Novela das nove

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Novela das nove" é a denominação utilizada pela Rede Globo para a telenovela brasileira exibida em sua programação diária, de segunda-feira a sábado, após o noticiário Jornal Nacional. Desde 1965 até anúncio da estreia de Insensato Coração, em 2011, a emissora adotava para a mesma faixa de horário a denominação "novela das oito",[1] [2] [3] embora fosse possível encontrar registros da mídia especializada de jornalistas que já se referiam às produções pela denominação, antes mesmo dela ser adotada pela emissora: em 2010, ao anunciar que a emissora já tinha planejado quais telenovelas no horário exibiria pelos próximos três anos, o site Virgula, uma sucursal do UOL, se referiu ao horário como "novela das 21h".[4]

Em 2007, quando a telenovela Duas Caras era exibida, os temas abordados levaram à determinação do Ministério da Justiça, que classificou a obra como imprópria para menores de catorze anos e, portanto, tendo seu início obrigatoriamente após as 21 horas.[5] Apesar disso, as tenovelas exibida em sucessão continuaram sendo costumeiramente tratadas e conhecidas como "a novela das oito". Em 2011, quando a nomenclatura passou a ser oficialmente adotada, o site NaTelinha comentou que o novo título "realmente condiz com o horário em que o folhetim mais visto do país vai ao ar - às 21h".[6] A nova denominação, entretanto, não impediu que a telenovela continuasse a ser chamada de "novela das oito" pela mídia. Jornalistas como Lauro Jardim, da revista Veja, ainda se referiam à Insensato Coração pela denominação costumeiramente utilizada antes do anúncio uma semana após a estreia da produção.[7] Leonardo Ferreira, do jornal Extra, ao comentar a pré-produção de Fina Estampa, telenovela de Aguinaldo Silva que sucederia Insensato Coração, referiu-se à produção como "próxima novela das oito".[8]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]