Music for the Masses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Music for the Masses
Álbum de estúdio de Depeche Mode
Lançamento 28 de setembro de 1987
Gravação Fevereiro-Julho de 1987
Gênero(s) Synthpop, Rock, Darkwave, Alternative dance, Post punk, Electronic
Duração 43:34
Idioma(s) Inglês
Formato(s) LP, CD, Download digital
Gravadora(s) Mute, Sire (EUA e Canadá), WEA (Brasil)
Produção Depeche Mode e Dave Bascombe
Cronologia de Depeche Mode
Último
Último
Black Celebration
(1986)
Violator
(1990)
Próximo
Próximo
Singles de Music for the Masses
  1. "Strangelove"
    Lançamento: 13 de abril de 1987
  2. "Never Let Me Down Again"
    Lançamento: 24 de agosto de 1987
  3. "Behind the Wheel"
    Lançamento: 28 de dezembro de 1987
  4. "Little 15"
    Lançamento: 16 de maio de 1988

Music for the Masses é o sexto álbum de estúdio da banda inglesa Depeche Mode, lançado em 28 de Setembro de 1987. Foi a primeira vez que o Depeche Mode usou uma guitarra, e depois nunca mais a deixou de usar em suas canções e álbuns posteriores. É considerada a terceira obra-prima da banda cronologicamente e a segunda em importância.

Esse álbum marca o que foi considerado pela crítica um verdadeiro "salto musical". A partir deste, o Depeche Mode quebrou barreiras, se estabeleceu como um dos maiores representantes da música eletrônica e um dos mais influentes grupos alternativos da sua época.

O álbum foi confeccionado quando a banda estava em um dos seus auges de inspiração musical, fazendo um estrondoso sucesso nos Estados Unidos e espalhando a fama da banda pelo mundo definitivamente. Foi considerado um álbum bastante experimental e ainda um dos melhores dos anos 80, também devido à decisão do Depeche Mode de abandonar os samplers e partir para um som mais experimental, usando sintetizadores analógicos.

Esse álbum é constantemente citado como uma grande inspiração para a emergente música eletrônica do início dos anos 90 (especialmente a dance), mesmo com a não tão boa recepção das mudanças no Reino Unido. Até mesmo bandas de rock e new metal como Smashing Pumpkins e Deftones admitem terem sido fortemente inspirados pela banda e por esse álbum em especial. Entretanto, é um álbum profundo, introspectivo, outrora obscuro e dançante.

É disco de platina nos EUA, chegou a 35° lugar e 10° no Reino Unido e lançou o grande sucesso "Strangelove", tomada como uma obra de arte das pistas de dança. Bem como a fortíssima "Never Let Me Down Again" e "Behind The Wheel". Destaques para "To Have and to Hold", "I Want You Now" , a assustadora "Agent Orange" uma música instrumental que retrata a guerra fria, e a introspectiva e obscura "The things you said". Outra escolha considerada injusta pelos fãs foi ter feito de "Little 15" um single.

Estimativas apontam que até o final de 2007, o álbum vendeu 5.700.000 de cópias, com 1.000.000 nos Estados Unidos.[carece de fontes?]

Este álbum foi mencionado no livro 1001 Albums You Must Hear Before You Die.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas e compostas por Martin L. Gore

Edição standard
N.º Título Nota Duração
1. "Never Let Me Down Again"     4:47
2. "The Things You Said"   Faixa interpretada por Martin Gore. 4:02
3. "Strangelove"     4:56
4. "Sacred"     4:47
5. "Little 15"     4:18
6. "Behind the Wheel"     5:18
7. "I Want You Now"   Faixa interpretada por Martin Gore. 3:44
8. "To Have and to Hold"     2:51
9. "Nothing"     4:18
10. "Pimpf"   "Interlude #1 - Mission Impossible" (faixa instrumental escondida) – 0:37 3:56 (5:25)
Duração total:
43:34

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]