O Diário de Anne Frank

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Diary of Anne Frank
O Diário de Anne Frank (PT/BR)
Pôster oficial do filme.
 Estados Unidos
1959 • cor • 170 min 
Direção George Stevens
Produção George Stevens
Roteiro Frances Goodrich
Albert Hackett
Elenco Millie Perkins
Joseph Schildkraut
Shelley Winters
Gênero Drama
Idioma Inglês /Alemão
Música Alfred Newman
Cinematografia William C. Mellor
Edição David Bretherton
William Mace
Robert Swink
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento 18 de março de 1959
Orçamento US$ 3,8 milhões[1]
Receita US$ 2,3 million (EUA / Canadá)[2]
Página no IMDb (em inglês)

The Diary of Anne Frank (br/pt: O Diário de Anne Frank) é um filme estadunidense de 1959, do gênero drama, realizado por George Stevens. O roteiro foi baseado na peça teatral de Frances Goodrich e Albert Hackett e no Diário de Anne Frank. A trilha sonora é de Alfred Newman.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Anne Frank é uma jovem judia de 13 anos que vive escondida no sótão de um estabelecimento comercial juntamente com seus pais, Otto e Edith, e sua irmã Margot. Além deles, vive no mesmo local uma outra família de origem judia, composta por Hans Van Daan, Petronella Van Daan, Peter Van Daan e Albert Dussell, que é um idoso dentista.

A jovem documenta a sua vida num diário enquanto se esconde da Gestapo da Holanda. Este refúgio foi arranjado por Kraler e Miep, os proprietários de diversas lojas. Durante dois anos eles ficaram escondidos, vivendo sempre na apreensão de saberem que podiam ser traídos ou descobertos a qualquer momento e mandados para um campo de concentração. Apesar disto, eles sonham com dias melhores, ao mesmo tempo em que Peter e Anne se apaixonam.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Óscar 1960 (EUA)

Globo de Ouro 1960 (EUA)

  • Recebeu quatro nomeações ao prémio, nas categorias de melhor filme – drama, melhor diretor, melhor ator - drama (Joseph Schildkraut) e melhor atriz coadjuvante (Shelley Winters).

Festival de Cannes 1959 (França)

Referências

  1. Solomon, Aubrey. Twentieth Century Fox: A Corporate and Financial History (The Scarecrow Filmmakers Series). Lanham, Maryland: Scarecrow Press, 1989. ISBN 978-0-8108-4244-1. p252
  2. "1959: Probable Domestic Take", Variety, 6 de janeiro de 160; p 34

Ligações externas[editar | editar código-fonte]