código-fonte]

O quarto álbum de Elliott Under Construction (2002), incluiu os compactos "Work It", um dos maiores sucessos de artista, e o dueto com Ludacris em "Gossip Folks". O álbum é conhecido como o álbum de uma rapper feminina mais vendido de todos os tempos, com 2,2 milhões de cópias nos Estados Unidos e 4,5 milhões de cópias pelo mundo. Posteriormente, Elliott mostrou à media suas opiniões sobre os rumores a seu respeito, incluindo sua rápida perda de peso e seus relacionamentos com Timbaland, Tweet e Trina.

This Is Not a Test![editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2003 foi lançado o quinto álbum de Elliott, This Is Not a Test!, que não foi tão bem sucedido quanto os anteriores. A marca The Gap contratou Elliott para atuar em um comercial junto com Madonna, que recebeu muita atenção da media. Elliott continuou a trabalhar com Madonna apresentando-se com ela na polêmica apresentação do concerto de abertura do MTV Video Music Awards 2003, junto com Britney Spears e Christina Aguilera.

Em 2004, Elliott apareceu no compacto de Ciara "1, 2 Step". A artista apresentou seu próprio reality show em meados de 2005, The Road to Stardom with Missy Elliott.

The Cookbook[editar | editar código-fonte]

Seu sexto álbum The Cookbook foi lançado em julho de 2005 e estreou na segunda posição das paradas dos Estados Unidos. O primeiro compacto "Lose Control", que contava também com Ciara e Fatman Scoop, foi bem sucedido; outras faixas do álbum incluíam participação de Mike Jones, Fantasia, M.I.A, Slick Rick, Mary J. Blige e Pharrell Williams. O videoclipe de "Lose Control" deu à Elliott seis indicações para o MTV VMA 2005, ganhando nas categorias de Melhor Vídeo de Dança e Melhor Vídeo de Hip-Hop.

Em dezembro de 2005 Elliott foi nomeada para cinco prêmios Grammy, incluindo dois por "Lose Control", ganhando um.

Respect M.E.[editar | editar código-fonte]

Respect M.E., o primeiro álbum de compilação de Missy Elliott, foi lançado fora dos Estados Unidos e Canadá em 4 de setembro de 2006, mas somente na África do Sul, Austrália, Europa e Brasil.

Em 2011 Missy Elliott se junta a Katy Perry para criar o remix da faixa "Last Friday Night" do álbum Teenage Dream de Katy. Missy também fez uma participação com rap na faixa "All Night Long" do álbum Unbroken, de Demi Lovato, ao lado de Timbaland. E também uma participação no single "How Ya Doin'" de Little Mix

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Missy Elliott
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Missy Elliott
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.