Novela das sete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

O termo "novela das sete" remete às telenovelas brasileiras exibidas na programação diária da Rede Globo, de segunda-feira a sábado, às 19h30, antes do telejornal Jornal Nacional.[1] Tradicionalmente, exibe novelas leves, com humor, na maioria, o "pastelão", e com enredo um pouco mais voltado ao público jovem.[2]

Durante toda a década de 2000 registrou quedas sensíveis de audiência, e costumam não gerar tanto sucesso quanto novelas das seis e das oito/nove, porém ocasionalmente seu senso de humor misturado com romance e drama conquistam o público. A Grande Mentira, A Cabana do Pai Tomás, Pigmalião 70, Minha Doce Namorada, O Primeiro Amor, Uma Rosa com Amor, Carinhoso, Corrida do Ouro, Bravo!, Anjo Mau, Estúpido Cupido, Locomotivas, Feijão Maravilha, Marron Glacé, Plumas e Paetês, Elas por Elas, Guerra dos Sexos, Vereda Tropical, Ti Ti Ti (1985), Cambalacho, Brega & Chique, Sassaricando, Bebê a Bordo, Que Rei Sou Eu?, Top Model, Mico Preto, Vamp, Deus Nos Acuda, A Viagem, Quatro por Quatro, Cara & Coroa, Salsa e Merengue, Corpo Dourado, Andando nas Nuvens, Um Anjo Caiu do Céu, Uga Uga, As Filhas da Mãe, Da Cor do Pecado, Cobras & Lagartos, Caras & Bocas, Ti Ti Ti (2010), Morde & Assopra, Cheias de Charme e Geração Brasil foram algumas "novelas das sete" que marcaram época com seus sucessos. Atualmente, são exibidas de segunda a sábado às 19h30 até 20h30, depois do Jornal Local e antes do Jornal Nacional.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.